SIC

Perfil

Saúde: Saiba como ter uma postura de poder!

O que diz a sua postura sobre si? Siga as nossas dicas e saiba como melhorar a sua saúde e o seu estado de espírito.

A sua postura pode denunciar a sua personalidade. E a sua personalidade tem muita influência na sua postura. Sabia que existem estudos que mostram uma relação entre a postura física afeta a expressão mental e emocional.

Pedro Figueira e Miriam Gonçalves estiveram no Faz Sentido e deixaram dicas para prevenir problemas de coluna.

Reveja aqui a entrevista completa

POSTURA TÍMIDA

Uma pessoa tímida apresenta normalmente uma postura mais introvertida e "encolhida", com um olhar baixo e os ombros puxados para a frente. Não existe mal nenhum em ser tímido mas em certas situações a timidez pode ser um obstáculo. Um exemplo disso são as situações de liderança e de avaliação onde o indivíduo está mais exposto e pode sentir maior ansiedade e stress. Para além disso, as pessoas tímidas por vezes sentem rejeição e dificuldades de estabelecer algumas relações no seu meio social.

Esta "encurvatura" da postura também é comum em pessoas muito altas que têm tendência a baixar-se para poderem estar ao nível dos seus interlocutores.

ATITUDE DE PODER

A postura é simples: peito para fora e mãos nas ancas. Este postura transmite uma imagem de poder mas não só. Sabia que se adotar esta postura durante dois minutos existe um aumento dos níveis de testoterona em 20% e uma redução dos níveis de cortisol em 25%. A elevação da testosterona proporciona um aumento de bem estar enquanto que a diminuição de cortisol está relacionado com os níveis de stress.

Até ao início do século XXI acreditava-se que não era possível alterar a personalidade e que esta dependia 40% da genética e 60% do ambiente envolvente. Mas estudos recentes comprovam que o coaching e da força de vontade resultam na alteração da personalidade.

O QUE ACONTECE?

Quando a sua postura é "encurvada" a sua coluna deixa de ter o formato normal e perde a curvatura cervical. Existe também um aumento da cifose dorsal que provoca o aumento da tensão no sistema nervoso.

Pedro Figueira explica de uma forma mais simples:

Imagine que está num corredor que conhece muito bem mas às escuras. É possível atravessar este espaço até ao outro lado para acender a luz? Certamente que sim porque tem noção do espaço e de onde estão os objetos.

Agora imagine que o seu filho deixou uma bicicleta no meio do caminho e não sabia. O que acontece? Pode magoar-se!

É isto que acontece com o cérebro. Sem a informação correta o nosso cérebro não vai conseguir processar bem as situações e responder adequadamente. Aqui entra a importância de um bom funcionamento da coluna.

O QUE FAZER?

Quiroprática: A quiroprática ajuda a reduzir disfunções na coluna e possibilitar melhores posicionamentos

Exercícios: Exercite os ombros e a toalha cervical e faça contração abdominal. Uma boa mobilidade cervical é importante.

Mudança de atitude: Com a ajuda do coaching poderá alterar a sua atitude que levará a uma melhora de postura

nas redes

pesquisar