SIC

Perfil

167º Episódio - 29 de dezembro (terça-feira)

Manuel volta para casa com pulseira eletrónica; Violeta incendeia o carro de Miguel

ana antonio bento

Bruna prepara-se para sair com Mónica e David fica irritado com isso. Aproveitando que a mulher vai à casa de banho, David diz a Mónica que esta só casou por interesse e que não vale nada. Mónica sorri-lhe vitoriosa porque tanto Bruna como Julião a aceitam e é isso que importa.

Rúben liga a Amélia para a avisar de que Homero está na cantina, a ajudar a servir refeições, e pensa que seria bom esta ir até lá para conversar com o seu pai. Amélia irrita-se por Rúben continuar a meter-se na sua vida.

Ao fim de algum tempo, Alfredo encontra Gonçalo embriagado. Marina e Luísa ficam muito aflitas ao ver que este voltou a beber. Marina sente-se muito culpada ao ver o filho naquele estado. Para Gonçalo é muito difícil viver com a possibilidade de ser filho de José Maria e tem consciência de que este o vai obrigar a fazer o teste de ADN.

Olga procura Jacinta em sua casa mas esta não lhe abre a porta. Fica muito incomodada, mas tem medo das consequências. Olga, preocupada, telefona a José Maria a perguntar por Jacinta e este despacha-a ao telefone.

No clube de ténis, Virgínia alerta José Maria para o facto de terem cada vez menos pessoas a frequentar as aulas. Este acha que é melhor assim e que vão ter um novo tipo de pessoas a frequentar o clube.

Manuel volta para casa mas vai ficar em prisão domiciliária. Colocam-lhe uma pulseira eletrónica no tornozelo, será assim até ser julgado. António fica preocupado quando percebe que o filho não poderá ir trabalhar e Manuel admite, finalmente, ao pai que está sem emprego. António revolta-se por Manuel lhe ter mentido e escondido tanta coisa e diz-lhe que sente vergonha e desilusão.

Salomão procura Inês para lhe dizer que está apaixonado e que quer assumir um compromisso com ela. Esta fica em choque, não pode namorar com ele porque o pressuposto era ser uma relação livre e admite que esteve com Gonçalo. Salomão fica muito desiludido e vai embora.

Violeta rejeita Miguel por este não a ter defendido nem apoiado, em casa de Lídia. Este garante que a ama e está a fazer tudo pelos dois e pede-lhe mais uns dias mas esta expulsa-o de sua casa. Fica a vê-lo afastar-se, destruída e revoltada.

De seguida, Violeta vai à loja chinesa comprar fósforos. Entretanto, Bruna e Mónica regressam e arrumam as coisas que compraram na área do cabeleireiro de Mónica. David reage mal porque Mónica está a ganhar espaço na loja, contra a sua vontade.

Vítor felicita Julião por continuar casado com Mónica. David chega, indignado, e avisa Julião de que Mónica vai estragar-lhes a vida e quer mandar em tudo mas Julião já não quer ver-se livre dela porque Bruna aceitou o casamento.

Manuel explica a Rosa que foi apanhado pela polícia porque acreditou na história da menina com cancro, que nunca existiu. Fica desesperado quando esta lhe conta que também levaram o dinheiro que tinha guardado na máquina de jogos. Preso em casa, sem trabalho, sem dinheiro e com o pai furioso consigo, Manuel sente-se derrotado.

Dinis tenta sensibilizar Marina e Luísa de que não vão poder impedir José Maria de fazer o teste de paternidade. Luísa fica pensativa e passados uns minutos avisa que vai sair.

Violeta vai ao palacete avisar Miguel de que o seu carro está a arder. Miguel fica estarrecido quando percebe que esta pegou fogo ao seu carro. Esta vira costas, mas antes, diz-lhe que comparado com o que ele lhe fez é pouco.

Miguel vê o seu carro a arder e pede para que chamem os bombeiros. Violeta ri-se e afirma que a perdeu e que, um dia, há de ficar sem nada porque é um fraco.

nas redes

pesquisar