SIC

Perfil

Jorge

Diogo Amaral

ana antonio bento

JORNALISTA FREELANCER | 30 anos

Sou um jornalista freelancer de investigação muito requisitado e dou-me ao luxo de escolher os trabalhos que quero fazer. Tenho trabalhado na imprensa escrita, em jornais de referência. Fiz um trabalho sobre o impacto da eutanásia no Canadá, que me valeu a nomeação para o Pulitzer no ano passado. Foi uma investigação que me deixou muito orgulhoso.

Já perceberam que sou um apaixonado pelo trabalho, mas também há espaço para outras paixões, sobretudo, as que têm a ver com mulheres.

Estou há dois anos com a Sílvia e vivemos juntos há quatro meses. Ela é uma mulher extraordinária, mas sei que isso não chega.

De resto, sou uma pessoa com sentido de humor (gosto muito de ironizar), frontal e decidido. Não tenho grande ligação ao dinheiro. Serve para o que serve. Visto-me de uma forma descontraída e não ligo nenhuma a marcas. Mas confesso que adoro gadgets!

Vou para Portugal quando a Maria me contactar por causa do desaparecimento do Marco. Encaro a viagem como uma missão. Uma estadia temporária, pensava eu. Até porque nunca gostei de Portugal - mas isso vai mudar.

À medida que o tempo vai passando vou começar a ficar mais preso ao país. Numa primeira fase, vou aproximar-me da Eva e da Maria para tentar encontrar pistas sobre o paradeiro do Marco.

Depois começo a fazer um trabalho de investigação sobre a rede de anabolizantes. No meio deste processo todo, vou ser o ombro amigo do Hugo (o irmão da Maria) e também vou tornar-me amigo do Lucas.

nas redes

pesquisar