SIC

Perfil

De segunda a sábado

Resumo: 202º Episódio - 14 de maio (segunda-feira)

César é obrigado a passar a noite na esquadra e Catarina fica sozinha sem comida, nem água!

Victor Freitas\302\251

*OS RESUMOS DOS EPISÓDIOS ESTÃO SUJEITOS A MUDANÇAS EM FUNÇÃO DA EDIÇÃO DA NOVELA

São e Alice vão às compras e falam de Jacinto. São está furiosa com ele. Sem se aperceberem, estão a ser seguidas por um capanga.

Na fábrica de laranjas, Maria Paula e Bárbara falam sobre Catarina. Francisco chega com Camila e comenta que precisam de contratar mais pessoas. Bárbara oferece-se até resolver as coisas no lar e Francisco fica sem reação.

No lar, Teresa vê o curriculum de Ofélia com pouco interesse. Ao contrário, Ofélia está muito entusiasmada e Teresa manda-a começar no dia seguinte.

Alice e São continuam nas compras, animadas e planeiam trabalhar em conjunto quando o capanga as ataca. Atira Alice contra uma caixa de eletricidade e ela bate com a barriga.

Zé e Eduardo falam de um novo carregamento. Eduardo não quer que Tomás se envolva e este fica fulo por ficar de fora.

Alice está caída, debruçada sobre a barriga e São, aflita, pede ajuda a um rapaz que vai a passar. Este empresta-lhe o telemóvel para chamar o 112.

Henrique e Augusto tentam convencer Inês a ir jantar em família e com Vicente e ela não quer ir mas Henrique impõe a sua autoridade de pai e não quer mais discussão.

Mónica conversa com Diana sobre o jantar e espera que Henrique tenha convencido Inês a ir.

Miguel pede a Duarte que vá falar com Luísa. Manel entra no restaurante chateado por causa de Vera mas Marina consegue animá-lo com um prato de raviolis.

Eva tenta descobrir com quem é que Helena anda a sair. Jacinto acha importante é que ela esteja feliz e que essa pessoa cuide dela quando a doença avançar. Tiago, frustrado, espera por Bé que não aparece para almoçar.

Na herdade, Afonso está inquieto e Bé dá-lhe um comprimido para se acalmar. Teresa chega e comenta que ele ainda vai piorar antes de melhorar. Falam do segredo da morte de João e não sabem como vão conseguir escondê-lo.

Francisco pergunta a Maria Paula se Bárbara vai mesmo trabalhar com eles e esta confirma. Chega um inspetor da PJ e quer saber da arma. Avisa-a que pode ser responsabilizada.

Duarte mede a tensão a Luísa e aconselha-a a descansar, caso contrario pode adoecer. Miguel fica de a vigiar também.

César prepara a comida de Catarina quando os inspetores da PJ chegam armados com um mandato de busca por causa da arma de João. Assustado, César entrega a arma e diz que pode explicar tudo. Eles obrigam-no a ir para a esquadra e Catarina fica sozinha, a dormir, sem comer e sem água.

Júlia comenta com Filipe que Luísa está arrasada. Teresa liga a Júlia a avisar que o enterro de Sofia será no dia seguinte. Júlia pede a Filipe que vá com ela.

Teresa fica satisfeita por haverem vários possíveis suspeitos da morte de João. Afonso fica irritado com a conversa e quer sair de casa, para ir consumir droga.

Eduardo dirige-se ao gabinete de Zé e Helena segue-o, discretamente. Tomás apanha-a e confronta-a e ela fica frustrada por ter sido apanhada.

Tomás interrompe a conversa entre Zé e Eduardo quando estes falam de uma nova transação. Tomás sente-se posto de parte e, depois de Eduardo sair, enfrenta Zé.

Alice e São acham que o assalto foi encomendado e Alice decide esconder a gravidez de Zé. Ninguém pode saber que está grávida.

Miguel e Filipe acompanham Maria Paula à PJ quando ela vai prestar declarações. Ela observa que a situação saiu do controlo.

Enquanto é interrogado, César está nervoso. O inspetor quer saber para que é que ele queria a arma e avisa-o de que sabem tudo sobre ele e que está em maus lençóis.

Ofélia informa Vasco que vai trabalhar para o lar mas este não quer saber disso.

Jacinto reclama com Lou pois não é justo perder tudo e acha que Lou lhe deve pagar metade do prejuízo. Lou desvaloriza e recorda que ele e São sempre foram felizes, sem dinheiro.

Xavier fala com Manel sobre Carolina e está resignado. Se calhar é melhor terminarem mesmo o namoro. Manel também desabafa sobre Vera e também reconhece que exagerou.

Marina ajuda Amélia com os sacos das compras e pede-lhe que vá embora pois quer fazer uma surpresa a Duarte como forma de agradecimento.

Maria Paula, Miguel e Filipe esperam por serem ouvidos na PJ quando surge César no corredor. Maria Paula avança para ele bem como Miguel e quase andam à pancada. Por causa disso, César fica detido e vai passar lá à noite.

Em casa de César, Catarina chama por ele e queixa-se que tem fome. Não obtém resposta. Deixa-se ficar no chão, tentando ser paciente.

nas redes

pesquisar