SIC

Perfil

De segunda a sábado

Resumo: 253º Episódio - 15 de março (quarta-feira)

Piedade acusa Rute de ter agido por vingança!; Rosa pede ajuda a Bruno para espiar Tó!

ana antonio bento

Tó e Narcisa começam a por em pratica o plano contra César e que envolve o alegado desvio de dinheiro.

Em casa, Beatriz pede a Artur para estar atento a Nuno e evitar que o miúdo vá à net porque dentro em breve a notícia de que foi Rute a matar o avô vai estar em todos os jornais e televisões. Beatriz ainda não se sente preparada para contar ao filho o que aconteceu.

Atenta aos olhares de ciúmes de Renata, Bruna acaba por perguntar a Tiago se ele tem algum relacionamento com a rapariga e ele diz-lhe que são só amigos. Admite que no passado já se envolveram mas que é uma coisa sem compromisso. Bruna, aproveita para o convidar para sair e Tiago aceita.

Tomás insiste em tentar perceber se a adopção é uma opção e decide ir falar com uma advogada apesar de Daniel o aconselhar a envolver Bárbara no caso para evitar erros cometidos no passado. Tomás recusa essa possibilidade porque acha que primeiro tem de ter a certeza que essa é uma opção para ele.

Hugo vai ter com Jam Po para ajudar com a roseira e percebe que tem no homem um admirador das suas anedotas.

Filipe vai ter com Marisa ao café da Floriz e quando lhe está a tentar pedir desculpa pelo que aconteceu e uma nova oportunidade, Manel aproxima-se de carro. Marisa ao vê-lo não perde tempo e vai ter com ele para fazer ciúmes. Filipe garante-lhe que não desiste facilmente.

Impulsionada por Inês, Renata volta a meter conversa com Tiago e convida-o para sair. No entanto, quando fica a saber que ele já tem planos com Bruna, desiste logo da ideia para não dar parte de fraca ao confessar os seus sentimentos.

Ao sair de casa de Beatriz, Artur esquece-se do tablet e Nuno acaba por ver a notícia que acusa Rute de ter matado o avô. O miúdo fica em choque. Entretanto, na televisão, Piedade vê a notícia da constituição de arguida de Rute e fica furiosa quando percebe que tal como ela também a ex-mulher de Fialho ficará com a medida de coação de termo de identidade e residência. Já Beatriz vê-se forçada a explicar ao filho o que se passou mas apercebe-se de que Nuno tem alguma dificuldade em entender como é que a avó ajudou o avô a morrer.

Marcelo diz a Bárbara que por mais que tente não consegue entender a escolha do pai, certo de que ele não estava capaz de tomar essa decisão. Bárbara lembra-lhe que Rute, apesar de ter sido traída durante vários anos, assumiu a responsabilidade de ir para a prisão apenas para fazer a vontade de Fialho.

Rute regressa a casa e à sua espera tem o rancor do filho César que não consegue perdoá-la nem viver com ela. Como se não bastasse ainda recebe a visita de Piedade que pede para falar com ela a sós. Piedade acusa-a de ter agido por vingança por ele a ter deixado, de ser uma assassina e de lhe ter tirado o que ela mais queria. Piedade garante-lhe que nunca a irá perdoar.

Rosa pede ajuda a Bruno para espiar o pai. Rosa quer colocar uma escuta no quarto de Tó para saber o que é que ele e Narcisa andam a tramar. Rosa já sabe que Tó foi levantar dinheiro mas ainda não sabe o que pretende fazer com ele. No entanto, acha que pode ser a jogada certa para ficar de vez com a Floriz só para si. Entretanto, Tó chega a casa de Bruno ainda a tempo de encontrar Rosa e estranha a presença dela. Bruno disfarça, dizendo que a tia veio visitá-lo. Mas Rosa, ao vê-lo, tem uma lembrança do cunhado em França, o que a deixa perturbada.

nas redes

pesquisar