SIC

Perfil

De segunda a sexta

César Barros

Gonçalo Diniz

ana antonio bento

IDADE: 40 anos

MÚSICA DA MINHA VIDA: “Power”, de Kanye West, devido ao apelo megalómano e à confiança que transmite

FILME INESQUECÍVEL: “O Padrinho”, pela lição de liderança

COMIDA PREFERIDA: Risotto de cogumelos com camarão, sobretudo no 100 Maneiras, de preferência pela mão do chef Ljubomir

ODEIO: Qualquer prato que envolva salsichas, o “fundo do poço” da cadeia alimentar refinada

O MEU LEMA É: "QUEM ACHA QUE NÃO PODE TER TUDO, QUER POUCO". Raramente falho. Mas quando acontece, o efeito é tão grandioso quanto a minha vontade de vencer sem esforço. Sim, foi o mau negócio que fiz e o descuido do trolha fantasma que levou a minha empresa e a família à falência. Mas nunca vou admitir isto. Depois deste falhanço único, mas épico, tornei-me agente imobiliário. Só que não quero vender casas. Quero ter casas. Na praia, no campo, na cidade… em todo o lado. A arquiteta Paula, com quem gosto de dar umas voltas de vez em quando (sem compromisso, como faço sempre questão de dizer…), vai ajudar-me a encontrar o meu bilhete dourado: a Floriz. Quando descobrir o potencial que a empresa pode ter na minha conta bancária, vou aproximar-me da Rosa. O meu charme e corpo irresistíveis ficavam-lhe melhor do que os bons princípios do Marcelo. Só que a amnésia tirou-lhe o poder. A Narcisa é o alvo a atingir, mas não vai ser tão fácil como pensei. É dura e está em hibernação sexual há 10 anos. Mas em 40 que tenho de vida, nenhuma mulher me resistiu. Isso também não vai acontecer com a Narcisa. E quando esse dia chegar, a casa dos Severo vai ter um novo magnata na calha de apelido Barros.

OBJETIVO: Reformar-me aos 40, rico

nas redes

pesquisar