SIC

Perfil

De segunda a sexta

69º Episódio - 28 de julho (quinta-feira)

Daniel e Rosa descobrem que a casa foi assaltada e chamam a polícia

Paulo Goulart

Fialho fica incomodado por Rute insistir em continuar a fazer exercício no clube e esquiva-se a acompanhá-la para não ter de conviver em simultâneo com ela e com Piedade. Marcelo conta ao pai que se cruzou com Rosa no hospital e que ela teve uma recordação do pai em que ele lhe aparecia morto. Marcelo lamenta não poder ajudá-la mais na sua recuperação e César comenta que ele está mesmo apanhadinho por ela. Marcelo não esconde o desconforto pelo facto de o irmão estar a par do seu drama sentimental. Rute conta por seu lado que cometeu uma gafe ao convidar Cármen para lhe dar aulas de pintura, pois não sabia que ela era mãe de Daniel. Marcelo desabafa que seria demais convidar a mãe de Daniel para ir lá a casa.

Quando regressa a casa com a família, Daniel começa a reparar que a sala está toda remexida e rapidamente percebe que foram roubados. Rosa, Cármen e Bruno ficam chocados e Narcisa disfarça a tensão, fingindo-se igualmente preocupada com o sucedido. Á medida que percorrem as várias divisões da casa, todos constatam com grande apreensão que as pratas e as jóias desapareceram. Bruno culpa-se por ter deixado aberta a janela do quarto de Sofia mas tanto Daniel como Rosa se apressam a dizer que ele não podia adivinhar que alguém fosse assaltar a casa. Daniel avisa que não devem mexer em nada para que a polícia possa retirar as impressões digitais que eventualmente existam. Narcisa finge-se muito indignada e diz que não mereciam aquilo, principalmente depois de terem organizado uma campanha solidária de ajuda ao próximo. Rosa decreta que têm de chamar a polícia.

Sofia fica surpreendida com o gesto de Tiago que lhe vai levar a casa o plano nutricionista de que ela se esqueceu no clube. O rapaz aproveita para marcar mais pontos junto da ex-namorada e diz que gostou de a ver com Bruno no Aliança. Ela fica um pouco atrapalhada e reconhece que continua a ser a namorada mais ausente e difícil do planeta. Desconfortável, Sofia pede a Tiago para deixarem de falar dela e de Bruno.

A polícia começa a investigar o roubo em casa de Rosa e Daniel. Narcisa, fingida, dá força à ideia de que alguém ouviu que a casa Isa estar vazia porque todos estavam na campanha solidária e planeou muito bem o assalto. Rosa reconhece que foram roubadas muitas peças de valor e que o prejuízo vai ser grande se não as conseguirem encontrar.

Tiago telefona a Narcisa e acusa-a de o ter enganado quando disse que o namoro entre Sofia e Bruno estava a correr mal, pois constatou que eles estão muito bem juntos. Narcisa finge-se ofendida e tenta manipular Tiago dizendo que o que ele viu não é o que parece. O rapaz não fica muito convencido e Narcisa, para acabar com a conversa conta que aquele não é o melhor momento para falarem porque a casa foi assaltada e está tudo num grande reboliço.

Rafael regressa a casa para visitar a mãe pensando que ela está doente mas depressa percebe que o pai lhe mentiu apenas para o fazer voltar. Quando faz menção de se ir embora, Moisés agarra-o e obriga-o a ouvir o que tem para lhe dizer. O pai faz um discurso comovido e faz-lhe ver que se impediu que ele desenhasse foi apenas porque quer que ele tenha uma vida melhor do que ele e a mãe tiveram. Moisés reafirma que vai permitir que ele siga o seu sonho, desde que ele prometa continuar a estudar. Rafael cai em si e aceita a proposta do pai. Maria abraça o filho, feliz e aliviada por o ter de novo em casa.

Depois do assalto, Daniel, Rosa, Cármen e Bruno retomam a vida normal. Daniel avisa que o alarme contra roubo vai ser instalado naquele mesmo dia e Rosa lamenta as coisas que lhes levaram e que tinham grande valor sentimental

Hugo abraça Rafael e decide fazer um jantar para festejarem o seu regresso.

Paula comenta com César que a casa de Rosa foi assaltada e ele fica apreensivo com a notícia.

Lia ajuda Joana a encontrar uma casa mas ela não se mostra muito entusiasmada porque as rendas são todas muito elevadas. Moisés vê-as a conversar e resmunga que elas devem ser pagas à palavra. Lia, responde que ele está sempre maldisposto.

Narcisa estaciona o seu carro e fica agastada porque nesse instante recebe uma chamada de César que a desafia para se encontrarem. O arquitecto diz que ficou preocupado quando soube que a casa tinha sido assaltada e ela apressa o fim da conversa dizendo esperar que a polícia descubra os culpados. Depois de desligar o telefone, Narcisa remexe no pneu sobresselente do carro e no saco em que colocou as coisas que roubou em casa da irmã. Moisés vê o carro de Narcisa parado e vai perguntar-lhe se ela precisa de ajuda, deixando-a em pânico.

Narcisa, tensa pela presença de Moisés, diz que tem de mudar um pneu e agradece a sua ajuda. O motorista faz o serviço e assim que ele se vai embora, Narcisa retira do carro o saco das jóias que roubou em casa de Rosa e vai ao banco alugar um cofre onde as coloca, com um sorriso vitorioso no rosto.

Daniel conta a Tomás que a polícia ainda não tem pistas sobre o paradeiro das jóias que foram roubadas mas que está atenta às movimentações nas casas onde os ladrões podem tentar vendê-las.

Júlia conversa com Sofia sobre o assalto à casa dos pais e na sua inocência de criança dispara que se estivesse lá teria dominado os ladrões. Sofia brinca com a irmã e depois comenta com ela a entrevista que vai dar a propósito da sua ida aos Jogos Olímpicos.

Piedade dá instruções a Tiago para que ele fique a gerir o clube enquanto ela estiver nos Jogos Olímpicos com Sofia e frisa que não quer ser incomodada a resolver problemas porque o seu pensamento só vai estar naquele que é o evento da sua vida e da vida do Aliança, sonhando com a conquista de uma medalha. Tiago comenta que isso é praticamente impossível mas Piedade não concorda. Entretanto, Samuel e Artur aparecem no clube e apresentam Tadeu a Piedade. O rapaz conta a sua história de vida e como o negócio dos ginásios em que se meteu o levaram a assaltar uma joalharia quando ficou sem dinheiro. Depois da entrevista, Piedade confessa a Samuel e Artur que não está em condições de decidir se admite o professor de educação física no ginásio, atendendo ao seu passado, comprometendo-se a conversar mais tarde sobre o assunto.

Rosa mostra-se muito ansiosa por causa de uma apresentação da Floriz que tem de fazer para os representantes de uma distribuidora chinesa. Narcisa incentiva a irmã a não perder a confiança e dispõe-se a apoiá-la na tarefa.

Bárbara confessa a Marcelo o desejo de ter um filho, depois de observar uma jovem grávida. Ele ouve as confissões da colega até ao momento em que recebe uma chamada de Beatriz que pede para se encontrar com ele para conversarem sobre Nuno. O tema da conversa é a mudança de escola do miúdo e Marcelo deixa claro que não concorda, acusando a ex-mulher de tomar decisões à sua revelia. Beatriz não desarma e lembra-lhe que Nuno foi vítima de bullying e que por isso não o quer mais naquela escola.

nas redes

pesquisar