SIC

Perfil

Luísa planeia sair do país com Gonçalo!

Luísa quer ir viver para Londres com o irmão durante uns tempos até Zé Maria desistir de perfilhar Gonçalo

José Maria entra, sem autorização, novamente na quinta e destabiliza Marina e a sua família. Avisa que vai avançar com um processo em tribunal para obrigar Gonçalo a fazer o teste de ADN.

Gonçalo tenta fazer-se forte e tenta enfrentá-lo sozinho, na cozinha, mas José Maria manipula-o e deita-o abaixo ao ponto de este ter uma recaída e fugir para o pomar com uma garrafa de vinho.

Depois de José Maria sair, todos procuram Gonçalo mas ninguém o encontra.

(...)

Ao fim de algum tempo, Alfredo encontra Gonçalo embriagado. Marina e Luísa ficam muito aflitas ao ver que este voltou a beber. Marina sente-se muito culpada ao ver o filho naquele estado. Para Gonçalo é muito difícil viver com a possibilidade de ser filho de José Maria e tem consciência de que este o vai obrigar a fazer o teste de ADN.

(...)

Dinis tenta sensibilizar Marina e Luísa de que não vão poder impedir José Maria de fazer o teste de paternidade. Luísa fica pensativa e passados uns minutos avisa que vai sair.

Luísa entra de rompante, no clube de ténis e pergunta quanto é que José Maria quer para desaparecer para sempre da vida da sua família, deixando-o atónito. De seguida, este finge-se ofendido e recusa que Gonçalo tenha um preço e afirma que quer assumir a sua paternidade.

(...)

Na quinta, Gonçalo mostra-se arrependido por ter fraquejado. Luísa dá força ao irmão e nota que este fica mais animado sempre que Inês o visita. Confessa-lhe que ofereceu dinheiro a José Maria para este desaparecer das suas vidas e que é certo que este tem algum interesse em querer assumir a paternidade.

(...)

Ao pequeno-almoço, Matilde entrega um envelope a Marina que acabaram de entregar, é a notificação para Gonçalo se apresentar no tribunal, na semana seguinte. Luísa e Marina ficam preocupadas com a reação de Gonçalo e Luísa acha que o irmão deve saber toda a verdade.

Dinis confronta Luísa com a tentativa de suborno que fez a José Maria e tem receio de que este a acuse disso, em tribunal. Esta não percebe como é que Dinis ainda ouve aquele homem mas recusam-se a discutir por causa dele.

Marina leva Jacinta para o escritório e partilha que José Maria quer ser pai de Gonçalo, à força, e pergunta-lhe, sem demoras, se o mercúrio está a fazer efeito e quanto tempo vai demorar a matá-lo. Precisa de se livrar de José Maria o quanto antes.

Jacinta lamenta e afirma que o processo de envenenamento será demorado e que Gonçalo terá de ir à audiência.

(...)

Luísa planeia levar Gonçalo para fora do país para o proteger da situação do tribunal.

Luísa entrega a notificação do tribunal a Gonçalo e revela ao irmão o seu plano de sair de Portugal, por uns meses. Este fica incomodado mas acaba por aceitar, na condição de falar com Inês para não a deixar pendurada, novamente. Luísa pede-lhe que faça tudo em segredo e também só vai contar a Dinis no último momento.

Inês fica desiludida com a partida inesperada de Gonçalo para Londres mas percebe as suas razões. Gonçalo garante que não a vai esquecer, é uma situação provisória e só quer fortalecer-se para voltar em grande e com capacidade para enfrentar tudo e todos. Beijam-se apaixonados.

Luísa comunica a Marina que já tem tudo preparado para levar Gonçalo para Londres. A mãe fica irritada por esta lhe dar a informação como um dado consumado e por não ter grande voto na matéria e não gosta da ideia de que os filhos se vão embora.

Acaba por se descair em relação a José Maria estar prestes a morrer. Luísa admite que já sabe dessa história e fica admirada por a mãe estar envolvida nisso com Jacinta. Ambas concordam que José Maria tem de desaparecer mas Luísa discorda de homicídio.

nas redes

pesquisar