SIC

Perfil

Melhores Momentos

João Couto é o vencedor da 6ª edição de Ídolos

O finalista ficou sem palavras e não conteve as lágrimas quando João Manzarra anunciou o vencedor!

Rui de Oliveira

A Final de Ídolos foi recheada de grandes emoções e contou com o regresso dos ex-finalistas!

O TOP 12 abriu a Grande Final com Firestone de Kygo!

Os 3 finalistas subiram ao palco e cantaram as suas músicas favoritas: Sara Martins cantou Valerie de The Zutons​; João Couto escolheu Pica do 7 de António Zambujo e Paulo Sousa trouxe Cry Me A River de Justin Timberlake ao palco do Ídolos.

- Vê aqui as três atuações!

Seguiu-se a atuação de um dos convidados musicais: Conchita Wurst encantou com You Are Unstoppable!

Cada um dos 3 finalistas voltou a subir ao palco, desta vez para cantar a música que tinha levado ao MEO Arena:

- João Couto cantou Englishman In New York de Sting

​Vê aqui a atuação de João Couto!

- Paulo Sousa cantou Just The Way You Are de Bruno Mars

​Vê aqui a atuação de Paulo Sousa!

- Sara Martins cantou You And I de Lady Gaga

Vê aqui a atuação de Sara Martins!

Depois, foi a vez de Boss AC, convidado musical, trazer boas vibrações ao palco do Ídolos, com Tem Calma, Relaxa!

Chegou a altura de saber qual dos finalistas é que ficou em terceiro lugar: Paulo Sousa!

João Couto e Sara Martins passaram à última ronda de atuações e deram o tudo por tudo para convencer os portugueses:

- João Couto cantou Something dos The Beatles

​Vê aqui a atuação de João Couto!

- Sara Martins cantou Cosmic Love dos Florence And The Machine

Vê aqui a atuação de Sara Martins!

Antes de se conhecer a decisão dos portugueses, os 9 ex-finalistas trouxeram ainda um medley ao palco do Ídolos!

Chegou a hora do veredito: João Couto é o concorrente favorito dos portugueses e torna-se, assim, no novo Ídolo de Portugal!

Sara Martins ficou em 2º lugar mas, em entrevista, disse que sentiu que "não morreu na praia".

Depois do espanto e das lágrimas de emoção, João Couto cantou o single da Universal pela primeira vez no palco do Ídolos: Chama Por Mim de Diogo Piçarra.

A 6ª edição do Ídolos termina assim com a consagração de João Couto, um finalistas que nunca ficou em risco de ser eliminado e que ganha não só o título de Ídolo de Portugal, mas também 30 mil euros, um Opel Corsa e um contrato discográfico com a Universal!

nas redes

pesquisar