SIC

Perfil

De segunda a sábado

Resumo - 72º Episódio - 7 de dezembro (sexta-feira)

Diana fica em prisão domiciliária pelo homicídio de Giacomo

(c).RuiCarlosMateus.1954

*OS RESUMOS DOS EPISÓDIOS ESTÃO SUJEITOS A MUDANÇAS EM FUNÇÃO DA EDIÇÃO DA NOVELA

No estaleiro, André fala ao telemóvel com um advogado para saber se o dinheiro que roubou a Giacomo já está a salvo. Vera entra no gabinete de ambos e estranha a conversa dele. Ao vê-la, André apressa-se a desligar. De seguida, ele recebe uma mensagem de Francisca a informar que Diana foi detida pela morte de Giacomo e quer saber se ele está envolvido.

Adelaide também começa a ficar preocupada por não conseguir falar com Diana. André entra no seu gabinete e ela faz conversa sobre isso. Este aproveita e conta que acabou de saber por Francisca que Diana foi detida por suspeita de homicídio. Adelaide fica muito agitada e só pensa numa forma de controlar o escândalo.

Enrico vai à casa de Diana e remexe tudo à procura do dinheiro. Tem todo o cuidado a deixar tudo como encontrou para não deixar vestígios da sua presença. Continua a procurar mas não encontra nada, o que o deixa irritado.

Diana fica surpresa ao ver o Dr. Soares, advogado dos Macedo chegar à esquadra em sua defesa. Coloca-o ao corrente de tudo e reforça que foi vítima de uma cilada.

Júlia decide mudar de atitude em relação a Fernando para saber o que este lhe está a esconder. Fernando estranha a mudança de humor mas acaba por ceder à sua sedução.

Ao telefone, Eduarda anima o filho Alex quando chegam dois agentes da ASAE para analisar o local pois foi feita uma denúncia de intoxicação alimentar. Eduarda fica surpresa mas garante que tem tudo em ordem.

Na loja de tecnologia, Celso está absorto nos seus pensamentos e Luís e Flávio metem-se com ele. Celso alega que tem um amigo que gosta de duas raparigas e que quer ajudá-lo. Luís e Flávio percebem que ele está a falar de si próprio.

Jacinta pede a Deolinda que faça biscoitos de canela para levar a Simão. Deolinda quer saber para quem são mas Jacinta não revela.

Na esquadra, o advogado de Diana está incrédulo com tudo o que ela lhe contou. Pergunta-lhe se quer mesmo contar tudo diante do juiz e Diana responde que sim pois não tem nada a esconder.

Leonor fica em choque ao ver a fotografia de Giacomo numa notícia sobre a sua morte. Muito nervosa, explica quem ele é. Vera liga, sem sucesso, a Diana.

Na escola de circo, António ajuda Marta a tentar equilibrar-se numas maozotas mas ela perde sempre o equilíbrio e não acredita que venha a conseguir. António atende uma chamada de Vera que anda à procura de Diana.

No tribunal, o juiz não acredita na história das regressões que Diana alega. Ainda assim, o advogado Soares consegue adiar a sessão até que saiam os resultados dos testes forenses.

Zé Maria enfrenta o pai e acusa-o de não proteger Francisca. André enerva-se com as palavras do filho e acaba por lhe bater. Zé Maria sai porta fora e André bebe um trago de whisky para se acalmar.

Na marisqueira, os agentes da ASAE levam três sacos com comida para analisar. Informam Eduarda que vão fechar o restaurante temporariamente até identificarem a origem da intoxicação. Eduarda fica furiosa com isso.

Lucas paga a Nelson por ele o ajudar a manter o tráfico de droga no bairro. Nelson entrega-lhe uma lista das rusgas que estão planeadas para que ele possa controlar a venda da droga. Gustavo vai a passar e estranha vê-los à conversa.

Marta desabafa com Gustavo sobre a sua ida à escola de circo. Confessa que não correu nada bem e também quer saber como está a situação de Aida. Gustavo explica que Aida foi condenada mas está disposto a fazer tudo para a ajudar.

Vera e António falam sobre a notícia da morte de Giacomo. Estão apreensivos por não saberem nada de Diana até que veem na televisão que esta foi detida por suspeita de homicídio.

Adelaide fica incrédula ao saber pelo advogado Soares a versão da história de Diana. Pede-lhe que tente por tudo manter o assunto em segredo da comunicação social.

Nestor pede conselhos a Fernando sobre o que há de fazer em relação ao seu neto. Por sua vez, Fernando desabafa sobre os problemas com os seus filhos e omite de Nestor que está arrependido de ter deixado Margarida para ficar com Júlia.

No hospital, Simão confronta Jacinta afirmando que sabe que ela não é enfermeira e que só o visita a ele. Pergunta-lhe diretamente se ela é a mulher de Nestor, o que deixa Jacinta atrapalhada.

No tribunal, o advogado Soares não consegue libertar Diana. Apesar de falar da denúncia anónima, que coloca outra pessoa no local do crime, Diana fica em prisão domiciliária com pulseira eletrónica.

Jacinta explica a Simão que não fez por mal e que só o queria conhecer. Simão reconhece que ela tem bom coração e só quer ouvir dela coisas boas.

Na rádio, Ana comunica a Rodrigo que Diana vai aguardar o julgamento pela morte de Giacomo em prisão domiciliária. Apesar da insistência de Ana, Rodrigo recusa falar do assunto.

Francisca trabalha em casa e tenta falar ao telemóvel com Zé Maria, em vão. André entra em casa e conta a discussão que teve com o filho e que lhe deu uma bofetada. Age como se não fosse nada demais, o que deixa Francisca muito angustiada.

Diana chega a casa com agentes da polícia e um técnico que lhe coloca a pulseira e dá indicações de como aquilo funciona. Adelaide acompanha todo o processo e dá o seu apoio à nora. Estranha quando o seu filho Rodrigo aparece mas este disfarça diante da mãe e diz a Diana que vão conseguir provar a sua inocência.

Vitória comenta com Júlia que não acredita que Diana tenha sido capaz de matar um homem. Júlia não esconde o seu contentamento com a prisão da rival.

Jacinta elogia o gesto de Adelaide em ajudar Diana na ausência de João. Nestor também liga ao advogado Soares para se certificar que este está a fazer tudo o que pode para ajudar Diana e quer ser informado de tudo o que se está a passar. Jacinta revela ao marido que tem estado com Simão e pede-lhe que não desista do neto.

nas redes

pesquisar