SIC

Perfil

161º Episódio - 20 de dezembro (domingo)

Miguel apanha Zé Maria e Lídia aos beijos

ana antonio bento

Miguel conta a Homero que perdeu as duas mulheres que lhe interessavam, Violeta e Lídia. Este suspira de alívio e tenta consolar o filho. Até o aconselha a lutar por Violeta mas Miguel sai porta fora para resolver a situação com Lídia.

Lídia e José Maria encontram-se, de novo, na casa de praia e bebem cocktails animados e olham-se, sedutores. Miguel entra no edifício da casa de Lídia e surpreende-os no momento em que José Maria beija Lídia. Miguel fica em choque e estes ficam comprometidos com a sua presença ali. Ressabiado, bate palmas ao que acabou de presenciar.

Lídia tenta justificar-se e afirma que José Maria se excedeu.

Miguel revolta-se com o irmão e diz-lhe que este não vale mesmo nada. Sente-se traído por ambos e sai furioso. Lídia, desesperada por perder a confiança do filho, manda José Maria desaparecer dali e pede-lhe que a esqueça.

Salomão janta com Luísa e Dinis, em sua casa. Falam sobre a possibilidade de construírem a casa no terreno da quinta mas Dinis sente-se mal por Marina pagar tudo. Salomão, com a sua visão simplista da vida, acha que dão demasiada importância ao dinheiro e que se se amam qualquer sítio serve para estarem juntos.

Inês faz uma surpresa a Gonçalo e aparece na quinta, sem avisar. Este finge-se chateado, deixando-a atrapalhada mas desata a rir-se e está muito feliz com a sua visita. Falam sobre Salomão e Inês explica que não são namorados, estão juntos quando lhes apetece.

Gonçalo estranha isso e mostra-se arrependido e diz-lhe que ela merece muito mais do que isso. Num impulso, beija-a e Inês deixa-se ir mas depois interrompe atrapalhada. Sai porta fora, sem dar tempo a Gonçalo de fazer nada.

Jacinta chega à quinta para pedir a Marina que lhe arranje mais mercúrio para envenenar José Maria. Marina fica relutante com o pedido porque não quer ser uma assassina nem ser cúmplice disso.

Olga queixa-se das contas que tem para pagar e Homero faz-se de desentendido em relação a contribuir, de alguma forma.

Miguel entra no palacete, completamente fora de si. Conta a Homero o que presenciou entre José Maria e Lídia. Homero fica preocupado com o envolvimento de Lídia com os dois filhos e insinua que esta os quer virar um contra o outro.

Já de noite, Jacinta serve vinho envenenado a José Maria e falam sobre o seu dia. Este, cínico, mente dizendo que esteve a trabalhar. Vai bebendo o vinho envenenado enquanto Jacinta o observa.

Manuel partilha com Rosa que o dinheiro que recebeu dos correios já está quase a acabar e que terá de fazer outro assalto mas promete que será o último. Esta aconselha-o a contar a verdade a António e acha que é muito arriscado fazer outro assalto com a inspetora Joana a rondar o bairro.

nas redes

pesquisar