SIC

Perfil

157º Episódio - 15 de dezembro (terça-feira)

Amélia encontra-se com Dália para a entregar à polícia

ana antonio bento

Jacinta e José Maria acabam de jantar e, de repente, este sente uma dor repentina e sai a correr da mesa, parecendo querer vomitar.

Luísa leva uma comida aconchegante a Amélia. Esta ainda não acredita que foi tão ingénua. Nesse momento, Amélia recebe uma mensagem de Dália a pedir-lhe ajuda, deixando-a preocupada e sem saber se é verdade ou mais um esquema.

Amélia decide encontrar-se com Dália para a desmascarar. Liga-lhe e finge estar muito preocupada. Marcam novo encontro sob as falsas ameaças de Mané.

No dia seguinte, José Maria e Jacinta tomam o pequeno-almoço. Este prepara-se para ir ao hospital fazer exames e Jacinta está comprometida.

Amélia desabafa com Marina e está cada vez mais convicta de que Dália é uma impostora.

Rosa e Manuel preparam-se para sair de casa quando a inspetora Joana lhes bate à porta. Vem aferir as fontes de rendimentos lá de casa e António fica surpreendido mas deseja que esta apanhe o Pai Natal.

No salão de jogos, Vítor vê divertido no tablet o vídeo que fez do “velório” de David enquanto Julião pragueja por não conseguir ver-se livre de Mónica. Constata que tem duas mulheres a mandar na sua vida.

Mónica conta a Bruna que casou, em segredo, mas não revela quem é o seu marido. Promete contar na festa que vai organizar e Bruna fica espantada com a novidade.

No palacete, Miguel queixa-se de viverem naquelas circunstâncias e Homero pede-lhe que aceite a nova realidade. Admite mesmo que vai passar a andar de transportes públicos, deixando Miguel estarrecido.

Depois de Miguel sair, Jacinta e Olga conversam mais à vontade. Jacinta admite que tem um plano e, por isso, ainda está com José Maria mas não quer contar nada.

No clube de ténis, Valquíria e Virgínia apercebem-se de que estão sem eletricidade. Chegam à conclusão de que ninguém pagou a conta e, por essa razão, cortaram o serviço.

José Maria fica estarrecido quando percebe que não há luz por sua responsabilidade.

Homero visita José Maria para saber dos resultados dos exames e apesar de inconclusivos, não parece ser nada de bom.

Na rua, Amélia caminha com a mala do dinheiro na mão e senta-se à espera num banco. Mané dá-lhe indicação para deixar ali a mala mas Amélia exige ver Dália primeiro. Estes revelam-se e Mané aponta uma arma a Dália, agarrando-a pelo braço. No momento em que Dália vai agarrar a mala, Amélia puxa-a para si e atira a mala para longe. Nesse momento, os agentes da polícia revelam-se, perseguem e prendem Mané e Dália. Amélia chama-lhe mentirosa e afirma que as suas mentiras acabaram.

Gonçalo sente-se mal por não ter conseguido ajudar Dália a sair da má vida e explica a Marina que esta é uma sobrevivente para quem vale tudo para atingir os seus objetivos.

Na esquadra, Dália tenta manter a sua farsa mas Amélia desmascara-a e às suas mentiras. Esta não é órfã nem tem 16 anos e Dália acaba por admitir a verdade. O inspetor aproxima-se de ambas com os pais de Dália e Amélia afasta-se, desolada.

nas redes

pesquisar