SIC

Perfil

176º Episódio - 11 de janeiro (segunda-feira)

Gonçalo não é filho de Zé Maria!

ana antonio bento

Na manhã seguinte, Virgínia toma café com Alfredo na cozinha da quinta e repreende o cunhado por ter exposto Valquíria daquela forma e relembra-o que os erros do passado da irmã em nada prejudicaram a família, ao contrário, do seu vício no jogo que criou problemas graves a todos. Alfredo, envergonhado, acaba com a conversa e Virgínia vai embora.

Valquíria explica a Cila o que a levou a fazer aqueles filmes e a filha, ao contrário do que esta esperava, mostra-se solidária e compreensiva. Até acha graça que a sua própria mãe tenha feito filmes pornográficos e considera isso contratidório com a atitude moralista que Valquíria sempre teve. Esta explica que foi crescendo e amadurecendo e que depois de ser mãe mudou por querer sempre o melhor para os filhos. Rúben entra em casa e recusa-se a falar com a mãe, deixando-a desolada. Cila abraça a mãe e, nesse momento, Valquíria repara no novo estilo de roupa de Cila. Esta mente à mãe dizendo que foi ela a escolher a roupa nova.

Amélia e Homero reunem-se com o ex-marido de Lídia no seu escritório. Explicam-lhe toda a situação do passado e contam-lhe que esta se aproximou de Miguel, sem que este saiba que é seu filho. Homero explica que teme que Lídia continue a ser uma pessoa instável e que isso possa prejudicar o filho. Perante isto, o ex-marido de Lídia sente-se na obrigação de contar tudo o que passou com ela, teve de a internar várias vezes e considera-a um caso perdido. Por fim, confessa que teve um filho com ela que morreu com um mês de vida, na banheira. Apesar de supostamente ter sido um acidente, este está convicto de que foi Lídia quem assassinou o próprio filho. Homero e Amélia ficam em choque.

Miguel acorda em casa de Lídia e prepara-se para dar um passeio sozinho para espairecer antes do pequeno-almoço. Estranha a atitude controladora e manipuladora de Maia e de Lídia. Este percebe que Miguel está a ficar desconfortável e recua.

José Maria prepara-se para sair. Graças ao telefonema de Jacinta, Marina chamou-o à quinta para conversar. Jacinta, nervosa, quer saber onde está Dinis e José Maria promete que não lhe fará mal nenhum se esta continuar a obedecer-lhe.

Num descampado, os homens encapuzados recebem indicações de José Maria para libertar Dinis. Este, confuso, não percebe nada do que lhe está a acontecer.

Na quinta, Marina recebe José Maria, propõe-lhe que desista do processo de paternidade e ela deixará que ele fique com todos os bens que lhe ofereceu durante o tempo que esteve com ele. Este finge-se ofendido com a oferta e mostra intenção de levar o processo de paternidade até ao fim. Sai, deixando Gonçalo e Marina desiludidos.

Gonçalo dirige-se à cozinha e enche um copo com vinho. Acaba por deitar fora o vinho fora no lava-loiças, perante o alívio de Marina que, por momentos, pensou que o filho tinha tido uma recaída. Gonçalo faz menção de sair de casa e Marina implora-lhe que não faça nenhum disparate.

Luísa surpreende Amélia e Homero a entrarem juntos na cantina e estranha essa cumplicidade, tendo em conta que esta é mais defensora do pacto de vingança a José Maria. Amélia explica que não tem nada contra Homero e que lhe deu uma pequena ajuda.

No clube de ténis, José Maria recebe no e-mail o teste de paternidade e fica a saber que não é pai de Gonçalo. Homero visita o filho e interroga-o sobre o paradeiro de Dinis e este recusa-se a dizer o que quer que seja. Homero tenta também convencê-lo a desistir de fazer mal à família de Marina mas José Maria convida o pai a ir-se embora pois está farto de o ouvir.

No salão de jogos, Cila e Henrique cruzam-se com Violeta que fica muito desconfortável. Henrique não tira os olhos de Violeta e Cila irrita-se com isso. Tira o colar que este lhe deu e sai a correr.

Perante o olhar embevecido do primo, Violeta perde o controlo e levanta-se e começa a falar alto para humilhá-lo. Chama-lhe nojento e Henrique começa a ficar muito incomodado. Não aguenta mais a vergonha e sai.

Julião confidencia a David que Mónica nunca mais quis fazer amor consigo desde que casaram. Pede ao genro que o ajude a arranjar um anel barato que pareça caro para que Mónica cumpra os seus deveres de esposa. David assente em ajudar o sogro.

Cila entra em casa, furiosa e magoada, e pega na sua roupa antiga para mudar. Henrique bate-lhe à porta e pede-lhe desculpa mas esta não cede à sua manipulação e mesmo quando este tenta agarrá-la à força, Cila manda-o embora.

nas redes

pesquisar