SIC

Perfil

12º Episódio - 2 de junho (terça-feira)

Amélia recorda o momento em que deu à luz uma menina

Amélia olha com dor para o poço e faz perguntas para o ar. Precisa de ter respostas e pergunta à mãe porque a deixou. Chora encostada ao muro e recorda.

Em 1997, Amélia com 20 anos é arrastada pela vizinha que a quer obrigar a abortar.

De volta ao presente, Amélia desata a correr com intenção de se libertar da dor.

Jacinta e Luísa falam sobre o amor. Jacinta explica o que é para si e Luísa diz-lhe que não consegue continuar longe de Dinis, que está a sofrer demais e ele também.

Julião e Dinis fazem acordo de cavalheiros sobre as condições para Dinis trabalhar para si. Apertam as mãos a selar o acordo.

Miguel vai a casa de Violeta procurá-la e olha-a com desejo. Pretende que se unam para conseguirem ficar com Luísa e Dinis respetivamente mas sente-se atraído por esta.

Marina pergunta por Luísa a Gonçalo. Está preocupada com o que os filhos pensam de si. Gonçalo diz à mãe que tem muito orgulho nela e que Luísa certamente também tem.

Na casa onde morou em criança, Amélia olha com dor para a porta do quarto. Recorda o momento em que deu à luz um bebé. Era uma menina chamada Dália.

Na estufa da quinta, Jacinta convida Marina para um almoço à antiga. Orgulham-se ambas da amizade antiga e sólida que têm.

Luísa cozinha para a festa de noivado de um casal seu amigo. Sente-se inspirada e confiante.

 

Julião confessa a Dinis que não confia nos computadores. David vai a loja receber mercadoria e Bruna Filipa teme a reação do pai quando descobrir o que estão a fazer.

Enquanto David desempacota a mercadoria na loja, Bruna faz um teste de gravidez mas ainda não é desta que está grávida.

Violeta e Miguel riem e bebem café. Planeiam lutar juntos para afastar Luísa de Dinis.

Jacinta e Marina falam dos negócios de Jacinta quando Dinis entra em casa. Marina elogia-o e diz que está um homem. Acaba por partilhar com Jacinta que irá casar rapidamente enquanto Jacinta se tenta controlar para não dizer nada.

Amélia, com 20 anos, pergunta à vizinha pela sua filha e esta diz-lhe que a bebé morreu. Amélia chora e não quer aceitar.

Amélia, em frente a uma campa, chora pela sua filha. Também esta a deixou.

Cila confronta Luísa com o fato de estar a fugir do que sente por Dinis.

Miguel insinua-se a Luísa mas esta rejeita-o uma vez mais.

Gonçalo propõe a Cila fazerem par. Juntos fazem o casal perfeito.

Inês confessa a Olga que namora com Gonçalo e esta fica radiante. Para Inês se Gonçalo fosse pobre era igual mas para Olga este namoro será juntar o útil ao agradável.

No bairro Cruz das Almas, Homero esbarra novamente com Olga na rua. Ambos surpreendidos galanteiam-se mutuamente.

Luísa chama a atenção da mãe para o fato de José Maria e a família se comportarem como se fosse tudo deles e que Marina os está a sustentar. Esta diz-lhe que irá tratar desse assunto a seu tempo.

No sapateiro, Homero fica estupefacto ao ver tudo desarrumado e destruído. Manuel, corajoso, diz-lhe que isto é o que acontece a pessoas como Homero. Acaba por entregar a chave a Homero. Surge o comprador e Homero recebe um cheque de 50.000€. Fecham negócio. Manuel volta a dizer que as coisas não ficarão assim.


nas redes

pesquisar