SIC

Perfil

De segunda a sexta

9º Episódio - 18 de maio (quarta-feira)

Rosa decide que Narcisa será o seu braço direito na Floriz, deixando todos em estado de choque!

ana antonio bento

Piedade trava conhecimento com Nando no hostel e contrata-o para lhe mostrar as novidades da ilha da Madeira antes do encontro que tem marcado para mais tarde.

Tiago conta a Marisa e Beatriz que Piedade decidiu ir à Madeira, sem saber o que a mãe foi fazer. Marisa brinca com a situação e avança com a hipótese de ela ter uma escapadinha tórrida. Tiago muda de assunto quando Beatriz os deixa a sós e pergunta a Marisa se não achou que Sofia e Bruno estavam demasiado amigos. Marisa dispara que ele está é com ciumes e lembra que se há coisa que as mulheres detestam são inseguranças e paranóias, avisando que isso dá cabo das relações.

Sofia apressa Bruno para irem ao Centro de Saúde lembrando-lhe que não quer chegar atrasada ao treino. Narcisa decide intervir e dizer que afinal leva ela o filho, pois não querem dar trabalho. No entanto, acaba por desistir da ideia e ficar com Rosa para evitar que seja Daniel a levá-la à Floriz. A sós com a irmã, Narcisa entrega-lhe o papel com o número de telefone que ela lhe tinha pedido e encaminha-se com ela para a porta, para irem visitar a empresa. Rosa entrega a chave do seu carro a Narcisa para que o conduza. Ela fica impressionada com a beleza do carro.

Marcelo conta ao pai que Rosa o beijou e Fialho, a dada altura da conversa, pergunta-lhe se ele também não está a sentir nada por ela. Marcelo rejeita de imediato aquela ideia, recusando igualmente que possa estar a ter um comportamento menos ético. Rute vem da rua e tanto Fialho como Marcelo estranham que ela não esteja mais triste do que seria imaginável com a mudança de casa. Ela responde que o futuro é para a frente e não no passado.

César fica destroçado e furioso depois de Hélder decretar que o negócio que tinha em vista já não se vai realizar porque os investidores chineses desistiram de construir os apartamentos que ele tinha desenhado. Depois de Hélder sair de casa de César aparece Paula que estava na entrada do prédio à espera que a conversa acabasse. César conta que foi tudo por água abaixo e recomenda-lhe de novo que volte para a Madeira. Paula irrita-se e insiste que não volta para a terra, convicta de que vai arranjar emprego no café da Floriz.

Maria dá instruções a Moisés que carrega caixas de flores. O marido avista Rosa a chegar às estufas com Narcisa. Maria precipita-se para Rosa e emociona-se quando lhe dá as boas vindas. Rosa é cordial mas revela-se incomodada por não conseguir reconhecer ninguém. Maria fica ofendida por Narcisa a tratar como uma mera funcionária e vinca que é a chefe do pessoal. Depois de as irmãs se afastarem, Maria desabafa com Moisés que não gosta nada de Narcisa. O marido diz-lhe que trabalha, pois estão ali para receberem um salário e não para fazerem amigos.

A visita de Rosa às estufas prossegue junto de Hugo e Gabriela que lhe recordam quem são e o que fazem. Gabriela lembra que falta apenas Lia, que ela enviou há pouco tempo para a loja da Floriz.

Paula entra na loja da Floriz de mala de viagem na mão e suplica a Lia que fale com a patroa para ver se lhe arranja emprego, confessando que ela é a sua última oportunidade. Lia liga para as estufas mas Rosa pede a Narcisa que trate do assunto por ela, pois não sabe o que dizer. Depois do telefonema, Narcisa anuncia que está tudo tratado.

Nando conta a Piedade que ainda não tem o seu hostel porque uma pessoa de família lhe pediu as poupanças emprestadas, foi para Lisboa e nunca mais as devolveu. A presidente do Aliança fica indignada mas as lapas que come acabam por lhe atenuar a raiva. Entretanto, recebe um telefonema e combina encontrar-se com a pessoa. Depois despede-se de Nando que a olha com agrado.

Depois da aula de fitness, Beatriz garante a Marisa que consta no clube que Piedade tem alguém na sua vida já há alguns meses e a amiga fica excitada com a intriga.

Piedade dá o melhor de si para contratar Telmo, considerado por muitos como a revelação do atletismo madeirense. O rapaz diz que esperava uma proposta mais elevada mas a presidente do Aliança tenta convencê-lo de que o dinheiro não é tudo.

Tiago fica muito descontente quando telefona a Sofia e quem atende é Bruno, que explica que ela está a treinar e que deixou o telemóvel consigo. Tiago pede a Bruno que diga a Sofia para lhe ligar de volta. Quando Bruno dá o recado mostra-se convencido de que Tiago ficou chateado por ele estar ali com ela mas Sofia diz que isso é impressão dele.

Narcisa aproveita a fragilidade de Rosa para levantar suspeitas sobre Maria, dizendo que não acha que ela seja de confiança.

Chega o momento em que Rute e Fialho têm de se despedir da sua casa. Ela não aguenta mais o desgosto e desaba a chorar no ombro do marido.

Daniel desabafa com Tomás e mostra-se inconformado por estar a dormir no quarto da filha Júlia por Rosa não querer dormir com ele.

Maria conversa com Rafael e Moisés enquanto prepara o jantar e não tem duvidas em afirmar que Narcisa não presta e é uma erva daninha, ansiando pelas melhoras de Rosa para que ela se vá embora. O marido acha que ela não tem razão mas Maria lembra que Rosa nunca disse a ninguém, nem sequer a Daniel que tinha uma irmã.

Depois de visitar a sua empresa, Rosa regressa a casa e anuncia a toda a família que quer que a partir de agora Narcisa seja o seu braço direito na Floriz. Daniel, Cármen, Júlia e Sofia ficam perplexos com a decisão de Rosa.

Rosa assume perante a família que tomou a decisão de tornar Narcisa o seu braço direito na empresa. Daniel ainda tenta argumentar que Narcisa não possui a experiência e o currículo necessários mas Rosa mantém-se irredutível e lembra que ela e a irmã trabalharam juntas no negócio das flores e que ela está habilitada para o lugar. Cármen respeita a escolha de Rosa e Júlia questiona se a tia vai ficar a viver com eles. Narcisa afirma que Rosa é o mais importante e responde que está disposta a permanecer ao lado dela até que a irmã melhore. Já Sofia, preocupa-se em saber o que acontecerá com Bruno e Rosa decreta que ele irá ao Algarve concluir os estudos mas que regressará no fim-de-semana para junto da família. O miúdo vai olhando para a mãe, incrédulo com a desfaçatez de Narcisa.

Enquanto arrumam o quarto, Sofia partilha com Júlia a sua desconfiança sobre Narcisa, ao mesmo tempo que elogia as qualidades de Bruno.

Tiago telefona a Sofia para matar saudades mas principalmente para controlar o seu relacionamento com Bruno. Fica mais tranquilo quando a namorada conta que Bruno vai regressar a Olhão no dia seguinte e convida-a para estarem juntos. Sofia pergunta a Tiago se a mãe já voltou da Madeira e ele responde que não, mas que desconfia do que ela anda a tramar.

nas redes

pesquisar