SIC

Perfil

A Receita da Luísa - Tartelete de Banana com Morangos

Diretamente do baú das recordações de Luísa chega uma excelente ideia para o lanche...

Olá a todos!

Esta receita é muito especial porque me traz boas recordações!

Quando era pequena e chegava da escola costumava ter uma tartelete de banana e morango à minha espera para o lanche... Só de pensar já fico com água na boca! Quando comecei a cozinhar, passei a ser eu a fazê-las para o meu irmão, que por sinal também gosta bastante!

Nada como fazer algo de que gostamos muito por alguém que amamos. Faça você também!

Receita:

Ingredientes

2 bananas (quanto mais maduras, melhor)

3 chávenas de farinha (pode misturar farinha de trigo com farinha de milho)

2 chávenas açúcar

1/4 chávena de manteiga (aos cubos)

1 colher de chá de bicarbonato de sódio

1 colher de chá de fermento em pó

1 colher de chá de açúcar baunilhado

2 ovos

1/2 chávena de leite

50g de chocolate negro

Doce de Morango

Morangos frescos

- Base da tartelete

Comece por preaquecer o forno a 180° C.

Descasque as bananas e, com um garfo ou um liquidificador, misture-as com a manteiga e o açúcar até ficar numa massa fofa. Também pode usar a varinha mágica. Junte os ovos e bata novamente.

De seguida, acrescente os ingredientes secos e misture tudo.

Deite a massa numa forma para tarte ou use forminhas individuais para tartes. Se gosta de chocolate, acrescente-o neste passo, em pedaços médios e coloque alguns em cada forma de tartelete. Também pode juntar frutos secos ou frutos vermelhos.Por fim, leve ao forno durante cerca de 10 a 12 minutos.

- Apresentação final (sugestão)

Depois de retirar as bases das tarteletes das formas reserve e deixe arrefecer. Uma vez frias, coloque doce de morango por cima e decore com morangos cortados.

Gosto especialmente de fazer esta receita nesta altura porque os morangos já aparecem mas ainda não são muito doces.

“Ninguém reprovará o seu irmão por ele ser o que é; mas com paciência e persistência, com inteligência e com amor;

procurará levá-lo ao nível mais alto”
Agostinho da Silva

nas redes

pesquisar