SIC

Perfil

Dário Guerreiro apresenta-se: "Chamavam-me o cara de Bechamel"

Dário Guerreiro apresenta-se: "Chamavam-me o cara de Bechamel"

Ele explica porquê e diz que, para as mulheres, "os homens têm de ser como os douradinhos: pequeninos, sem espinhas e fáceis de comer".

nas redes

pesquisar