SIC

Perfil

85º Episódio - 10 de setembro (quinta-feira)

Zé Maria tenta aproximar-se cada vez mais de Dinis

Dália vai a cantina comer uma refeição. Olga refere que é só para moradores do bairro mas Jacinta não lhe recusa um prato de comida. Luísa vai ter com Dália para saber de Gonçalo mas esta não revela nada. Esta guarda comida numa caixa para levar a Gonçalo, Jacinta repara mas não diz nada.

Henrique apanha Dinis e agride-o porque pensa que este é namorado de Violeta. Este tenta defender-se e acaba por ser ajudado por José Maria que, ao ver aquela situação, percebe que pode ganhar muito, ajudando Dinis.

Dinis é amparado por José Maria para dentro de casa. Ao vê-los, Marina e Luísa ficam em pânico com um acontecimento assim dentro da quinta. Violeta treme de medo e Luísa apoia-a, garantindo-lhe que não a deixarão sozinha, deixando a sua rival genuinamente sensibilizada.

Já a sós, Miguel confessa a Violeta que foi ele quem disse a Henrique que Dinis é o seu namorado. Violeta não quer acreditar que este tenha sido capaz de tal coisa, sente medo verdadeiro e já nem quer saber de separar Dinis de Luísa.

Dinis está grato a José Maria mas Luísa não acredita na generosidade do padrasto, na sua opinião, só agiu para tirar proveito da posição de Dinis na empresa.

Ao jantar, Rúben comunica à família que reatou a sua relação com Amélia e que agora é de pedra e cal. Alfredo apoia o filho porque gosta de Amélia mas Valquíria opõe-se veemente, assumindo mesmo que jamais aceitará essa relação.

Bruna goza o facto de David andar a fingir que namora Virgínia para a chatear.

José Maria leva Dinis a casa e repara numa fotografia antiga de Jacinta. Esta, escondida na cozinha, não quer acreditar que o seu antigo amante está em sua casa. Depois de este ir embora, fica em pânico ao ver Dinis ensanguentado e este explica-lhe o que aconteceu. Tal como Luísa, Jacinta põe em causa a boa vontade de José Maria, deixando Dinis revoltado.

José Maria confessa a Homero que ajudou Dinis por lhe ser conveniente mas, ao mesmo tempo, gosta genuinamente do rapaz.

No dia seguinte, Marina dá a Dinis um telemóvel de trabalho onde estão, disfarçados de contatos, os códigos de acesso às contas da empresa. Sem ser visto, José Maria ouve a conversa, satisfeito.

nas redes

pesquisar