SIC

Perfil

73º Episódio - 25 de agosto (terça-feira)

Luísa, Amélia e Jacinta voltam ao pacto!

Christian Gnad

Luísa, Jacinta e Amélia conversam e voltam a acertar agulhas para unirem esforços em relação à vingança de José Maria. Luísa está preocupada com Dinis, se não pode contar-lhe a verdade prefere deixá-lo do que mentir-lhe. Jacinta fica chocada com esta posição de Luísa.

Dinis interrompe a conversa de Jacinta, Amélia e Luísa e estranha vê-las juntas aquela hora. Luísa consegue distraí-lo e saem juntos dali.

Dinis confessa a Luísa que acompanhou Violeta a uma loja para mudar o número de telemóvel porque as chamadas anônimas continuam. Assentem que ambos vão dizer sempre a verdade.

Miguel sugere a Marina que dê uma oportunidade de trabalho a Violeta e sugere que esta vá trabalhar com Amélia.

Jacinta dá uma desanda em Gonçalo e garante que não vai compactuar com a sua destruição.

Rúben evolui significativamente a jogar bilhar com a ajuda de Julião.

Jacinta apoia e incentiva Luísa a contar somente a sua verdade em relação à vingança de José Maria e abraça-a maternalmente. De seguida, Luísa abre o jogo com Dinis e explica-lhe as suas motivações para tirar José Maria da vida de Marina e este apoia-a.

Jacinta leva Luísa à casa onde Gonçalo está escondido. Este fica em choque e sente que não pode confiar em ninguém.

Na quinta, Violeta é agarrada à força por Henrique mas é salva a tempo por Miguel que passeia ali perto. Henrique consegue fugir a correr. Violeta chora, totalmente em pânico. Miguel sente verdadeira preocupação por Violeta e ciúmes de Dinis.

Marina desabafa com Jacinta sobre o comportamento de Luísa e esta aconselha-a a averiguar as razões de Luísa. Marina sente-se dividida entre os filhos e José Maria.

Alfredo confessa a Homero que ainda sente vontade de jogar mas o seu casamento fala mais alto.

José Maria chama Marina à capela da quinta para lhe contar que não está doente. Pede-lhe para casarem no dia seguinte, a sós. Marina aceita mas impõe que Luísa, Homero e Miguel estejam presentes.

Luísa entra em casa e surpreende Marina e José Maria, de mão dada. Quando a mãe lhe comunica que vai casar no dia seguinte e que gostaria que ela estivesse presente, Luísa chama falso a José Maria e diz-lhe que este só quer o dinheiro de Marina. Garante à mãe que vai desmascará-lo.

Luísa implora a Amélia para que esta a ajude a impedir Marina de casar no dia seguinte.

José Maria comunica a Homero e a Miguel que não está doente e que vai casar com Marina, no dia seguinte.

No salão de jogos, Julião continua a tratar António de forma ríspida e Manuel defende o pai.

Bruna sente enjoos por causa da suposta gravidez e pede a Mónica que passe na loja de David para saber como este está. Esta vai a loja e envenena David contra Bruna. Este não lhe dá conversa e manda-a embora quando Mónica o tenta beijar.

Na quinta, Marina e José Maria comemoram o casamento no dia seguinte com Homero e Miguel mas Marina está triste por não ter ali os filhos. Luísa chega com um dossier na mão e pede à mãe para falarem a sós.

Luísa mostra a mãe uma nota de dívida de José Maria e fotografias da casa velha onde este morava para provar que este é um interesseiro. Marina confessa que já sabia e que ainda assim acredita que José Maria a ama e quer casar com ele. Luísa fica desapontada e chora de frustração. Resignada, aceita ir ao casamento da mãe.

Bruna vai a casa de António tentar fazer as pazes novamente com David mas este está irredutível. No caminho de regresso a casa, cruza-se com Virgínia e desabafa, lamenta ter concordado com a loja chinesa e ter de mentir ao pai. David também conversa com Manuel e António, sente saudades da mulher mas não consegue perdoá-la.

nas redes

pesquisar