SIC

Perfil

De segunda a sábado

VEM AÍ: Vitória é absolvida e Marta fica em estado de choque!

Com a ajuda de Paulo, Vitória sai em liberdade

Durante o julgamento, todos os intervenientes e testemunhas são ouvidos até que Gustavo entra na sala com Alda, uma vizinha de Júlia e Vitória e afirma que ela é uma testemunha fundamental no processo para apurarem a verdade. O juiz assente em ouvir.

No tribunal, Aida é interrogada e conta diante de todos que viu Vitória chegar na noite do atropelamento de Marta a casa, perturbada, por volta da meia noite. Furiosa, Vitória chama-lhe mentirosa e o juiz põe ordem na sala.

No corredor do tribunal, Margarida está certa de que Vitória vai ser condenada e todos reconhecem que o testemunho de Aida foi determinante. Por sua vez, Vitória está nervosa porque correu tudo mal e quer à força arranjar maneira de desacreditar Aida. Paulo comenta com Vitória que conhece o juiz.

No seu gabinete, Paulo fala com o juiz do julgamento de Vitória e para o subornar, oferece-lhe um lugar de comentador na estação. Este fica entusiasmado com a ideia mas percebe logo que Paulo quer algo em troca. Paulo assume que está a defender Vitória e explica que ela também trabalha na rádio.

No tribunal, o juiz absolve Vitória dos crimes que foi acusada. Fora de si, Marta grita com o juiz e tira a prótese diante de todos. Dirige-se a Vitória e chama-lhe monstro e que é a responsável por ela ter ficado sem perna, espera que ela fique bem com a sua consciência.

Daí a pouco, Vitória corre para a casa de banho e vomita e chora a descarregar toda a pressão que tem em cima. Sente-se muito mal mas Júlia acalma a filha.

nas redes

pesquisar