SIC

Perfil

Aos domingos

Paulo de Carvalho

Saiba mais sobre este jurado

SIC MULTIMEDIA

Paulo de Carvalho é um nome incontornável na música portuguesa das últimas décadas.

Ao povo português deve os principais êxitos da sua carreira: E Depois do Adeus, Gostava de Vos Ver Aqui, Nini dos Meus Quinze Anos, Dez Anos, Prelúdio (Mãe Negra), Um Beijo à Lua, Os Meninos de Huambo, O Cacilheiro, Lisboa Menina e Moça, Os Putos, O Homem das Castanhas, entre outras

Como intérprete já percorreu muitos caminhos e esteve em várias experiências: Duas vezes vencedor no Festival R.T. P. da Canção (Portugal – 1974 e 1977);
Participação em festivais na Bulgária, Polónia, Bélgica, Chile, Rio de Janeiro e Espanha.

Aos 30 anos de profissão é homenageado pela Casa da Imprensa na Grande Noite do Fado.

Como autor-compositor tem mais de 300 canções escritas, compondo canções para muitos companheiros de profissão como Carlos do Carmo, Simone de Oliveira, Sara Tavares, Martinho da Vila, Anabela, Vasco Rafael, Lena D’Água, Mariza.

Paulo de Carvalho foi condecorado com o grau de Oficial da Ordem da Liberdade em 2009 pelo Presidente da República, sendo nesse mesmo ano considerado uma das melhores vozes portuguesas de sempre pela revista Blitz.

Tem tido uma participação muito activa na consolidação da democracia em Portugal. Foi uma canção cantada por Paulo de Carvalho, “E Depois do Adeus”, que serviu como primeira senha no 25 de Abril de 1974, Revolução dos Cravos.

Paulo de Carvalho – A VOZ, como lhe chamam, mas mais importante, o Autor, o Compositor e o Cidadão, que neste ano de 2017 está a cumprir 55 anos de carreira e prepara muitas surpresas.

nas redes

pesquisar