SIC

Perfil

De segunda a sábado

Resumo - 71º Episódio - 6 de dezembro (quinta-feira)

Diana vai à polícia contar tudo o que sabe sobre a morte de Giacomo!

Christian Gnad

*OS RESUMOS DOS EPISÓDIOS ESTÃO SUJEITOS A MUDANÇAS EM FUNÇÃO DA EDIÇÃO DA NOVELA

Zé Maria e os seus companheiros fazem uma espera a Paulo e agridem-no quando este sai da rádio, avisando-o para não voltar a abusar de mulher nenhuma. Rodrigo presencia a cena e apesar de tudo, ajuda-o mas Paulo recusa ajuda.

No estaleiro, Adelaide estranha a ausência de André e pergunta a Vera por ele. Esta controla-se para não lhe dizer o que pensa e sente pois está ali para trabalhar. Cínica, Adelaide percebe que ela sabe a verdade e indica-lhe a porta de saída.

Diana desperta e geme de dor. Fica muito aflita ao ver Giacomo morto e o buraco na parede vazio. Ao ouvir as sirenes da polícia, decide fugir dali.

Rodrigo acaba de chegar a casa quando Diana lhe liga. Esta pede que ele a vá buscar ao Porto e, apesar de confuso, Rodrigo sai de casa para ir ao seu encontro.

Francisca trabalha e sente-se observada por outras colegas da rádio. Vitória aproxima-se dela e comenta que, apesar de ter sido namorada de Paulo, não tem dúvidas de que ele tentou violar Francisca e esta agradece o apoio.

Na Somecel, Fernando reúne-se com o seu advogado e quer que este passar algum dinheiro para uma conta off-shore. Júlia entra no gabinete e estranha a presença do advogado ali e Fernando disfarça.

Fora do gabinete de Fernando, Júlia pergunta à secretária dele qual a razão da reunião de Fernando com o advogado e Idalina não sabe de nada, o que deixa Júlia intrigada.

No hospital, Simão conversa com Jacinta sobre a sua vida e esta continua sem revelar quem é. No entanto, quando Simão fala sobre Nestor, Jacinta fica desconfortável e vai embora.

Na casa de chá, Clara não consegue esconder os ciúmes que sente de Carmo e Celso. Para piorar tudo, Carmo pede-lhe que fique até mais tarde e feche tudo. Luís vai até lá para comprar bolo de chocolate para a filha.

Depois de ir à psicóloga, Leonor fala francamente com Cecília e afirma que sabe que os pais estão a sofrer muito com tudo o que se está a passar. Por essa razão, prefere conversar com alguém de fora do que com eles. Cecília afirma que sente muito orgulho na filha e, por fim, Leonor declara que quer fazer algo para acabar com o tráfico humano.

João conversa com Adelaide por vídeochamada e comenta com a mãe que falta tudo no sítio onde está e que toda a ajuda é pouca. Pede à mãe que tente falar com Diana pois ele não conseguiu. Adelaide promete que vai contactar a nora.

No armazém do matadouro, os agentes da PJ identificam o corpo de Giacomo. Analisam o local e percebem que dentro do buraco da parede havia dinheiro e presumem que talvez seja esse o motivo do crime.

Diana está muito nervosa enquanto espera por Rodrigo. Este chega finalmente ao pé dela e quer saber o que se está a passar. Diana revela que Vitória é a sua filha e promete explicar tudo mas só quer sair dali o quanto antes.

Em casa dos Macedo, Adelaide continua a vídeochamada com João. Este termina a conversa pedindo à família que faça um donativo para o hospital onde está. A seguir, Adelaide tenta falar com Diana, sem sucesso. Jacinta partilha com a filha que Carmo foi jantar a casa dos pais de Celso.

Deolinda prepara o jantar quando batem à porta. É Carmo que aparece sem ninguém estar à sua espera. Raimundo e Deolinda ficam constrangidos e Celso mente, dizendo que fez confusão em relação ao dia em que marcaram o jantar.

Na escola de circo, Martim tenta equilibrar-se numa vara equilibrista mas cai. António e Rui querem que ele repita o exercício mas Martim só fala em desistir pois acha que não tem a mínima vocação para o circo.

Na marisqueira, Eduarda vê um jogo de Alex na televisão e fica muito irritada porque o treinador deixa o filho no banco. André entra muito nervoso e pede uma garrafa de vinho. O seu telemóvel toca e não atende a chamada de Francisca.

Já em casa de Rodrigo, Diana ainda não conseguiu parar de tremer. Rodrigo declara que não vai deixar que nada de mal lhe aconteça e nada do que ela revelou o vai fazer afastar-se. No entanto, Diana sente-se muito insegura.

André chega a casa tarde e apesar de não estar bêbado, Francisca percebe que ele bebeu. Está muito desiludida com ele pois não teve um único gesto de apoio para com ela, durante o dia todo.

Salvador e Zé Maria brindam à lei e à ordem. Zé Maria está deslumbrado com a sensação de poder e quer ir mais a fundo em várias causas. Salvador assegura que aquilo foi só o início.

Depois de tomar um duche, Diana tenta ver nas notícias se já há algum rumor sobre a morte de Giacomo. Rodrigo acha que é melhor primeiro arrefecer as ideias.

Aida acende velas e reza muito concentrada. Quando Leo se aproxima, declara que se ele conseguir ser alguém na vida, vai de ficar de consciência tranquila. Leo sente-se muito mal com ele próprio.


No dia seguinte, Rodrigo acorda e procura por Diana mas não a encontra. Lê um bilhete dela e fica preocupado. Nesse momento, ligam-lhe da rádio e pedem a sua presença numa reunião importante. Tenta ligar para Diana, sem sucesso.

Diana entra nervosa numa esquadra da polícia. Está hesitante mas diz a um polícia que quer participar informações sobre um homicídio no Porto.

Paulo reúne-se com a administração da rádio e, ao ver Rodrigo chegar, percebe o motivo da reunião. O administrador suspende Paulo das suas funções até a investigação ser concluída e nomeia Rodrigo no seu lugar.

Paulo aproxima-se de Francisca e ameaça-a, dizendo-lhe que ela não sabe do que ele é capaz. No entanto, Francisca encara-o sem medo.

Diana conta tudo o que sabe sobre Giacomo e fala também das sessões de regressão. Os polícias entreolham-se céticos e informam Diana que vai ficar detida pois neste momento é a principal suspeita pela morte de Giacomo.

André prepara-se para sair de casa quando é interceptado por Enrico que quer saber o que aconteceu a Giacomo e ao dinheiro. Aponta-lhe uma faca ao pescoço para saber a verdade.

Na rádio, todos comentam que Paulo foi suspenso e que Rodrigo o vai substituir. Francisca fica muito aliviada com isso.

Enrico amarra André e revira a sua casa toda à procura do dinheiro mas não encontra nada. André finge que é inocente e alega não saber de dinheiro nenhum e sugere qhe a única pessoa que sabe é Diana.

Rodrigo fica surpreso ao saber que Diana ficou detida. Esta pede desculpa por ter saído sem avisar e Rodrigo quer ir ter com ela à esquadra mas Diana prefere que ele não vá pois tem a certeza que a vão libertar brevemente.

Na rádio, Ana pede a um jornalista que tente saber todas as informações que puder sobre a detenção de Diana. Francisca ouve a conversa e fica muito nervosa. Tenta ligar de imediato a André mas vai para o voicemail.

Aida e Naomi entram em casa e Naomi não se conforma com o fato de a mãe ser condenada por um crime que não cometeu. Chora de tristeza enquanto Aida fica em silêncio. A única coisa que pede é que Leo não arme confusão se o SEF a for buscar.

Na rua, Naomi encontra Gustavo. Esta está desesperada com a possível deportação da mãe e desabafa com ele. Gustavo também se sente impotente e revoltado com a situação.

Em forma de protesto, Martim finge uma queda no tecido acrobático para conseguir sair da escola de circo.

António procura por Diana pois ela não compareceu às aulas na escola. Tenta ligar para ela, sem sucesso. Entretanto conversa com Rui sobre o que está viver com Vera quando são interrompidos pelos gritos de Martim. Este finge-se lesionado no pé e tenta enganar Rui e António. No entanto, António repara em Marta que os observa e dirige-se a ela. Marta decidiu vir mas está insegura e tenta esquivar-se.

nas redes

pesquisar