SIC

Perfil

Papa Francisco abraçou Lucas, o "menino milagre"

Lucas, a criança brasileira que terá sido curada por intercessão dos beatos Francisco e Jacinta deu hoje um abraço ao Papa Francisco, no momento do ofertório na missa da peregrinação internacional aniversária, já depois da canonização dos pastorinhos.

Integrando o cortejo do ofertório da missa, Lucas, acompanhado pelos pais e irmã, dirigiu-se ao altar do recinto, onde foi acolhido por Francisco.

ANDRE KOSTERS

Lucas sofreu uma queda de 6,5 metros a 3 de março de 2013, quando tinha 5 anos. "Bateu com a cabeça no chão e fez um traumatismo craniano grave, com perda de tecido cerebral", declarou o pai da criança esta semana, numa declaração aos jornalistas em Fátima.

Segundo João Batista, após ser assistido na cidade da família, Juranda, dada a gravidade do seu quadro clínico, Lucas foi transferido para o hospital de Campo Mourão, no Paraná.

"Teve duas paragens cardíacas enquanto era anestesiado para a cirurgia e foi operado de urgência.

Os médicos diziam que ele tinha poucas probabilidades de sobreviver", contou João Batista, adiantando que a família começou "a rezar a Jesus e a Nossa Senhora de Fátima", pedindo também a uma comunidade carmelita para o fazer. A família começou igualmente a rezar aos pastorinhos e, a 9 de março, "o Lucas foi desentubado e acordou bem, lúcido e começou a falar".

A 15 de março Lucas teve alta. "Os médicos, incluindo alguns não crentes, disseram não ter explicação para esta recuperação", notou João Batista, que agradeceu aos profissionais de saúde que acompanharam o caso de Lucas, e declarou que a família sentiu "uma imensa alegria por ser este o milagre que levou à canonização".

Com Lusa

SAIBA TUDO SOBRE A VISITA DO PAPA AQUI

nas redes

pesquisar