SIC

Perfil

14º Episódio - 4 de junho (quinta-feira)

Marina vê José Maria com Adelaide!

Miguel vê uma notícia no jornal onde aparece uma notícia sobre um conhecido empresário ter sido alvo de violenta agressão. Este sorri e suspira por Violeta.

Amélia coloca uma flor branca na campa da filha. Atira também uma flor ao poço e diz em voz alta que muita coisa vai mudar nos próximos tempos.

No escritório de Marina, Luísa conta à mãe que se despediu e começa a fazer planos para o seu negócio de catering. Marina apoia-a incondicionalmente.

Jacinta desafia Marina a beber um copo nessa noite. Marina sente-se cansada mas Luísa convence a mãe a ir.

Gonçalo chega à discoteca com os amigos. José Maria também entra no mesmo local e Adelaide já o espera. Esta tem uma atitude insinuante e abraça José Maria no momento em que Marina entra com Jacinta e Luísa. Marina fica estática a observar aquilo.

 

Marina pretende dirigir-se a José Maria mas Luísa trava a mãe. Acaba por não ver que José Maria rejeita Adelaide. Esta desculpa-se e despedem-se.

 

Valquíria queixa-se novamente a Virgínia que Alfredo não atende o telefone. Continua desconfiada. As duas irmãs apoiam-se mutuamente.

 

Na quinta, Luísa consola a mãe. Marina está triste e confusa. Amélia entra na sala e vem dizer que já está na quinta. Marina vai deitar-se e Luísa fica com remorsos por ver a mãe sofrer.

 

Jacinta, cheia de culpa, também consola Marina ao telefone e esta faz-se de forte perante a amiga. Jacinta pede desculpa e Marina recusa qualquer responsabilidade sua nesse assunto. Marina agradece o apoio da amiga.

 

Rúben José desafia Julião a abrir-se à modernidade e a organizar um torneio de snooker mas este mostra-se inseguro. Resolvem tirar uma mensagem da máquina de ler o futuro e Julião acha que é tudo conversa de “chacha”.

 

David e Bruna Filipa continuam as arrumações na loja de produtos chineses. Acreditam que vão ser mesmo bem-sucedidos.

 

Marina confronta José Maria com o sucedido com a suposta empresária. Não acredita nas palavras deste e deixa-o a falar sozinho.

 

José Maria recorda-se que viu Gonçalo na discoteca e pergunta se foi este quem a levou. Marina responde que o filho está a estudar em casa de um amigo e José Maria denuncia-o.

 

Marina revolta-se por José Maria insinuar que tenham sido os seus filhos a engendrar a situação com a suposta empresária. José Maria jura a pés juntos que a rejeitou e mostra-se indignado com a injustiça do que está a acontecer.

 

Na capela da quinta, Luísa acende velas e tenta apaziguar-se com o que fez à mãe. Amélia faz-lhe uma festa na cabeça.

 

Luísa e Amélia tomam o pequeno-almoço juntas e têm consciência de que José Maria vai fazer tudo para virar o jogo a seu favor.

 

Nesse momento, José Maria tenta entrar em contato com Adelaide e tenta saber junto da operadora telefónica o nome e dados desta. Não consegue obter nada.

 

Gonçalo entra no quarto onde é esperado por Marina. Fica desorientado e esta confronta-o com o fato de ter estado na discoteca. Gonçalo não desmente e Marina pede ao filho que não lhe minta nunca mais.

 

Julião anuncia um torneio de snooker. Rende-se à modernidade.

 

Marina ocupa a cabeça a trabalhar quando Luísa vem saber como está a mãe. Marina questiona Luísa sobre esta ter alguma coisa a ver com o que aconteceu na noite anterior. Diz-lhe mesmo que foi José Maria quem insinuou. Luísa mostra-se indignada com tudo e fica perturbada.

 

Julião ajuda um voluntário de uma instituição e Jacinta acha uma grande ideia para ajudar quem precisa. Lembram-se da ideia de criar uma cantina no bairro.

 

Manuel abre a porta de casa e é surpreendido por Homero. Este vem falar sobre a renda da casa onde António e Manuel moram que também é sua propriedade. Pede um valor exorbitante. Manuel manda o pai para o quarto e assume o controlo da situação. Homero vai-se embora.

 

Homero surpreende Olga no palacete. Esta apanha um susto e inventa uma desculpa para ele não entrar. Este acaba por se ir embora.

 


nas redes

pesquisar