SIC

Perfil

De segunda a sexta

Laços de Sangue - Semana de 13 a 19 de março

Francisca agride Diana ao perceber que foi ela quem matou Henrique e está a chantagear João

João ameaça dar cabo de Diana caso ela não cumpra a promessa de livrar Francisca da prisão. A vilã lembra-lhe que não está em posição de fazer exigências e que não tem medo das suas ameaças. Diana provoca João ao dizer que fez bem em assinar os papéis que a transformam em dona de cinquenta por cento de Ioiô.

Graciete confessa a António que ficou mais aliviada depois de ter falado com Diana. Ele sorri e diz-lhe que a quer ter de volta.

Sheila consegue o que há muito desejava e faz amor com Gastão, aproveitando o facto de Adelaide se ter mudado para casa de Francisca.

Marisa fica amuada com César que se diz ainda impossibilitado para fazer amor com ela.

Zé sente-se rejeitado por Liliana e fica com ciúmes por vê-la empenhada em acabar com a tristeza de Bernardo. Este vê um filme romântico e com e gelado. Armando esforça-se por animar o filho, mas de nada adianta.

Rita quase bate em Adelaide porque a tia diz que Francisca matou Henrique.

Ricardo fica de boca aberta quando Diana conta que já é dona de metade da Ioiô, depois de ter garantido a João a libertação da mãe. Ricardo fica apreensivo com a ousadia de Diana.

João ensaia ligar a Inês mas arrepende-se, pensando nas ameaças que Diana lhe fez.

David chora, incapaz de resistir a mais uma discussão entre os pais. Desta vez, Isabel impõe-se a Luís e leva David à escola.

Depois de uma noite de amor como há muito não viviam, Gastão e Sheila despertam, lado a lado, muito felizes.

Inês aproxima-se de Graciete e visita a florista no mercado. Acabam por começar a construir uma amizade.

Custódia pede a João e Francisca que levem a Francisca um bolo que ela fez. Adelaide reprova a atitude da empregada, causando desagrado nos sobrinhos.

Gastão pede a Ricardo que almoce consigo e confessa ao filho que quer recuperar o tempo em que não esteve tão perto dele quanto devia. Ricardo garante que é capaz de lidar bem com o divórcio dos pais.

Liliana diz a Zé que não tem motivos para ter ciúmes de Bernardo.

Sheila conta a Marisa a noite de sonho que viveu com Gastão. As duas vendedeiras fazem uma autêntica festa com o regresso de Graciete ao mercado.

César continua inquieto com o seu futuro, temendo que Sandra lhe roube o lugar e embirra com a empregada para lhe dificultar o trabalho.

Daniel confessa ter vontade de ligar a Rita mas teme ser mal tratado. Domingos garante que a patroa é boa rapariga.

Francisca mostra-se muito triste por não poder assistir ao funeral de Henrique. Agradece a João e Rita terem-lhe levado o bolo que Custódia fez expressamente para ela. Gastão, por seu lado, confessa a Ricardo estar muito desagradado por ter de ir ao enterro do cunhado.

Luís procura prejudicar Manel mais uma vez, obrigando-o a introduzir alterações no projecto que está a desenvolver. Manel contra-ataca e diz que vai apresentar a Ricardo a versão de Luís e a sua sem essas alterações.

Marcos deixa Eunice nas nuvens, voltando ao restaurante para a ver.

Com a ajuda de Ricardo, Diana paga cinquenta mil euros a uma testemunha, para dizer que Henrique se envolveu em desacatos pouco antes de morrer.

Francisca recebe o padre Matias na sua cela e revela-lhe, em lágrimas, o segredo da sua vida: João é filho de Gastão e não de Henrique.

Gastão renova a esperança de Rita e João, anunciando que apareceu uma testemunha que pode ilibar Francisca. Vida complicada parece estar a ter Custódia, porque a polícia descobriu que recebeu na sua conta uma soma avultada, ficando sob suspeita de ter prejudicado a patroa. Todos ficam boquiabertos com esta revelação.

Rita estranha o envolvimento de Custódia na morte de Henrique. Gastão está convencido que o aparecimento de uma testemunha ocular do que sucedeu ao pianista nas suas últimas horas de vida, pode conduzir à libertação de Francisca. Adelaide dá mais uma prova da sua futilidade, exclamando toda contente que quando a irmã regressar a casa, já tem quem lhe faça companhia nas compras.

Francisca explica ao padre Matias que João é o fruto de uma noite fugaz com Gastão, um segredo que guardou durante demasiados anos. Quando o advogado a visita, Francisca não consegue encará-lo nos olhos, pois sabe que lhe omitiu que João é afinal seu filho e, por consequência, meio-irmão de Ricardo. Francisca está incrédula com a possibilidade de Custódia a ter incriminado da morte de Henrique. No entanto, Gastão garante que existem fortes indícios de que assim aconteceu.

Marcos, promete a Eunice que vai voltar ao restaurante, pois adorou a sua companhia. Eunice fica entusiasmada, com a sua auto-estima em alta.

Jaime e Isabel estão cada vez mais íntimos. Depois de fecharem o restaurante, dançam e bebem champanhe.

Diana regressa a casa e lancha, aguardando com um sorriso malicioso que a sua maldade produza os efeitos pretendidos. Não tarda que a polícia judiciária prenda Custódia, acusando-a de ter na sua conta bancária um depósito elevado, que deixa entender que colaborou num plano para incriminar Francisca da morte do marido. A empregada nega que tenha colocado provas comprometedoras no quarto da patroa, sendo sujeita a um duro interrogatório por parte dos agentes da polícia.

Indignado pela injusta detenção da empregada, João procura Diana e diz que ela não vale nada, garantindo que a ainda sua mulher vai ser infeliz o resto da vida. Diana argumenta com cinismo, que a prioridade era libertar Francisca, mesmo sacrificando Custódia.

Gabriela tenta tranquilizar Lourenço que está cada vez mais nervoso com a apresentação do seu livro infantil. Manel diz-se disposto a ilustrar outra publicação, pois adorou trabalhar com Lourenço.

Catarina diz a Fátima que está muito animada pelo namoro com Manel.

Fátima estuda inglês e Marco diverte-se com o esforço que a mãe faz para pronunciar correctamente as palavras. Ele próprio se confessa feliz, por estar completamente integrado na nova escola.

Liliana consegue aproximar-se de Bernardo, fazendo-se passar por funcionária de uma empresa que faz inquéritos. Bernardo deixa-se ir na conversa e começa a desabafar sobre o fim da sua relação com Graça. Escondida, Gi alimenta a esperança de que o filho esqueça de vez a velha mulher com quem casou.

Zé é que não acha piada ao trabalho da namorada e faz mais uma cena de ciúmes, obrigando a que Liliana garanta que só tem olhos para ele.

César deixa Marisa impaciente, com a sua insistência de que vai perder o emprego para Sandra. Esta, por sua vez, desabafa com Álvaro e diz que César è uma carraça.

Bernardo deixa Gi mais animada ao dizer que gostou de conversar com Liliana e que combinou tomar com ela um cafezinho. Armando revela mais uma vez a sua falta de jeito para abordar assuntos delicados.

Sheila confessa a Gastão que a noite que passou com ele foi a melhor da sua vida e que, por isso, está ansiosa por repetir. O advogado sorri envergonhado e pede à vendedeira que seja discreta.

Graciete confessa que a visita de Inês e a conversa que mantiveram, a animaram para regressar ao mercado. Por seu lado, Inês, conta a Isabel que gostou de se encontrar com Graciete, vendo agora que se trata de uma excelente pessoa, que muito sofreu à conta do mau carácter de Diana.

Gabriela, Manel e Luís ficam surpreendidos quando Ricardo apresenta Diana como a nova representante da família Caldas Ribeiro na Ioiô.

Diana telefona a João e diz que está consumada a troca que havia prometido. Francisca devolvida à liberdade e Custódia, presa no seu lugar. Ele, cheio de raiva, desliga-lhe o telefone na cara, obrigando Diana a disfarçar o seu desagrado perante Eunice.

Farta das provocações de Adelaide, Rita dá um grito à tia e manda-a calar. João pede à irmã e à mãe para lhes falar a sós no escritório. Rita e Francisca ficam chocadas quando João comunica que cedeu a Diana a metade da empresa de brinquedos que pertencia à mãe.

Francisca e Rita pedem explicações a João por este ter cedido a Diana a quota da família na Ioiô. João apenas diz que o fez por causa da mãe. Rita garante que não vai largar o irmão enquanto ele não der uma justificação mais convincente.

Adelaide tenta ludibriar Gastão com a questão do divórcio, mas o marido garante, irritado, que não permitirá que ela goze mais com ele. Em resposta, Adelaide diz que ele é desprezível. Gastão decide ir embora e despede-se de João, perante o olhar comovido de Francisca. Esta confessa depois a Rita, estranhar muito que Custódia tenha aceitado dinheiro para a incriminar pela morte de Henrique. Por outro lado, Adelaide irrita-se com João, porque o sobrinho se recusa a contar-lhe o que esteve a conversar, sozinho no escritório, com a mãe e a irmã.

Ricardo mostra a empresa a Diana, perante a estupefacção de Manel, Gabriela e Luís. Depois da visita guiada, Diana faz um pequeno discurso, dizendo que tem muito prazer em integrar aquele projecto. Quando ficam sozinhos, os colaboradores da Ioiô mostram estranheza pelo estatuto que Diana adquiriu.

Ricardo e Diana desfrutam do golpe que acabaram de dar, enquanto João vive o momento em angústia tal, que pede a Manel para não falar do assunto, para já.

Inês visita Graciete no mercado e a florista oferece-lhe um ramo de orquídeas, as suas flores preferidas. Marisa e Sheila ficam curiosas com a presença de Inês e procuram saber o que ela ali foi fazer. Pouco interessada em falar da sua vida com Sheila, Graciete corre com ela. A vendedeira afasta-se amuada e vai atender os fregueses.

Zé não controla os ciúmes que sente por Liliana estar a animar Bernardo, com o coração partido desde que foi abandonado pela mulher. Liliana fica desagradada com as observações e repreende o namorado pela desconfiança. Entretanto, Gi pressiona Bernardo para que marque um encontro com Liliana. Armando sente-se desesperado por não conseguir arrancar o filho à depressão em que mergulhou.

Fátima e Catarina apesar de não dominarem ainda bem a língua, conseguem impressionar os clientes ingleses com a qualidade dos enchidos que produzem, garantindo mais um contrato para a fábrica.

Gastão confessa a Sheila que a conversa com Adelaide foi difícil. A vendedeira faz com que o advogado sorria, pois diz que o seu careca consegue sempre tudo o que quer.

Diana conta a Eunice que Francisca foi libertada e que João lhe cedeu cinquenta por cento da Ioiô. Eunice confessa-se surpreendida pela atitude do médico, mas fica feliz pela filha. Isabel ouve a conversa e vai contar a Inês. Esta, já saturada das manobras da irmã, murmura que só gostava de a esquecer, o que é impossível.

Ricardo visita João e finge-se preocupado com a presença de Diana na empresa. O primo garante-lhe, ingénuo, que tudo ficará na mesma.

João repreende Adelaide, dizendo-se farto dos comentários desagradáveis da tia, quando ela insinua que a família é capaz de estar envolvida na morte de Henrique. Diana chega entretanto para dar carregada de cinismo as boas-vindas a Francisca, que não sabe como reagir. João olha Diana, sem conseguir disfarçar a raiva que lhe invade a alma. Imperturbável, a vilã dá os pêsames a Francisca e diz que rezou muito por ela. Adelaide continua a disparatar, enquanto João está cada vez mais furioso, à beira de perder o controlo. Para que isso não aconteça decide conversar com Diana a sós, repetindo que ela não vale nada. Diana mantém toda a calma do mundo e faz-lhe ameaças veladas, antes de se ir embora.

Francisca pergunta a João a que se deveu a visita da mulher. Adelaide antecipa-se e diz que foi gozar com eles. O médico vai para o quarto sem dizer palavra.

Francisca diz a Rita que está convencida de que Diana está a fazer chantagem com João.

Marisa fica desiludida com César porque o companheiro, apesar de já não ter o colar cervical, ele se recusa a fazer sexo com ela.

Inês procura Diana e diz-lhe na cara que se quer guerra, é guerra que vai ter. Inês jura à irmã que vai entrar a matar, deixando-a com uma expressão de preocupação.

Diana e Inês ameaçam-se e empurram-se mutuamente. Eunice entra no exacto momento em que Inês prende a irmã pelo pescoço e grita-lhe que pare, acusando-a de estar sempre a prejudicar a irmã. Eunice toma claramente o partido de Diana, que sorri por ter conseguido o seu objectivo, que é ficar com a mãe do seu lado. Aproveita para envenenar, ainda mais, Eunice contra Inês, fazendo-se de vítima. Eunice deixa-se manipular e oferece a Diana um computador portátil para trabalhar na Ioiô. Inês deixa-as sozinhas e vai refugiar-se no escritório do restaurante, pedindo a Isabel para não falar do que a atormenta.

João pede a Francisca e a Rita que confiem nele, resistindo a contar-lhes a razão de ter cedido a parte da mãe na empresa de brinquedos. Rita não se convence e promete a Francisca que vai descobrir tudo.

Diana engana Eunice, dando a ideia de que se está reconciliada com João. A mãe, mais uma vez, acredita.

Manel entrega dois projectos a Ricardo, dizendo que um deles contém as alterações impostas por Luís. Justifica que age desta forma para obter do patrão um julgamento imparcial. Ricardo, por seu lado, decide partilhar com Diana a avaliação de todos os projectos da empresa.

Gabriela conversa com Lourenço, mostrando-se confiante de que a chegada de Diana à Ioiô, vai retirar poder a Ricardo, ignorando que ambos são aliados.

Armando e Gi desesperam, pois Bernardo desata a chorar depois de assistir com Liliana ao filme que ela levou para o animar.

César persiste em frequentar o café, temendo que Álvaro dê o seu emprego definitivamente a Sandra. António e Graciete dizem que ele está a exagerar.

Inês desabafa no ombro de Isabel, dizendo que está desejosa de alugar uma casa e lamentando que Eunice se tenha voltado contra ela, preferindo tomar o partido de Diana.

João pede a Manel que não o obrigue a explicar a presença de Diana na empresa de brinquedos. O médico está mais uma vez enganado, pensando que neste conflito, Ricardo estará ao lado da família.

Catarina e Manel consultam folhetos para escolherem a sua futura casa e acabam por se beijar, apaixonados.

Álvaro brinca com César e deixa-o em sofrimento, por não lhe confirmar se vai querê-lo de volta para trabalhar no café, agora que tem Sandra a dar tão boa conta do recado a ajudá-lo.

Fátima fala com Marco e repara que o filho não lhe está a prestar atenção, mais preocupada em trocar mensagens no telemóvel. Fátima começa a desconfiar que o filho tem uma namorada.

Rita liga para a herdade e Daniel manda-lhe beijinhos através de Domingos. Ela manda dizer através do caseiro que ele não precisa ser simpático. Francisca que assiste à chamada da filha, sorri, acreditando que tanta rispidez pode significar que esteja a redescobrir o amor, mesmo dizendo que não gosta do veterinário.

Jaime e Isabel beijam-se apaixonados e ela lamente ter de voltar a casa para encontrar Luís. Quando isso acontece o marido recebe-a com insultos, fazendo estalar mais uma discussão, que só termina quando David os interrompe aos gritos.

Diana começa a manipular Gabriela, mostrando-se interessada em conhecer todos os colaboradores de empresa.

Diana visita Eunice no restaurante e insiste em colocar a mãe contra Inês.

João é pressionado por Rita e conta à irmã que Diana está a fazer chantagem com ele, confessando que foi ela a incriminar Francisca, levando-a a ser presa. Francisca escuta a conversa sem querer e fica chocada com o que ouve, desejando dar o troco à vilã. Diana entra nesse instante em casa dos Caldas Ribeiro, dizendo com grande desfaçatez que está de volta, para voltar a ser feliz com João. Este, Francisca e Rita, não acreditam que Diana teve a audácia de voltar para casa.

Inês vai ao M para conversar com a mãe, mas Eunice passa ao ataque, exigindo-lhe que não faça mal a Diana e que deixe a irmã em paz com João.

Sem desconfiar que Francisca e Rita já conhecem toda a verdade, Diana prossegue o seu jogo e aparece em casa dos Caldas Ribeiro, determinada em reatar o casamento com João como se nada tivesse acontecido. Este arranca Diana para o escritório e diz-se farto de aturar as suas chantagens. Ela lembra-lhe que não está em posição de reivindicar seja o que for e deixa no ar a ameaça de ser capaz de tudo para ficar com ele. João resigna-se e, quando volta a estar a sós com a mãe e com a irmã, recomenda-lhes que não façam nada contra Diana, deixando-o tratar do assunto. Francisca concorda com dificuldade. João vai dar uma volta, mas depara-se com dois pneus furados. Diana liga-lhe nesse instante para o telemóvel e diz que lhe fez esta surpresa porque quer tê-lo sempre perto de si, prevenindo que a partir de agora vai jogar duro com ele.

Graciete confessa a António que está a apreciar muito as visitas que Inês lhe faz, considerando-a como uma amiga. Marisa chega a casa e fica desagradada por saber que César foi de novo ao café.

César continua a perturbar o trabalho de Sandra mas Álvaro deixa-o desalentado ao elogiar o trabalho da rapariga.

Zé fica desalentado com Liliana que começa a sentir pena de Bernardo, mostrando-se disposta a ir consolá-lo mais um pouco.

Liliana diz a Sandra que tem um quarto para alugar e depois de uma visita, Sandra aceita mudar-se para a casa de Tremoço.

Adelaide provoca mais uma discussão com Gastão por não querer assinar o divórcio. Francisca perde a cabeça, espantando toda a gente e grita com a irmã, dizendo que não lhe vai permitir mais comentários desagradáveis.

Inês confessa a Isabel que se sente vazia, depois da discussão com Eunice e pelo facto da mãe ter deixado claro que opta por Diana se tiver de conservar uma filha em detrimento de outra.

Eunice deixa Diana eufórica quando lhe conta que já disse umas verdades a Inês. A vilã aproveita a maré para envenenar a mãe contra a irmã e para dizer que decidiu voltar a viver com João para salvar o casamento.

Francisca confessa a Rita que foi muito bem enganada por Diana.

Inês decide visitar Graciete depois do jantar e contar-lhe o que está a sofrer com Diana. A florista confessa, pesarosa a António, que Inês é a maior vítima dos seus erros e contudo, a que maior compaixão tem por si.

Tiago telefona a Eunice, confessando que está a aprender coisas incríveis nos cursos de culinária que está a frequentar em Barcelona. A mãe queixa-se de Inês, que só prejudica Diana. No entanto, Tiago defende Inês, dizendo que a irmã seria incapaz de atirar Diana por umas escadas.

Armando entra em desespero, pois Bernardo nem sequer se preocupa com o negócio de minhocas do pai. Armando aborrece Gi, dizendo que está quase a levar Bernardo a um bar de meninas, antes que ele decida frequentar um bar de meninos.

Gabriela tem de consolar Lourenço, desiludido porque a apresentação do livro infantil que escreveu foi um fracasso.

Manel e Catarina estão mais animados porque escolhem a casa onde vão morar.

Diana força João a dormir com ela, sob pena de matar Francisca, Rita ou ele próprio.

Francisca começa a relembrar momentos em que conversou com Diana e começa a acreditar que ela foi responsável pela morte de Frederico. Farta de ver João a sofrer, aproveita a ida do filho para o consultório e invade o quarto de Diana, dizendo que quer falar com ela, pois já sabe da chantagem que ela está a fazer à família. Diana fica chocada e preocupada com a determinação da sogra.

Diana enfrenta Francisca assim que percebe que não vale a pena fazer-se de vítima, uma vez que a sogra já sabe de todas as patifarias que ela fez. Francisca não consegue suportar as provocações de que é alvo e agride Diana com violência. Rita chega entretanto a casa e vê a mãe lavada em lágrimas. Depois de saber o que se passou, Rita concorda com a mãe que devem falar com João o quanto antes. Diana, por seu lado, disfarça com maquilhagem a marca que lhe ficou na face e sai de casa sem dirigir palavra a ninguém.

João visita Custódia na cadeia e garante que acredita na sua inocência. Por isso sossega a empregada dizendo que já contratou um excelente advogado para a defender. De regresso a casa, João fica preocupado quando Francisca relata o seu confronto com Diana, mostrando-se convicta que foi ela também a responsável pela morte de Frederico.

Inês toma o pequeno-almoço com Graciete e confessa que o relacionamento com Eunice está cada vez pior, por causa de Diana. A florista tenta desvalorizar a situação e fala a Inês com um ar maternal que a faz sentir-se bem.

Inês fecha o negócio para arrendar uma casa

César fica apreensivo com o sucesso que os petiscos de Sandra estão a fazer no café. Marisa pica-o e diz que se está assim tão preocupado, deixe de estar em casa e volte ao trabalho. Ele responde de imediato que lhe dói a espinha.

Sandra muda-se para casa de Liliana e Zé e deixa escapar que cada vez gosta mais de morar em Lisboa.

Catarina conta a Fátima o fiasco que foi a apresentação do livro de Lourenço. Fátima admite que qualquer dia ainda contrata Sandra para trabalhar na fábrica entusiasmada com a recuperação financeira da empresa que Armando Coutinho levou à falência. Os clientes ingleses encomendam entretanto uma grande quantidade de enchidos, tornando-se nuns dos principais clientes.

Diana faz-se de anjo na Ioiô e facilita a ida de Gabriela à consulta de gravidez. Lourenço e Gabriela ficam a saber que vão ser pais de um menino. A secretária fica satisfeita pela forma como Diana a tratou.

Adelaide espera Gastão em casa na expectativa de saber quem é a mulher com que ele anda. Fica desiludida porque o marido chega sozinho e sem paciência para responder às provocações de Adelaide.

Gi desespera com a depressão de Bernardo e insiste com Liliana para levantar o ânimo do filho. Armando insiste que já tinha resolvido o problema levando Bernardo a um certo sítio.

Zé não gosta nada do tempo que Liliana dedica a Bernardo e volta a manifestar os seus ciúmes.

António conta a Graciete que um colega foi despedido e confessa que começou a ficar preocupado, não vá suceder-lhe a mesma coisa.

Diana esquiva-se das investidas de Ricardo, reafirmando que é com João que quer ficar.

Diana manipula Eunice de tal forma que esta vai falar com Inês, oferecendo-se para comprar a parte dela no restaurante. Inês fica atónita com a proposta da mãe.

nas redes

pesquisar