SIC

Perfil

De segunda a sábado

VEM AÍ: Polícia tenta prender Tó!

Depois da peritagem ao carro de Sofia, Bruno e Rosa chegam à conclusão que foi Tó quem sabotou o carro e que Narcisa está envolvida no esquema!

Christian Gnad

Tó sai do anexo mas esquece-se da mochila com o dinheiro. Hugo, Vasco e Gabi instalam-se no anexo, mas antes têm de limpá-lo.

No meio de uma confusão com Hugo e Gabi, Vasco repara na mochila que Tó deixou esquecida no anexo e Gabi diz que não vai tocar naquilo e que vai entregar a mochila a Maria.

Para disfarçar, Tó continua a pedir dinheiro a Narcisa. Entretanto regressa ao anexo para ir buscar a mochila que ali deixou. Hugo, ao ver a mochila, lembra-se de que na madrugada anterior ao acidente de Daniel viu Tó em frente à casa deles. Apesar de já estar com alguns copos a mais, Hugo assegura que era ele, sendo que segundo Rafael, a mochila estava cheia de ferramentas. Uma vez que Tó não é mecânico, Sofia e Bruno concluem que pode muito bem ter sido ele quem boicotou o carro dela.

Perante tal suspeita, Rosa decide pedir uma peritagem ao carro. Mesmo não querendo acreditar, Rosa admite que Tó possa ter agido a mando de Narcisa. Sofia nem acredita como é possível Narcisa querer-lhe tanto mal.

Bruno, pede à mãe para se afastar e para o deixar em paz. Narcisa finge-se preocupada com o estado de Daniel mas o filho não acredita nas palavras dela. Contudo, percebe que se Narcisa sabe que Daniel está em coma foi porque Tó lhe disse. E como se não bastasse, durante a discussão, Narcisa recebe um telefonema de Tó. Já sem que a mãe perceba, ele fica a saber que os dois vão encontrar-se ao final do dia no hotel.

Bruno, conclui que afinal a mãe e o pai continuam próximos, o que confirma a sua tese de que os dois poderão ter estado envolvidos no acidente de Daniel. Entretanto, Rosa insiste para que a peritagem seja feita ao pormenor e com rapidez e promete vingança se tiver existido sabotagem ao carro. Narcisa, no entanto, não a deixa em paz e decide tomar o controlo da Floriz Éden sem lhe comunicar previamente o que pretende fazer. Rosa fica furiosa mas impotente para reagir, uma vez que a irmã detém metade da empresa.

Entretanto, Rosa recebe um telefonema da oficina e fica a saber que o carro de Sofia foi sabotado e que houve uma anomalia nos travões. No regresso a fábrica, Rosa comunica a Bruno o que se passou. O rapaz fica furioso e com muita vontade de dar cabo do pai mas a tia lembra lhe que ele não é igual a Tó e que o mais certo é confiar na polícia porque há provas suficientes para incriminar os dois.

A polícia vai ao hotel e apesar de Narcisa dizer que Tó não está com ela, os agentes entram no quarto e descobrem-no. Perante a surpresa de Narcisa, Tó atira um candeeiro e o tabuleiro da comida conta os agentes e põe-se em fuga.

Rosa e Bruno revelam a Sofia que o carro dela foi mesmo sabotado nos travões provocando o acidente que levou o pai ao hospital. Todos concluem que só pode ter sido Narcisa e Tó. Sofia fica angustiada, triste e revoltada sem conseguir perceber porque é que Narcisa lhe quer tanto mal, como se já não bastasse ter perdido o filho por causa dela.

Entretanto no hotel, a polícia interroga Narcisa sobre o paradeiro de Tó e a relação com ele antes de a levar para a esquadra. Narcisa nega qualquer envolvimento no acidente de Daniel e refere que apenas contactou Tó naquele dia por causa do filho.

nas redes

pesquisar