Ídolos 05 2012 LB Casting Porto 055.JPG

Cláudia Vieira e João Manzarra abriram mais um capítulo na história da televisão portuguesa. A quinta edição do programa Ídolos começou este domingo, na SIC, com a caça ao novo Ídolo de Portugal. A primeira audição decorreu na Alfândega do Porto e contou com a participação do novo painel de jurados: Manuel Moura dos Santos, Bárbara Guimarães, Tony Carreira e Pedro Abrunhosa.

 

Manuel Moura dos Santos é o presidente do júri e faz parte do painel desde a primeira edição. É conhecido por ser implacável e frontal na avaliação dos candidatos. Logo no programa de estreia batizou um dos candidatos sem talento de "Jack, o Estripador de Canções".

 

Tony Carreira, que no início da sua vida profissional também participou em concursos de talento, sabe a importância que o Ídolos tem no lançamento de um novo cantor.

 

Pedro Abrunhosa, músico, compositor e cantor, valoriza não só a interpretação das canções, mas igualmente a capacidade que um candidato tem em compor ou tocar um instrumento.

 

Bárbara Guimarães, anfitriã de vários concursos de talentos, como o "Chuva de Estrelas" e "Portugal Tem Talento", avalia também a postura e a imagem que um Ídolo deverá ter.

 

Nestas audições do Porto participaram cerca de seis mil pessoas e a música mais cantada em frente ao júri foi "Someone Like You" de Adele. O tema português mais cantado foi de Rui Veloso, "Nunca Me Esqueci de Ti".

 

Entre seis mil pessoas, havia candidatos para todos os gostos... Mas poucos conseguiram impressionar o exigente júri Anabela Silva, de 16 anos, veio de Penafiel e obteve elogios dos jurados. Cantou um tema composto por si, em inglês, e explicou que aprendeu a tocar guitarra sozinha.

 

Pedro Teixeira também passou à próxima etapa do Ídolos e, apesar da guitarra desafinada, levou o sim do júri. Igual sorte tiveram a Vanessa Martins, a candidata de 24 anos de Miranda do Douro, e a Rita Gonçalves, de 17 anos.

 

O Ídolos é transmitido ao domingo, logo a seguir ao Jornal da Noite. Nos próximos programas, o júri irá avaliar mais candidatos nas audições do Porto e depois em Braga, em Lisboa e no Estoril.

 

Depois de Nuno Norte, Sérgio Lucas, Filipe Pinto e Sandra Pereira, quem será o próximo Ídolo de Portugal?

Atenção
Este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
ARTIGOS RELACIONADOS