SIC

Perfil

De segunda a sexta

Laços de Sangue - Semana de 5 a 11 de junho

Diana sequestra Inês e João confronta-a!

Inês fica transtornada ao ver o seu gato morto. Tiago não tem dúvidas em culpar Diana, até porque a porta de casa tinha sinais de arrombamento. A polícia toma nota da ocorrência, enquanto João chega o mais depressa que pode para apoiar Inês.

Depois de mais um crime cometido, Diana entretém-se a massacrar Eunice, dizendo que os outros filhos a abandonaram. A empresária quase não diz nada, com medo de irritar a filha.

Marisa conta a César que não chegou a tirar as fotografias publicitárias, pois não quis expor-se mais. César fica radiante.

António sonda Victor para tentar perceber que estratégia ele tem para a fábrica de enchidos.

Graciete recebe mais uma encomenda para os seus trabalhos de costura. Filipa diz que quer ser sua assistente. A florista promete ajudá-la a aprender o ofício.

Luís solta um palavrão ao agarrar mal numa travessa. David pergunta porque é que o pai está sempre zangado, mas este desvaloriza o incidente.

Isabel diz a Jaime que está com um mau pressentimento.

Diana faz o jantar, sempre a provocar Eunice. A mãe tenta não reagir para não irritar a filha.

Inês mostra-se preocupada com a integridade de Eunice, pois a mãe está a viver sozinha com Diana.

Marisa confessa que aprendeu a lição e que desistiu de ser modelo, saturada das bocas dos homens e das piadas que Filipa ouviu na escola sobre a mãe. Na véspera de mais uma sessão de quimioterapia, Graciete diz com orgulho que Marisa, César, Filipa e António formam a melhor família do mundo, que qualquer pessoa deseja ter.

Fátima percebe que Marco está triste mas não insiste em saber porquê, pois o filho joga à defesa. Marco diz à mãe que tem de ir ao médico, percebendo que ela continua enjoada.

Armando está determinado em reaver a fábrica de enchidos e não se dá pelos conselhos de Gi

Sheila convence Gastão a dar um pezinho de dança, para festejar o facto de terem decidido morar juntos.

Adelaide está tentada a aceitar a oferta de Gastão que lhe cede a casa de ambos quando eram casados.

Luís põe um comprimido no leite de David e certifica-se de que o filho dormirá até ao dia seguinte.

Sandra combina esperar por Tiago à porta de mercado.

João decide passar a noite com Inês e aproveita para lhe propor que passem a viver juntos. Inês é apanhada de surpresa.

Álvaro dá raspanete a César por este ser cada vez mais calão.

Luís deixa David sozinho e vai até ao mercado. Espera que Sandra fique sozinha para a agredir com violência. Ela consegue arranhá-lo o que o irrita ainda mais. Luís volta a bater-lhe e acaba por violar Sandra que fica muito mal tratada. Quando Tiago chega de táxi, só tem tempo de chamar uma ambulancia para levar a namorada ao hospital.

Diana está desnorteada e diz que foi abandonada por todos. Eunice contrapõe que foi ela a culpada da situação. Diana irrita-se ainda mais e manda a mãe ir para a cama. Eunice, mais tarde, tenta fugir de casa mas Diana, com o olhar carregado de ódio, está escondida a vê-la descer as escadas de casa muito sorrateira.

Inês refaz-se da surpresa e aceita ir viver com João. O compromisso é selado com um beijo apaixonado.

Diana surpreende Eunice a tentar telefonar com o seu telemóvel e castiga a mãe por lhe ter desobedecido.

Sandra confirma a Tiago que foi violada, mas esconde do namorado o nome do agressor. Perante a polícia e também dos amigos, Sandra tem o mesmo comportamento, temendo represálias caso denuncie Luís. Nem a médica que a assistiu consegue que a rapariga conte a verdade. Graciete e António são avisados de que Sandra não pode ir trabalhar porque foi assaltada e teve de receber tratamento no hospital. César e Marisa acordam felizes da vida, depois de uma noite intima como há muito não tinham. A vendedeira fica chocada com o que aconteceu a Sandra, enquanto César se lamenta por ter de trabalhar por dois no café. Marisa, Graciete e António censuram-no por ser egoísta e insensível.

Fátima confirma a António que está grávida. Num primeiro momento, o marido fica atónito com a notícia, mas depois é tomado por uma grande felicidade. António quer contar a Marco que vai ter um irmão mas Fátima prefere esperar algum tempo.

Manel conta a Catarina que melhorou a sua situação na Ioiô e sugere-lhe que deixe a fábrica. No entanto, a namorada reafirma que quer lutar pela Campo Frio, recusando entregá-la a Victor de mão beijada.

David não quer ir à escola, ainda sonolento com o soporífero que Luís lhe deu na noite anterior. Imperturbável apesar de ter violado Sandra, Luís ignora o que o filho lhe diz e ainda o acusa de se ter deitado tarde.

Isabel fica feliz por Inês ter decidido viver com o João e diz que está a pensar fazer o mesmo com Jaime. Inês liga para o telemóvel se Sandra, inquieta com o silencio de Tiago. O irmão atende e explica que passou a noite com a namorada, que foi assaltada.

Álvaro fica furioso com César, pois o empregado esqueceu-se de avisar que Sandra não vai trabalhar, pois está a recuperar do ataque que sofreu. Sheila é quem dá a notícia.

Francisca fica satisfeita por saber que João e Inês decidiram fazer vida em comum, mas interroga-se com preocupação, se não será possível travar as investidas de Diana. João revela que tenciona ir com Inês falar com Graciete, para tentarem antecipar mais ataques da vilã.

Eunice fica desiludida porque Diana só a deixa ir ao restaurante acompanhada por si. Quando chegam ao M, Diana controla a conversa da mãe com Isabel e Jaime e antecipa sempre as respostas que ela deve dar. Isabel e Jaime estranham o comportamento de Eunice. Diana, por seu lado, fica furiosa com a mãe e fecha-a de novo em casa, para seu desespero.

Luís fica furioso por ter de acatar uma ordem de Manel.

Ricardo coloca Nuno em sentido e diz-lhe na cara que não vai permitir que ele destrua a Ioiô.

Gi felicita Inês por se juntar com João, mas reafirma que gostava que ela tivesse ficado com Bernardo. Gi desabafa com Inês e diz que não quer que Armando volte a comprar a fábrica de enchidos.

César fica em pulgas ao ver um anúncio de jornal que divulga um curso de treinador de futebol. Conta a Álvaro que se quer inscrever. O patrão brinca e responde que ainda vai provocar uma chicotada psicológica no café.

Diana decide visitar Graciete e fica fora de si quando encontra João e Inês em casa da mãe adoptiva. Graciete expulsa Diana da sua casa, provocando nela uma grande revolta.

Diana perde a cabeça quando Graciete a expulsa e deseja a morte da mulher que a criou. Furiosa por ver João e Inês juntos, ataca a irmã. Vale a intervenção de João, que se interpõe entre as duas. Diana vai-se embora e jura vingança.

Alheia ao que se está a passar, Eunice desespera por estar sequestrada na sua própria casa e fica ainda mais apreensiva ao ver o estado em que a filha regressa.

Adelaide pondera, cada vez com mais certeza, mudar-se para a casa onde viveu com Gastão enquanto foram casados.

Liliana está enfadada com a excessiva calma da vida no Alentejo e diz que ela não tem graça sem Orlando. Rita sorri.

Sandra recupera lentamente da violação de que foi vitima, mas sente desconforto quando Tiago a toca e desconforto com as perguntas de Sheila.

Marisa não gosta da ideia de César, que quer tirar o curso de treinador de futebol.

Fátima regressa da médica e confirma a sua gravidez. Álvaro não pode estar mais feliz, mas a mulher receia o que Marco irá dizer. Combinam contar juntos a novidade ao filho mais velho.

Victor desvaloriza o trabalho de Fátima e Catarina à frente da Campo Frio, dizendo que com ele à frente da fábrica, os lucros vão aparecer em breve. António faz um sorriso amarelo.

Gastão informa Armando que Victor aceitou marcar uma reunião para discutir a eventual venda da fábrica. Gi volta a dizer que está contra o negócio, mas não consegue demover Armando.

João e Inês comentam com Tiago a fúria que Diana teve ao vê-los juntos e por ter sido rejeitada por Graciete.

Orlando fica embaraçado porque Liliana lhe pede que meta uma cunha a Rita para lhe arranjar trabalho no lagar.

Rita conquista o coração de Matilde e Martim e vai ler uma história aos filhos de Daniel. O veterinário beija-a com carinho. Rita admite que pode vir a ser sua mulher.

Sheila ajuda Sandra e faz-lhe o jantar. Aproveita a ocasião para revelar que vai viver com Gastão e lembra à alentejana que se arrisca a ficar sozinha, pois Liliana é capaz de ficar a viver com Orlando.

Na herdade, Liliana faz pressão para que Orlando a deixe dormir em sua casa e beija-o apaixonada, dizendo depois que valeu a pena ter-se mudado.

Inês obriga Tiago a repousar e vai fazer o jantar, ajudada por David.

Francisca não esconde a preocupação, temendo a vingança de Diana.

O café do mercado fica virado do avesso porque César só pensa em treinar uma equipa de futebol.

A pretexto da gravidez de Fátima, Manel diz a Catarina que, por ele, pode deixar de tomar a pílula e engravidar também.

Marco cede e conta aos pais, pesaroso, que Carlota acabou com o namoro entre os dois. Fica espantado quando Álvaro e Fátima lhe dizem que ele vai ter um bebe em casa.

Ricardo deixa no ar a Francisca e Adelaide que a gestão de Nuno pode ser ruinosa para a Ioiô.

António fica zangado quando Graciete lhe conta a intempestiva visita que Diana lhe fez.

Diana vê João e Inês tomarem o pequeno-almoço juntos. Quando eles se despedem, Diana simula que vai atacar Inês e força João a lançar-se sobre si, derrubando-a. João está de cabeça perdida e começa a estrangular Diana, gritando que ela nunca mais lhes fará mal. Inês assiste a tudo em pânico.

Inês consegue, a muito custo, que João largue o pescoço de Diana, evitando que ele a mate. Diana faz-se de vítima e pede aos transeuntes que testemunhem que João a quis matar, garantindo que vai fazer queixa à polícia. João e Diana percebem tarde demais que caíram que nem uns patinhos na armadilha que a vilã lhes preparou.

Diana cumpre a ameaça e denuncia João. Determinada a vingar-se de Graciete e António, acusa-os de a terem raptado quando era criança, obrigando-a a ficar anos a fio afastada da sua verdadeira família.

Graciete, mais aliviada por estar perto o regresso se Sandra à banca das flores, comenta que as operárias da fábrica são cegas por permitirem que seja Victor a gerir a Campo Frio.

César inscreve-se no curso de treinador de futebol, convicto de que vai fazer uma grande carreira. Álvaro não contém o riso. César mostra-se indiferente e diz que se vai candidatar ao lugar de treinador da equipa que a Junta de Freguesia está a formar.

César e Sheila, ficam estupefactos quando Álvaro conta que vai ser pai, pois Fátima está outra vez grávida.

Sandra, atemorizada por ter sido violada por Luís, diz a Isabel que já não quer testemunhar contra ele, por tê-la assediado quando era a ama de David. Isabel estranha o comportamento de Sandra e comenta com Jaime, que Luís pode ser o responsável por esta alteração.

Manel recebe um convite para ir trabalhar noutra empresa. Luís fica irritado por não conseguir perceber o que Manel está a conversar ao telefone e também por ter de lhe obedecer.

Tiago confessa a Jaime que não quer saber se a mãe está bem ou mal, pois Eunice preferiu afastá-lo e a Inês, para ficar com Diana.

Teme também que ao falar com João sobre a morte de Alice, possa estragar a relação entre Inês e o médico.

Eunice fica intimidada com Diana, percebendo que ela não tarda em vingar-se de João e Inês.

Nuno tenta falar com Diana sobre os projectos que te para afundar a empresa de brinquedos, mas ela não atende o telefone.

Armando almoça com Victor e faz-lhe uma proposta para comprar a fábrica de enchidos, prometendo-lhe uma generosa comissão, se conseguir concretizar o negócio. Victor finge não ficar muito entusiasmado com a ideia, mas está em pulgas para aceitar.

Inês encontra-se com Gi e Tiago para organizar um baptizado. Mostra-se desconfiada com o que Diana pode fazer a seguir.

Diana começa a ficar exasperada e telefona à polícia para pressionar a prisão de João, António e Graciete. Fica desagradada por perceber que Eunice está a escutar tudo, repreendendo a mãe.

Catarina despreocupa Fátima que está muito ansiosa por estar grávida outra vez.

Sheila e Gastão combinam procurar a casa onde vão viver juntos.

Rita acede ao pedido de Orlando e aceita admitir Liliana para trabalhar no lagar.

Lourenço festeja com Gabriela por ter conseguido o primeiro cliente desde que abriu a nova imobiliária. A felicidade é quase absoluta quando sente o bebe dar um pontapé na barriga de Gabriela.

Isabel conta desconfiada a Inês, que Sandra mudou de ideias e não vai testemunhar contra Luís. Inês, por sua vez, conta como ela e João foram atacados outra vez por Diana.

Tiago ganha coragem e fala com João sobre a morte de Alice, reafirmando que se tratou de um acidente, mas que se sente mal por ter cometido esse crime. João emociona-se, reconhecendo que vai ser difícil perdoar-lhe, mas que não quer que a sua relação com Inês volte a ser prejudicada.

Adelaide surpreende Ricardo ao convidar o filho para tomar um café. Diz que quer recuperar o tempo perdido.

Manel fica indeciso em aceitar o convite de outra empresa para deixar a Ioiô.

Diana recorda a humilhação que Graciete a fez passar à frente de João e Inês, garantindo que se vai vingar de todos. Nesse instante, a polícia detém João por tentativa de homicídio de Diana, enquanto Graciete e António são presos por tê-la raptado quando era criança.

António e Graciete são levados para a esquadra. Marisa chora desesperada, sem saber o que fazer.

João diz aos agentes que nada tem a temer e dispõe-se a acompanhá-los, pedindo a Francisca que chame Gastão, para o defender. A mãe anui, mas fica muito preocupada.

Diana, por seu lado, é o espelho de felicidade e obriga Eunice a jantar com ela no M, dizendo que têm de comemorar. A mãe percebe que ela já fez mal a alguém.

No restaurante, Diana controla as respostas de Eunice, quando esta é interpelada por Isabel e Jaime.

Inês aproveita o momento em que está sozinha com Francisca para lhe dizer o quanto lamenta a morte de Alice, acrescentando que, por ela, Tiago teria ido para a cadeia pelo crime que cometeu. Francisca responde a Inês que compreende o facto dela não ter denunciado logo o irmão. Inês vai, de seguida, apoiar João enquanto ele está na esquadra.

Fátima e Álvaro ficam aliviados, pois Marco encara bem a possibilidade a gravidez da mãe. Marco aproveita para lhes dizer que andavam tão empenhados em oferecer-lhe preservativos, que afinal foram eles a distrair-se.

Sandra fica desconfortável com as perguntas que Tiago lhe faz sobre a visita de Isabel.

António e Graciete ficam presos pelo rapto de Diana, aguardando para saberem se aguardam julgamento em liberdade. Graciete esforça-se para que António não seja responsabilizado, dizendo que só ela teve culpa em ter escondido Diana da verdadeira família. A polícia tira qualquer dúvida e afirma que António é cúmplice do crime.

Francisca repreende Adelaide que brinca com a prisão de João.

Manel continua indeciso entre continuar na Ioiô ou aceitar o convite para trabalhar noutra empresa. Catarina oferece-lhe apoio em qualquer circunstância.

Para conseguir treinar a equipa da Junta de Freguesia, César mente e diz que já tem o curso de treinador. Álvaro censura-o por isso, mas o empregado diz que vai mesmo tirar as habilitações para o cargo.

César fica atónito com a prisão de António e Graciete. Marisa diz que a denuncia partiu de Diana.

Tiago conta a Inês que teve uma conversa tranquila com João a propósito da morte de Alice.

Liliana agradece a Rita ter-lhe dado emprego no lagar e embaraça Orlando, levando-o a comemorar na vila. Rita fica a sós com Domingos e o caseiro diz que também gosta de a ver com Daniel. O veterinário fica radiante, pois os filhos dizem que gostam de Rita e incentivam o namoro do pai com ela. Daniel e Rita confessam-se apaixonados um pelo outro quando ficam a sós, sem as crianças.

Ricardo mostra-se perplexo com a prisão de João e diz que Diana tem de ter alguém que a pare.

Álvaro pede desculpa a Sandra, sentindo-se responsável pelo assalto de que ela foi vítima.

Diana aperta o pescoço de Eunice e proíbe a mãe de avisar Inês do plano que traçou para se vingar da irmã.

João é libertado mas fica indignado por ter de pagar uma multa pesada e por ter de manter distância de Diana, a partir de agora.

Diana disfarça-se de estafeta e vai entregar um ramo de flores a Inês. Quando chega à porta do prédio é Isabel que lhe facilita a entrada, sem perceber o erro que está a cometer. Diana toca à campainha e quando Inês a abre a porta, aponta-lhe uma pistola com silenciador, intimando-a a segui-la. Inês fica apavorada com o que Diana pode vir a fazer-lhe.

Diana sequestra Inês, obrigando-a a entrar no carro, sob a ameaça de uma pistola. Por pouco que João não se cruza com elas. Ao perceber que Inês não está em casa, João fica preocupado, temendo que Diana lhe tenha feito mal. As suas suspeitas confirmam-se, pois quando consegue entrar em casa da namorada com Tiago, percebe que Inês se ausentou sem levar nada consigo.

João avisa a polícia, enquanto Tiago procura desesperadamente por uma pista da irmã.

Adelaide comenta que a justiça em Portugal é uma anedota, pois castiga os inocentes, enquanto pessoas como Diana, escapam impunes.

Graciete e António são libertados pelo juiz, aguardando julgamento em liberdade, acusados pelo rapto de Diana. Marisa fica com medo que os amigos venham a ser condenados. Graciete mostra-se desanimada com o desfecho do processo e quase resignada a ter de cumprir pena.

Sheila gaba-se do casarão onde vai viver com Gastão e provoca Marisa, dizendo que ela vive de favor em saca de Graciete.

Diana regressa a casa de Eunice. A mãe receia que ela tenha feito mal a alguém.

João regressa destroçado a casa, temendo ter perdido Inês para sempre. Francisca consola o filho, temendo também ela, o pior.

Na herdade, Rita não desce para tomar o pequeno-almoço, levando Alzira e Domingos a concluir que ou saiu cedo, ou não dormiu em casa.

Orlando é obrigado a pressionar Liliana para ela não chegar atrasada ao lagar, no primeiro dia de trabalho.

Daniel está em clima de romance com Rita, quando é surpreendido pelo regresso de Mónica, a ex-mulher que o abandonou com os dois filhos nos braços. Mónica diz que decidiu voltar, pois arrependeu-se de ter partido e quer recuperar a vida que tinha. Rita fica abalada com a cena e vai-se embora, perante o desespero de Daniel, que rejeita a proposta de Mónica com veemência. No entanto, a ex-mulher força o abraço de Matilde e Martim, provocando a confusão na cabeça das crianças. Rita chora sozinha e rejeita a chamada de Daniel. O veterinário vai à herdade dizer que quer ficar com ela e não com Mónica.

Armando fica cheio de ciúmes porque Gi contratou um treinador particular. Contra a vontade da mulher, assiste à primeira aula mas é expulso por Gi, quando começa a dizer que Micael não lhe pode tocar.

António chega atrasado à fábrica e pede desculpa a António, escondendo que esteve detido pela polícia.

Graciete conta a João que ela e o marido também estiveram presos, denunciados por Diana de a terem raptado. Francisca fica em choque e João acredita, cada vez mais que o desaparecimento de Inês teve o dedo de Diana.

Sandra consola Tiago, que não se conforma com o desaparecimento da irmã.

Gastão escolhe a casa dos sonhos de Sheila, que o beija repetidas vezes. O advogado fica envergonhado porque Sheila faz tudo à vista do agente imobiliário.

Eunice perde o medo e pergunta a Diana se ela fez mal aos irmãos. Fria como sempre, responde que Tiago e Inês estão muito bem tratados e que, ao contrário do que parece, ela até gosta muito da sua família.

Graciete confessa a Marisa que acha que Diana pode ter feito mal a Inês.

João vai a casa de Diana e confronta-a com o desaparecimento de Inês. A vilã recebe-o com ironia e o ambiente fica muito tenso entre ambos.

nas redes

pesquisar