SIC

Perfil

180º Episódio - 15 de janeiro (sexta-feira)

Homero confessa a Zé Maria que sabe toda a verdade e chama-o de "Canalha"; Luísa conversa com Alexandre e conhece a mãe dele

Christian Gnad

A sós com o filho, Homero barafusta com Miguel por abandoná-lo e por escolher viver com uma mulher como Lídia. Não tem coragem para lhe contar a verdade e Miguel deixa o pai a falar sozinho.

Alexandre, entra em casa, desesperado com a conversa de Marina e assegura à mãe que tratará sempre dela e que nada lhe faltará.

Marina, por sua vez, conversa com os filhos. Consola Gonçalo que está nervoso com o resultado do teste de ADN e conta como correu a conversa com Alexandre. Assegura que só lhe fez uma oferta por respeito à memória de Emídio e que irá aguardar a resposta de Alexandre para decidir o que fazer a seguir.

José Maria entra em casa de Jacinta e continua a maltratá-la. Esta reage e pede-lhe que a deixe em paz e a Dinis. Jacinta insinua que José Maria não precisa de ser sustentado por ela porque Homero tem dinheiro, ao contrário do que parece.

Violeta bebe café com Dinis no Rocha’s. Ficou incomodada com o facto de Luísa os ter supreendido juntos e não quer que ela pense que há alguma coisa entre eles.

Miguel entra e vê Violeta. Dirige-se a ela e dá-lhe um beijo rápido na bochecha, fazendo-se assim notar. Quando percebe que Violeta está acompanhada de Dinis, sai irritado do salão de jogos.

Miguel entra de rompante no palacete e queixa-se a Homero que contava incondicionalmente com o pai e com Violeta e nenhum dos dois o apoia na sua ligação a Lídia. Homero convida o filho a pensar melhor nas escolhas que está a fazer e relembra-o de que não conhece Lídia assim tão bem.

Em sua casa, António critica e rejeita a manifestação que estão a organizar a favor de Manuel. Este ressente-se com o pai e acusa-o de ser orgulhoso e de não deixar ninguém ajudá-lo. Dá mais valor à honra do que ao amor que devia ter por ele. António mostra-se frio e indiferente à mágoa do filho.

Em casa, Mónica observa o seu anel. Julião aproxima-se dela e aproveitando que Bruna e David não estão em casa, quer fazer amor com ela. Esta arranja, uma vez mais, uma desculpa para não fazer nada e vai para o quarto, dormir.

David aproveita a manifestação para vender fatos de Pai Natal que tinha a mais em stock. Bruna fica irritada com o seu oportunismo.

Ao fechar da cantina, Cila repara que Olga está cansada e manda-a embora, assegurando que ela acabará o que há para fazer. Depois de Olga ir embora, Henrique aparece de supresa com um ramo de flores. Pede-lhe que reconsidere e que volte para ele. Cila não aguenta mais e agarra-se a ele, aos beijos.

Valquíria conta a Virgínia que fez uma proposta de compra do clube de ténis a José Maria e a irmã fica estarrecida a olhar para ela. Valquíria garante que há de arranjar uma solução.

Na quinta, Matilde comunica a Luísa que Alexandre está ali novamente a pedir para falar com Marina. Como esta não está, Luísa assume a posição da mãe e conversa com ele. Alexandre mostra-lhe vários documentos, incluindo o contrato feito por Emídio, a papelada do acidente da sua mãe. Explica que Emídio os procurou a seguir ao acidente e que assumiu a responsabilidade mas fez as coisas de maneira a fugir à justiça. Alexandre conta ainda a Luísa que Emídio foi a tribunal servir de testemunha e pergunta-lhe se não acha estranho que este não tenha contado nada à familia.

Luísa não sabe no que há de acreditar e até questiona que a mãe de Alexandre esteja mesmo incapacitada. Perante isto, Alexandre, convida-a a vir conhecer a sua mãe.

José Maria procura Homero no palacete e questiona o pai sobre os bens e o dinheiro que este possa ter. Homero nega ter alguma coisa escondida e José Maria dá a entender ao pai que irá continuar a história da paternidade de Gonçalo. Homero apercebe-se que para José Maria herdar alguma coisa, Gonçalo terá de morrer. Chama canalha ao filho por ser capaz de matar alguém por dinheiro.

Jacinta telefona à sua companheira de cela da prisão a pedir-lhe um favor.

nas redes

pesquisar