SIC

Perfil

Resumo: 154º Episódio - 2 de outubro (terça-feira)

Eva sai em liberdade condicional!

*OS RESUMOS DOS EPISÓDIOS ESTÃO SUJEITOS A MUDANÇAS EM FUNÇÃO DA EDIÇÃO DA NOVELA

Ao mesmo tempo, Vera e Ricardo fazem amor com grande intensidade. Depois do êxtase que vivem, Ricardo lamenta ter perdido Maria para Jorge e Eva desdenha de Caio, que viajou, acabando por fazer com que ela o traísse. Mas como tristezas não pagam dividas, Vera e Ricardo voltam a fazer amor.

Benny está muito tenso a ultimar os pormenores do copo-d’água e embirra com Tito que está a fazer um vídeo com Jorge. Mónica fica escandalizada quando Jorge confirma que já viu Maria antes do casamento. Lucinha chega muito bem arranjada e entrega a Jorge uma carta que Eva lhe escreveu, dizendo que lamenta o facto de se terem separado e que vai esperar por ele. Jorge fica um pouco perturbado.

Eva recorda a carta que escreveu a Jorge e fica cheia de raiva quando lê a notícia de que Álvaro está de volta, agora como gestor da Academia.

Álvaro discursa durante a inauguração da Academia, vitimiza-se e dedica o novo projecto à memória de Fred, anunciando que metade dos lucros que tiver vão para ajudar a combater o doping que matou o filho. Ricardo aparece embriagado e faz um escândalo, esmurrando o pai. Íris e Edu conseguem levar Ricardo para casa, enquanto Álvaro se desculpa perante jornalistas e convidados.

Hugo confessa a Maria a sua revolta pelo facto de Álvaro estar a reinaugurar a Academia que lhes comprou, usando um testa de ferro para o efeito. Hugo assume que não esquece que ele lhes matou o pai. Maria diz que só quer ser feliz com Jorge.

Maria e Jorge preparam-se para casar. Alice leva as alianças e Lucinha diz à mãe que quem devia ali estar era Eva. Salomé não a acha merecedora de Jorge e está satisfeita pelo seu enlace com Maria. Esta faz uma declaração de amor ao noivo, antes de formalizarem a união.

Eva chora de alegria quando a sua advogada lhe vai dizer à cadeia que está livre porque o juiz lhe concedeu a liberdade condicional.

Maria e Jorge amam-se com grande paixão na noite de núpcias.

Em Paris, Milene prepara-se para enterrar o filho, com grande mágoa pela vida que ele teve depois do atropelamento de que foi vítima. Determinada a fazer justiça, conta a Claude que tenciona ir procurar a mulher que Pierre viu na televisão antes de morrer, esperançada em que ela lhe possa dar uma pista que a conduza a quem atropelou o filho.

Jorge acorda e fica surpreendido ao constatar que Maria já não está na cama.

Álvaro vai falar com Ricardo, que o deixa entrar em casa, muito incomodado.

Eva sai da prisão e para sua grande surpresa tem Maria à sua espera. Maria pede-lhe que se tornem aliadas para conseguirem atirar Álvaro para a prisão, mas Eva, cheia de mágoa e raiva, não aceita ajudá-la.

Álvaro tenta reconquistar o filho mas Ricardo insulta-o e reafirma que ele devia estar preso por todos os crimes que cometeu. Íris tenta defender o pai mas o irmão não cede um milímetro e fica ainda com mais raiva dele, quase chegando a vias de facto com Edu.

Artur visita Cecília no Minho. Ela passeia o seu bebé e recusa regressar a Sintra, apesar dos esforços que o amigo faz para a convencer. Cecília ainda vive apavorada pela ideia de reencontrar Álvaro.

Ricardo conversa com Íris sobre a mãe e confidencia à irmã que tem uma ideia que pode fazer com que Cecília regresse para eles.

Eva começa a arranjar a sua casa para iniciar uma nova vida, depois de ter saído da prisão.

Jorge, muito irritado, confronta Maria por ter ido sem ele, esperar Eva à saída da prisão. Ela justifica que está ansiosa para vingar a morte do pai e que, tal como tinham combinado, lhe pediu para se aliarem e colocarem Álvaro na prisão. Jorge estranha aquela justificação e chega à conclusão de que Maria sente ciumes, receando o que ele poderia voltar a sentir por Eva quando a visse. Jorge tranquiliza-a e seguem apaixonados para o bar da praia que Maria comprou a Caio e Eva.

nas redes

pesquisar