SIC

Perfil

De segunda a sexta

Marcelo declara-se a Rosa!

Marcelo decide deixar de ser o médico de Rosa por causa daquilo que sente por ela

(c).RuiCarlosMateus.1954

Marcelo chama Rosa para conversarem e comunica-lhe que não pode continuar a ser o seu médico porque está apaixonado por ela.

Marcelo comunica a Rosa que vai deixar de ser o seu médico por uma questão de ética profissional. Estando apaixonado por ela, não faz sentido continuarem a relação médico-paciente. Rosa despede-se com os olhos cheios de lágrimas. O momento de tensão é interrompido por Fialho que entra na sala. Rosa aproveita para lhe comunicar que, provavelmente, deixará de vir as suas consultas também e sai, logo de seguida.

Já na rua, Rosa sente-se muito confusa e transtornada com tudo. Por sua sua vez, Marcelo desabafa com Fialho, tenta convencer-se a si próprio de que tomou a decisão correta.

Júlia brinca com Carmen quando Rosa entra em casa, muito séria e tensa. Pede a Daniel para falarem a sós e comunica-lhe que Marcelo vai deixar de ser o seu médico. Este fica nervoso mas só quer que a mulher o volte a amar e que as coisas voltem a ser como dantes.

Rosa desabafa com o padre Samuel e este apoia-a na decisão de ficar com sua família. Entretanto Daniel deita Júlia e tenta tranquilizar a filha em relação à saúde de Rosa. Juntos recordam por causa de uma fotografia o momento em que Júlia aprendeu a nadar com a ajuda de Rosa.

Marcelo desabafa com Rute e admite estar destroçado por ter de se afastar de Rosa. Rute adverte o filho de que o fato de Rosa ser casada não quer dizer que tenha de viver infeliz ao lado de um homem que não conhece.

nas redes

pesquisar