SIC

Perfil

Dieta Alcalina: Equilibre o seu corpo!

Saiba o que comer para evitar que o seu organismo esteja em desequilíbrio.

O equilíbrio é essencial para o seu bem estar e, por isso mesmo, Rita Boavida traz algumas recomendações que deve ter em conta para evitar alguns problemas. Em entrevista no Faz Sentido com Ana Rita Clara, Rita Boavida explicou o perigo que são os ácidos para o corpo e deu algumas sugestões alcalinas que pode utilizar no dia-a-dia.

Veja a entrevista completa aqui.

O que é o pH?

O pH é a forma de medir a acidez ou basicidade de um elemento. Tem uma escala de 0 a 14:

<7 - valores ácidos

7 - valor neutro

>7 - valores básicos

Como podemos medir o nosso pH?

Existe um teste que poderá fazer em casa para determinar o seu pH:

Dia sim, dia não, durante aproximadamente duas semanas, deverá medir o pH da sua saliva ou urina de manhã (em jejum) e antes do jantar (não poderá comer até duas horas antes do teste).

Feitas as medições, faça a média dos valores (some todos os valores e divida pelo número de resultados que tem) e terá o seu pH.

Idealmente, o valor deverá estar entre os 6,5 e os 7,5, ou seja, perto do neutro, mas a maioria dos portugueses tem um pH de 5,5 (ácido). Estes resultados podem ser influenciados pela alimentação, stress, álcool, tabaco, café ou ingestão em excesso de alimentos processados).

O que pode acontecer quando ingerimos elementos ácidos?

O corpo tem os seus próprios mecanismos para eliminar os ácidos do organismo, mas há um limite! É necessário controlar o consumo ou a produção de ácidos para evitar o desequilíbrio do pH.

O que provoca a acidez no estômago? Má digestão, flatulência, inchaço... Mas a questão torna-se mais grave quando o sangue começa a ser ácido e a afetar os órgãos...

O que devo deixar de comer? E o que devo comer mais?

Deve colocar fora da sua mesas os alimentos processados! Esta é a primeira medida a fazer. Isto não quer dizer que nunca mais coma, mas deverá evitar ao máximo estes tipos de alimentos.

Deve apostar em legumes. No entanto, existem legumes, como é o caso da beterraba e dos espinafres que são mais ácidos e que deve consumir em menor quantidade.

Os alimentos ricos em minerais alcalinos, como o cálcio, o potássio, o magnésio, o zinco, o ferro e o sódio irão ajudá-lo na busca pelo equilíbrio.

Veja a imagem:

SUGESTÕES:

Rita Boavida deixou algumas sugestões que poderá fazer para iniciar este regimento alimentar. As sugestões seguintes estão adequadas para que está a iniciar esta dieta.

Pequeno almoço:

Num recipiente triture lima, gengibre, abacate e iogurte natural. Depois junte frutos silvestres e amêndoa e terá um pequeno almoço delicioso!

Sumos:

Para evitar os refrigerantes junte água de coco, limão, hortelã e morango e triture. Fica um sumo refrescante e doce!

Água:

Deverá optar por beber água alcalina mas se não gostar de beber água poderá optar por uma infusão de, por exemplo, erva príncipe, hortelã e gengibre.

Refeição leve:

Junte numa folha de alface tomate, bagas goji, coco, pepino, pimento, rabanete, cebola cortados em pequenos cubos. Por fim, pulverize com tomilho de limão (que poderá retirar das infusões).

Refeição completa:

Poderá iniciar com uma sopa de legumes com vegetais alcalinos.

No prato principal poderá prepar um peixe com batatas e legumes. Como pode ver na imagem a cima, o peixe é um elemento acidificante mas não precisa de se preocupar porque colocar um elemento ácido por refeição não vai interferir com a sua dieta.

nas redes

pesquisar