SIC

Perfil

Reveja a Final e os melhores momentos!

Afinal os adolescentes do Peso Pesado Teen têm ou não têm perdido pouco peso?

Os treinadores Pedro Correia, Joana Mota e Mauro Policarpo explicam os números da balança!

PEDRO CORREIA

- O The Biggest Loser americano, por exemplo, o tempo entre pesagens é maior que o do Peso Pesado Teen português.

"Não considero que a perda de peso esteja a ser pouca. Mesmo que os números não correspondam àquilo que as pessoas estão à espera, são números que acabam por ser sustentáveis, porque são mantidos e melhorados.

As pessoas têm o hábito de comparar o Peso Pesado Teen com as versões de outros países mas têm de se lembrar que lá o tempo entre pesagens é maior. Independentemente disso estamos a lidar com jovens. Queremos criar hábitos de vida saudáveis, queremos orientar estes jovens para o resto da vida deles. E, por isso, temos de os orientar a ter uma alimentação saudável, a praticar atividade física regular, correcta e adequada a cada um deles. Apesar de tudo, tem sido uma perda de peso constante. Não há grandes variações, o que é muito bom!

Não nos podemos esquecer também que o metabolismo das crianças ou adolescentes é diferente do dos adultos. As adaptações deles são mais rápidas: temos que estar sempre a trocar métodos de treino, alimentação, etc.

Não queremos que seja um programa de agosto a dezembro: queremos que seja um programa para o resto da vida!"

JOANA MOTA

- No programa americano, os concorrentes perdem libras (pounds) e não quilos.

"Muita gente está habituada à versão americana onde eles têm perdas de peso enormes, mas as pessoas também se esquecem que eles perdem 10 libras (pounds), o que equivale mais ou menos a metade em termos de quilos - 8 a 10 libras corresponde a 3 a 4 quilos no máximo. Ou seja, eles andam mais ou menos perto dos nosso miúdos e são muito mais obesos, têm muito mais peso que os nossos.

Muita gente em casa não sabe mas existem períodos de treino, existe algo como periodização do treino. Passo a explicar: muitos destes miúdos não faziam exercício, portanto as primeiras fases correspondem a adaptações neuromusculares e adaptações intramusculares que acontecem no primeiro mês e meio. Pretendemos que eles se adaptem ao exercício, que consigam fazê-lo de forma correta - com uma postura correta - e só depois, numa fase mais avançada, é que começamos a trabalhar na performance, porque eles não são atletas: têm que ter bases para depois trabalharem no futuro. Além disso, não queremos que eles tenham lesões.

A perda de 2 ou 3 quilos é ótima porque é um valor mais ou menos real: quando abandonarem a herdade vão conseguir manter. A adaptação nutricional e de exercício lá fora vai manter a mesma regularidade que cá dentro e o objetivo fundamental deste programa é incutir novos hábitos e novos estilos de vida saudáveis.

Valores altíssimos, em termos metabólicos, não é algo positivo. O nosso trabalho está em conformidade com o trabalho da nutricionista que adequa o plano alimentar todas as semanas, reajusta quer calorias quer ingredientes. Os nossos treinos também são reajustados e adaptados consoante as fases de treino.

Sinceramente acho que o nosso trabalho está a seguir uma linha coerente, estamos a respeitar as fases de treino, a parte psicológica, a parte alimentar... Tudo tem um planeamento e tudo está a ser feito mediante esse planeamento. Agora é dar tempo ao tempo! Eles andaram 15 anos da vida deles a fazer asneiras e não vai ser nem em 1 nem em 3 meses que vamos conseguir mudar isso."

MAURO POLICARPO

- Contrariamente ao The Biggest Loser americano, lidamos com adolescentes.

"A todos os telespetadores, a todos aqueles que nos seguem no Facebook todos os dias e que questionam os resultados da balança, eu, Mauro Policarpo, treinador do Peso Pesado Teen, tenho uma palavra para vocês.

Todos os resultados que temos obtido destes jovens são maravilhosos. Todos sabemos que, por norma, nem sempre há resultados bons, mas não podemos comparar com o The Biggest Loser americano. Nós somos um Peso Pesado diferente, somos um Peso Pesado Teen... E teen diz tudo! São jovens que têm outros hábitos, que têm de criar disciplina e que têm de ser mais rigorosos nos treinos. Não se esqueçam que o corpo deles se está a habituar e está a transformar-se (algo perfeitamente normal em adolescentes)!

Estes jovens surpreendem todas as semanas. A quem faz questões como 'porque é que perdem tão pouco peso?', tenho a dizer-vos uma coisa muito importante: daqui a umas semanas vão ter uma surpresa!"

nas redes

pesquisar