SIC

Perfil

182º Episódio - 18 de janeiro (segunda-feira)

Miguel ataca Homero por causa do dinheiro de Lídia!

ana antonio bento

Na cantina, Homero desabafa com Amélia sobre o que está a acontecer com Miguel e teme o que possa acontecer se Lídia contar a verdade. Amélia consola-o e este ainda se desculpa perante ela por não ter conseguido demover José Maria do seu plano em relação a Gonçalo.

Miguel volta para dentro de casa mais calmo e faz muitas perguntas a Lídia. Esta explica que teve receio de ser rejeitada por ele e que foi deixando o tempo passar e cada vez se tornou mais difícil de chegar a ele. Depois afirma que deu grandes somas de dinheiro a Homero para garantir que Miguel tivesse a melhor educação possível e Miguel constata que não teve acesso a nada de especial. Lidia garante que entregou o dinheiro a Homero e para provar dá-lhe um dossier com os comprovativos.

Miguel percebe que foi roubado e enganado pelo próprio pai e sai porta fora.

José Maria vai até ao palacete e finge-se preocupado com Homero e faz perguntas a Olga. Sem que esta repare, agarra numas chaves, planeando entrar lá sem ser visto.

Em casa de António, este é interrogado pela Inspetora Joana. Nega saber o paradeiro do filho e Rosa também afirma não saber nada. Rosa afirma mesmo que nem o próprio Manuel sabia para onde ir quando fugiu, deparou-se com a ocasião e aproveitou-a.

Depois de Inês sair de casa, José Maria entra no palacete. Entra no quarto de Homero e observa cada canto e cada sítio mais escondido até que acaba por encontrar uma caixa com maços de notas e cinco libras de ouro. Abre o saco e tira-as de lá e sorri satisfeito. Nesse momento, ouve a voz de Homero que acaba de entrar.

Este fica surpreendido de o ver ali e queixa-se da opção de Miguel ir viver com Lídia. José Maria, cínico, interroga o pai e confronta-o com a falta de condições que Miguel tem ao viver consigo ali. Homero não consegue responder, está demasiado abatido. Antes de sair, José Maria lança um olhar de ódio a Homero.

Numa rua degradada, Jacinta encontra-se com um traficante, amigo de Ivone, sua parceira de cela na prisão. Este vende-lhe uma arma. Depois de ter a arma na mão, Jacinta afasta-se, apressada.

Na quinta, Dinis entrega uma pasta e o computador portátil a Marina e despede-se definitivamente dela, de Gonçalo e da Chão de Portugal. Tanto Marina como Gonçalo lamentam que se vá embora e que as coisas entre ele e Luísa tenham acabado mal. Dinis faz-se de forte e despede-se rapidamente.

Ao sair, Dinis cruza-se com Luísa e comunica-lhe que é o seu ultimo dia ali. Luísa fica de lágrimas nos olhos a vê-lo ir embora.

Miguel entra de rompante no palacete e confronta Homero com tudo o que Lídia lhe contou. Homero vai negando as várias mentiras que Miguel afirma serem verdade e tenta explicar-se, dizendo que fez o melhor que pode para o defender de uma mãe louca e perigosa. Miguel farta-se e empurra Homero contra a parede, agarrando-o pelo colarinho. Exige que este lhe devolva o seu dinheiro todo.

Lídia está muito nervosa, enquanto tenta ligar a Miguel mas este não atende o telefone. Quer desesperadamente que o filho a aceite. Decidida, ordena ao motorista Maia que vá buscar Miguel mesmo contra a sua vontade.

Miguel continua a empurrar Homero contra a parede e este começa a ficar sem ar. Fora de si, liberta o pai e acusa-o de o ter roubado e de lhe ter escondido a mãe. Faz-lhe um ultimato, ou Homero lhe paga rapidamente o dinheiro que recebeu de Lídia, ou Miguel dá-lhe cabo da vida.

nas redes

pesquisar