SIC

Perfil

De segunda a sábado

Resumo: 279º Episódio - 14 de abril (sexta-feira)

Narcisa obriga Rosa a assinar uma cedência de quotas!

Christian Gnad

Na empresa, começam a estranhar a ausência de Rosa, sobretudo depois de ter faltado a uma reunião e de ter o telefone desligado. Narcisa faz o seu papel e também se mostra surpreendida.

No hospital, Cármen pede a Marcelo para não desistir do filho e o médico promete fazer tudo o que puder para salvar o rival.

Hugo pede a Bruno para ficar com o olho em Gabi e em Vasco a partir do momento em que ele passe a ser motorista. Bruno, acede mas antes sugere-lhe que seja sincero com a rapariga e lhe dê a conhecer os seus sentimentos. No entanto, Hugo não vai por aí. Prefere manter a irritação com Gabi mas ficando sempre vigilante.

Bruno fica a saber através de Maria que Rosa ainda não chegou à empresa mas todos acham que pode ter passado pelo hospital.

Narcisa fica furiosa quando vê que para alem de Rosa, Tó sequestrou também Júlia. Tó diz-lhe que não teve alternativa porque elas estavam juntas. Narcisa obriga então Rosa a assinar uma declaração em como passa a empresa toda para ela. A irmã dá-lhe um prazo até ao final do dia para fazer o que ela quer.

A recontagem dos votos continua a dar um empate entre Piedade e Leonardo. Sem alternativa e sem capacidade de se entenderem, porque nenhum abdica de ficar com a presidência, decidem que o melhor é irem novamente a votos.

Por causa do empate, Tiago e Bruna voltam a falar e Renata não gosta nada da proximidade entre os dois.

Sem saber muito bem como gerir a linha de móveis com a doença de Daniel, Mara pede ajuda a Tomas mas é Inês que acaba por se chegar à frente e oferecer-se para ir com ela à reunião do fabricante.

César comunica ao irmão que ficou com o emprego no hospital e acredita que ele terá dado uma ajuda.

Rafa promete a Rita visitá-la no fim-de-semana e ela sente-se mais animada.

Samuel pede para falar com Paula mas antes que ele possa dizer alguma coisa ela garante-lhe que o beijo que lhe deu não foi fruto do momento e que quer mesmo ficar com ele. Samuel fica desconfortável, sobretudo quando ela lhe pergunta se não sente o mesmo, à medida que se vai aproximando e ficando mais perto dele até o beijar novamente.

Bruna e Tiago tentam convencer os pais a desistirem de novas eleições. Tiago diz à mãe que não é garantido que ganhe e que não tem a certeza se com mais agressividade vai conseguir mais votos. Já Bruna lembra a Leonardo que o risco é grande e que os sócios vão votar na opção que já conhecem. Bruna diz-lhe mesmo que será melhor ficar com metade da presidência do que regressar a Madrid sem nada.

Filipe convida Marisa para ir a um restaurante francês que ela queria muito ir e que tem uma fila de espera de meses. No entanto, apesar de querer muito jantar no restaurante, Marisa recusa o convite.

Depois do beijo, Samuel visivelmente atormentado pede a Paula para o deixar e recusa-se a combinar seja o que for com ela, pelo menos naquele momento.

Marcelo contesta a escala que Helena faz e que deixa todos os médicos sobrecarregados, correndo um risco maior de cometerem erros. Helena, inicialmente, mostra-se irredutível mas depois acaba por aceitar rever a escala. Continua no entanto a recusar fazer novas contratações.

Por mensagem, Tó informa Narcisa que Rosa ainda não assinou o papel. A irmã fica furiosa. Entretanto, Maria volta a perguntar-lhe por Rosa e ela continua a fingir que não sabe de nada.

nas redes

pesquisar