SIC

Perfil

De segunda a sexta

50º Episódio - 05 de julho (terça-feira)

Bruno fica a saber que Narcisa ameaçou Rosa de morte e confronta a mãe; Hugo envolve-se à pancada com João, o rapaz que Lia arranjou para se envolver com Gabi

ana antonio bento

Daniel assume perante Rosa que não se sente bem em ter Marcelo presente nas suas vidas, o pai dele a dar-lhe consultas e o filho como amigo de Júlia. Rosa irrita-se um pouco e tenta fazer-lhe entender que o beijo que trocou com Marcelo aconteceu no momento mais frágil e confuso da sua vida, achando que ele não deve ficar preso àquele erro.

Bruno recusa-se a optar por outro curso que não seja medicina e Sofia insiste em que ele está a viver o sonho da mãe. Sem querer falar do assunto naquele momento, Bruno confessa que já devia ter ido falar com ela, pois não lhe sai da cabeça a imagem dela a ameaçar Rosa com uma faca. Sofia recomenda-lhe que deixe essa conversa para depois do exame.

Fialho dá consulta a Rosa e mostra-lhe fotografias antigas de família, tentando que ela se lembre da vida que tinha. Os seus esforços não têm êxito e Rosa decide mudar de assunto e falar da amizade entre Júlia e Nuno. Pouco à-vontade, Fialho entrega a Rosa o jogo que Nuno enviou para Júlia.

Narcisa não gosta de ouvir Paula reconhecer que já sabia que ela foi a preciosa ajuda de César para ganhar o concurso da Floriz. Paula tenta tirar vantagem da reunião com Narcisa e com Rosa para estabelecerem a forma como vai trabalhar como arquitecta paisagista mas ao pedir um adiantamento para as suas despesas acaba por ser obrigada a mudar-se para um apartamento pequenino em Tomar, ficando desiludida.

Nuno insiste em passar as férias escolares a jogar consola com Júlia e explica à mãe que a amiga é filha de Rosa e como a conheceu. Só que Beatriz não está pelos ajustes e diz logo que não o quer a jogar o tempo todo e entrega-lhe o folheto de actividades do Aliança para crianças. Nuno reage mal e responde que nada daquilo lhe agrada.

Na escola, a vida também não melhora para Nuno que volta a ser atacado por Tomé e Clara, que lhe esvaziam a lancheira.

Bárbara entra no gabinete de Marcelo para se despedir dele antes de viajar para Braga. Marcelo entusiasma-se e tranca a porta começando a seduzi-la com carícias. Quando o ambiente aquece demais, Bárbara liberta-se e diz que não vai acontecer nada. Destranca a porta e desafia-o a ir ter com ela a Braga. Depois vai-se embora deixando Marcelo a arder de desejo.

Samuel, Renata e Artur dividem tarefas para lançarem a agência de emprego. O padre propõe-se procurar um espaço para servir de sede à empresa. Renata encarrega-se da parte tecnológica e diz que eles formam uma grande equipa.

Lia, consegue superar-se e marca um encontro a Gabriela com um homem de nome João, que visitou o perfil dela na aplicação de encontros. Joana acha que a amiga não vai gostar da surpresa.

Efetivamente o encontro corre mal, porque Gabriela não faz a menor ideia de quem é João e ele agarra-a e beija-a, pensando que ela está a fazer-se difícil. Hugo percebe que Gabriela está a ser incomodada e acaba por se envolver à pancada com João quando ela a tenta beijar outra vez. Maria agarra numa pá e põe termo à briga com a ajuda de Rafael, que tenta separá-los. João vai-se embora a dizer que ali são todos malucos e Gabriela abraça-se a Hugo, notando que ele tem sangue na cara e dizendo que vai tratar dele.

Paula fica desiludida com César porque ele lhe recomenda que seja paciente e que aceite viver em Tomar, prometendo que quando também começar a trabalhar na Floriz irá ter com ela à casa que Rosa e Narcisa lhe arranjarem.

César encontra-se com Narcisa numa esplanada e mostra-se muito sedutor, assegurando-lhe que não tem razões para duvidar da discrição e lealdade de Paula. Narcisa lembra que Rosa só poderá saber que eles trabalham juntos quando a impressionarem. Insinuante, Narcisa confessa que se Rosa não fosse casada até gostaria de ser cunhada de Marcelo. César, manipulador, agradece repetidamente o facto de ela estar a ser tão generosa a ponto de ajudar financeiramente a sua família.

Daniel não esconde o entusiasmo com o restauro de uma cómoda antiga na oficina e Sofia diz perceber agora onde herdou a sua veia por se dedicar por paixão ao que faz. Entretanto conta ao pai que Bruno ficou chocado ao saber que a mãe ameaçou Rosa de morte com uma faca e Daniel estranha que ele não soubesse de nada. Sofia afiança que vai ficar atenta a Narcisa e que não vai permitir que ela prejudique o filho. Daniel alerta-a para o facto de já se ter prejudicado com Rosa por desconfiar da irmã dela e teme que mais problemas venham a existir se ela fizer o mesmo. Sofia não desarma e reafirma que vai estar vigilante.

Tomé e Clara voltam a aterrorizar Nuno, a tal ponto que o miúdo faz xixi nas calças e fica a chorar por causa daquela humilhação. Em casa, Beatriz pressiona o filho para que ele conte quem é que lhe anda a fazer mal e Nuno, em lágrimas, acaba por confessar que está a ser vítima de bullying.

Rosa entrega a Júlia o jogo que Nuno lhe enviou através de Fialho e Daniel fica cheio de ciumes. Bruno, regressa a casa e pede a Narcisa para lhe falar em particular. A mãe fica preocupada a pensar que o exame que ele foi fazer correu mal mas rapidamente percebe que o problema é maior. Bruno confronta a mãe com a ameaça de morte que fez à tia e acusa-a de esconder um segredo muito mais grave do que esse, perguntando-lhe directamente o que é que ela fez a Rosa de tão grave que não quer que se saiba. Narcisa fica em pânico com a insistência do filho.

nas redes

pesquisar