SIC

Perfil

Veja aqui o último episódio

42º episódio – 1 de novembro (sábado)

Eva e Daniel beijam-se

Gonçalo põe Amélia a par do desaparecimento de Vanessa, convicto de que ela não vai voltar, agora que se apanhou com dinheiro. A irmã nem por isso fica descansada e confessa que está cada vez mais preocupada por estar a esconder a verdade de Martim, pois ama o marido e ele desconfia que ela está a esconder-lhe algo. Amélia critica Gonçalo por ter inventado que contratou um detetive no Brasil, pois isso só serviu para entusiasmar ainda mais Carlota na sua busca pela mãe biológica. Patrícia, por seu lado, diz que vai manter-se próxima de Leonor para tentar perceber os seus próximos passos.

Carlota telefona a Amélia e pede para que Tiago vá jantar lá a casa. A mãe concorda e diz que vai telefonar a Catarina para que vá com eles. Carlota mostra-se desanimada a Tiago por não ter novidades sobre o paradeiro da sua mãe biológica, queixando-se de que apenas recebe mensagens de incentivo para continuar a sua busca.

Leonor chega ao centro de mergulho e fica estupefacta quando toma conhecimento das agressões de que Júlia e Elsa foram vítimas por parte de Xavier. Júlia afirma não querer queixar-se à polícia, temendo as represálias do marido e Elsa fica apreensiva quando Leonor lhes oferece a sua casa para ficarem, acreditando que o pai as vai descobrir facilmente. Nuno oferece a sua casa para que elas ocupem um dos quartos que tem vagos e André também considera que essa é a melhor opção. Júlia agradece, mas insiste em manter segredo sobre ser vítima de violência domestica.

Madalena lancha com Sebastião no Hotel das Salinas quando Catarina se aproxima deles e cumprimenta o escritor, dando conta que está a ler com entusiasmo o seu último livro. Ao ver Madalena, pergunta se ela é sua filha e o constrangimento instala-se, com Sebastião a responder que ela é uma amiga.

Já em casa de Nuno, Leonor insiste com Júlia para que ela apresente queixa do marido, argumentando que não deve ter vergonha de ser mais uma mulher vítima de violência doméstica. Júlia recusa e repete que tem medo de que Xavier tente vingar-se e diz que vai ver como é que Elsa está. A filha, agora mais calma, conta que Nuno a convidou para um passeio de barco. André pede a Leonor para falar com ela e leva-a pela mão para a cozinha. Leonor mostra-se muito triste por não ter sinais de Vanessa e André insiste em ajudá-la a procurar a filha nas ruas.

Elsa confessa à mãe que confia em Nuno e André para as protegerem do pai e Júlia mostra-se confiante de que agora vão ficar bem.

Xavier, muito embriagado, vai a casa de João e, aos gritos, exige que ele diga onde é que Leonor mora para ir buscar a mulher e a filha. O mestre fica confuso e ele acaba por confessar que se desentendeu com Júlia, exaltando-se quando João recusa dizer onde Leonor mora, preferindo que conversem pelo telefone. Xavier grita que o lugar da mulher e da filha é em casa e João põe-no no lugar, dizendo que primeiro tem de curar a bebedeira e depois falar com calma. Xavier sai intempestivamente a dizer que vai encontrá-las nem que seja preciso revirar Setúbal.

     

Bento pede a Joni que convença Aurora a falar com o falecido marido de Cremilde para que o espírito do defunto aconselhe a peixeira a abrir-lhe o coração e seguir com a sua vida para a frente. Joni acha que se trata do plano mais idiota que ouviu, mas começa a ceder, dizendo que Bento o esgota pelo cansaço. Bento insiste e faz-lhe ver que se Cremilde ficar contente, Tina também ficará e isso vai jogar a seu favor para a conquistar. Joni não acredita que Tina caia na sua “rede”.

Cremilde conta indignada a Tina que Bento foi pedir a Aurora para falar com o falecido marido para que ele lhe diga que não se importa que ela siga com a sua vida ao lado de outro homem. A filha fica surpreendida mas diz que, provavelmente, é isso que o pai deseja. Cremilde irrita-se e manda-a preocupar-se com Joni, a quem tem dado trela.

Bento despede-se de Joni e prepara-se para entrar em casa, quando vê Ricardo dentro de um carro a beijar um homem. O peixeiro fica de boca aberta e vai a correr contar a novidade à família. Henrique e Laurinda ficam indignados com a notícia, depois de Sara confirmar que Ricardo traiu Eva com outro homem.

Daniel e Eva jantam no bar de Vitória e ele esforça-se por animá-la, propondo que vão tomar um copo quando saírem dali. Eva aceita a custo mas depois acaba por confessar que lhe apetece ir dançar.

Madalena está amuada com Sebastião por ele não a ter apresentado como sua namorada a Catarina. Ele faz notar que tem sido ela a esconder a relação, por medo de assumir a diferença de idades. Madalena justifica que o único receio que tem é que os pais não o aceitem, mas afirma que todas as outras pessoas podem saber que estão juntos. Sebastião consegue quebrar-lhe o amuo e beija-a, até que Madalena acaba por ceder.

Leonor procura desesperadamente por Vanessa nas ruas, mas saturada por não obter qualquer pista, pede a André para regressarem a casa.

Gonçalo conversa com Antónia e Frederico sobre o desaparecimento de Vanessa e afiança que a rapariga fugiu porque sabe que não é sua filha e que seria desmascarada se fizesse o teste de ADN. Os pais estranham o caso, mas acabam por “engolir” a versão dele.

Amélia confessa a Catarina que carrega um segredo sobre a adoção de Carlota que a pode levar a perder a filha e também o marido. No entanto, não tem coragem para contar à amiga o que se passa, dizendo apenas que preferia que Carlota não tivesse descoberto que foi adotada. A conversa acaba quando Carlota e Tiago aparecem.

Leonor continua a culpar-se por não ter estado ao lado da filha no hospital, permitindo que ela desaparecesse sem deixar rasto. André reafirma que ela não teve qualquer responsabilidade no assunto e oferece-se para passar a noite com ela. Leonor pede desculpa e assume que prefere ficar sozinha. Depois de André ir embora, entrega-se às recordações dos momentos que passou com a filha.

       

Eva e Daniel regressam embriagados a casa dele e ela acaba por se deixar levar pela bebida, fazendo com que se beijem. Daniel fá-lo com paixão mas Eva desprende-se e vai refugiar-se no quarto, dizendo que precisa de dormir.

Nuno e André conversam ao pequeno-almoço sobre o terror que Júlia e Elsa têm vivido nas mãos de Xavier. André garante que não vai permitir que o pescador as incomode mais. Já sobre Leonor, confessa ao amigo que ela está devastada com o desaparecimento da filha, acreditando que a melhor maneira de acabar com todas as angústias é fazerem um novo teste de ADN, provando ou não que Vanessa é mesmo sua filha.

Leonor observa Diogo a dar a si próprio uma injeção de insulina e estranha o facto de a seringa ser tão grande. Ele disfarça e mente, revelando que se trata de um kit novo, garantindo que tem controlado muito bem a doença. Entretanto, Leonor recebe uma chamada de um número que não conhece e quando atende fica em sobressalto, pois do outro lado quem fala é Vanessa. Leonor recebe em choque a chamada de Vanessa mas fica ainda mais ansiosa porque a rapariga consegue apenas pedir desculpa por ter desaparecido, antes de Simão entrar na cabine telefónica e quebrar a ligação. O namorado dá uma reprimenda a Vanessa e faz-lhe ver que têm de desaparecer, sob pena de serem encontrados por Gonçalo, que lhes pode fazer mal. Ela confessa que lhe custa deixar Leonor sem lhe contar a verdade mas Simão leva a melhor e conta que já têm o dinheiro que precisavam e que agora só precisam de um carro para fugir.

Em casa, junto a Diogo, Leonor volta a derramar lágrimas de desespero por continuar sem saber da filha. 

nas redes

pesquisar