SIC

Perfil

De segunda a sexta

11º Episódio - 20 de maio (sexta-feira)

Hugo envolve-se com Sílvia e quase que é apanhado por Lia; O padre Samuel conta a Rosa que antes do acidente lhe confessou que odiava Narcisa mas que não lhe explicou porquê

Christian Gnad

Sofia ralha com Júlia porque a irmã lhe encheu o computador de vírus mas apesar de ficar zangada promete ao pai ter paciência com ela. Daniel estranha que Rosa ainda não tenha chegado a casa e desabafa com Cármen, constatando que a vida familiar está cada vez mais afetada com o facto de Rosa não ter ainda recuperado a memória.

Fialho insiste com Marcelo para perceber se ele sente alguma coisa por Rosa mas desiste da conversa depois de o filho negar com indignação qualquer interesse na paciente, para além do interesse profissional.

César resmunga depois de ter começado a trabalhar como agente imobiliário, queixando-se de que vai ganhar uma ninharia. Marcelo, irritado com o irmão lembra-lhe que a prioridade da família é pagar as contas. Fialho desperta dos seus pensamentos e assume que vai aceitar tratar Rosa, regressando assim à sua actividade como neuropsicólogo. Marcelo não vê com bons olhos que o pai deixe de estar reformado para os ajudar a pagar as dívidas. Rute recomenda a César que tenha paciência.

Rosa recebe com agrado a chamada de Fialho a avisar que aceita ser seu terapeuta e Daniel lamenta que ela não lhe tenha contado que ia a uma consulta, porque gostava de a ter acompanhado. Entretanto, Rosa toma conhecimento de que o marido tem um projecto social de apoio a crianças abandonadas e para seu grande contentamento aceita ir com ele distribuir os brinquedos e roupas que angariaram. Narcisa diz a Rosa que vai ser estranho ter de ir para a empresa sem ela, mas a irmã confia plenamente na sua capacidade, agradecendo toda a ajuda que ela lhe está a dar.

Rosa fica muito bem impressionada com Daniel ao vê-lo brincar com as crianças da instituição mas admirada por saber que um dos meninos foi separado dos irmãos que já foram adoptados. Tomás chega à instituição e fica atrapalhado porque Rosa o cumprimenta formalmente sem o reconhecer. Cármen explica, algo constrangida, que ele é irmão de Marisa.

Marisa diz a Beatriz que vai organizar a festa de Nuno mas a amiga prefere ser ela a tratar de tudo.

Rui chega ao clube para a aula que vai fazer com Samuel e Fialho e conta aos amigos com grande entusiasmo que a filha, Renata, decidiu vir visitá-lo. Samuel sugere-lhe que aproveite para lhe falar da vinda definitiva para Lisboa, mas Rui não quer que a filha se sinta obrigada a regressar.

Rosa aceita o convite de Daniel para visitar a sua oficina e durante a conversa com Tomás fica a saber que este perdeu a mulher num acidente. Rosa transfere o sentimento de Tomás para Daniel, adivinhando o sofrimento do marido por a ter perdido.

Narcisa telefona a Bruno para saber como lhe correu o teste mas ele diz que só o vai fazer à tarde. A mãe exige-lhe que se esmere, pois já anda na empresa a descobrir o que podem amealhar. Bruno lembra-lhe a dívida às finanças e Narcisa fica muito irritada, garantindo que vai resolver tudo. Nesse instante, Maria aproxima-se e por momentos ficam as duas a falar sobre os filhos. Mudando de assunto, Maria garante a sua lealdade a Narcisa, já que Rosa confia nela.

Hugo seduz Sílvia para ir até sua casa mas Gabriela ouve a conversa e avisa-o de que se continua a trair Lia lhe irá contar o que ele anda a fazer.

Lia conta a Joana que vai mandar um presente a Hugo por Moisés mas o motorista acaba por se esquecer do embrulho, deixando-a irritada e a achar que ele fez de propósito.

Hugo conta a Rafael que vai dar uma festa privada e quando a conversa aquece Maria repreende-os dizendo que não quer ordinarices. Moisés previne Hugo que se esqueceu do presente que Lia queria que ele lhe entregasse. Rafael brinca e dispara que Hugo já vai ter presentes que cheguem nessa noite.

No anexo, Hugo namora com Sílvia enquanto esperam que chegue o jantar que ele encomendou. A noite tórrida é interrompida mas com a chegada de Lia que decidiu ir entregar ao namorado o presente que tem para ele. Hugo, muito aflito, é obrigado a esconder Sílvia na casa de banho e impede Lia de lá ir para vestir a lingerie sensual que comprou para lhe agradar, levando-a a jantar fora.

Rosa regressa a casa com Daniel e Cármen e Narcisa fica tensa ao perceber que ela gostou da visita que fez com o marido e a sogra à instituição de crianças abandonadas e à oficina dele. Narcisa mostra à irmã os documentos que trouxe da Floriz mas tem o cuidado de deixar visível a notificação da dívida às finanças. Rosa vê a carta e prontifica-se imediatamente a pagar a dívida. Narcisa faz-se difícil mas acaba por aceitar, escondendo que era exatamente isso que pretendia.

Daniel conversa com Cármen, visivelmente animado e confiante na recuperação de Rosa, depois do dia que passaram juntos.

Marcelo fica impaciente com Beatriz porque ela se recusa a permitir que a festa de aniversário de Nuno seja num parque aquático.

Rosa conversa com Samuel e confessa que não se lembra de Daniel mas que ao passar o dia inteiro com ele e ao constatar que o marido restaura móveis, ajuda crianças abandonadas, vai às instituições e brinca com elas, concluiu que ele é um homem decente. Rosa, apesar disso, assume que quer continuar a ver Marcelo porque o médico é o único homem que a faz sentir-se bem. O padre lembra-lhe que é uma mulher casada e que Daniel continua a amá-la, aconselhando-a a dar uma oportunidade para que volte a apaixonar-se de novo pelo marido. Rosa diz que Narcisa também constitui uma referência para si e Samuel lembra-lhe que lhe confessou no passado que odiava a irmã porque ela tinha feito uma coisa horrível que a afetou para toda a vida e que por isso cortou ralações com ela. Rosa fica muito perturbada com o que ouve.

nas redes

pesquisar