SIC

Perfil

De segunda a sábado

VEM AÍ: Sara e Fernando começam a traficar tabaco!

Sara começa um novo negócio com Amaral por causa de Fernando

Paulo Goulart Photography

Fernando apresenta o capitão Vieira a Amaral e César e combinam a operação do contrabando de tabaco. Raia observa tudo de longe.

Vieira recebe, contrariado, as instruções de Fernando sobre a operação de contrabando de tabaco. Amaral avisa de que as coisas têm de ser bem feitas ou será mau para todos e afasta-se com César. O capitão do barco diz a Fernando que não o apanha noutra e protesta por não ganhar nada apesar do risco que vai correr. O patrão promete-lhe que ganhará bom dinheiro no futuro. Raia que observou tudo escondido decide ir atrás de Amaral e César.

Raia conta a Sara que Fernando aceitou fazer contrabando de tabaco para pagar as dívidas que contraiu nas apostas dos combates ilegais. O pescador avisa que a mercadoria já deve estar a ser carregada para o barco e a empresária garante que não vai permitir que isso aconteça. Depois de Raia sair, Sara tem um acesso de fúria e varre tudo o que tem em cima da secretária.

Raia, vigia o embarque do tabaco de contrabando e informa Sara dos movimentos de Fernando, Vieira e Amaral. Ela diz-lhe para não fazer nada por enquanto.

Sara, surpreende Fernando, Amaral e Vieira na fábrica e opõe-se ao embarque do tabaco de contrabando. Fernando fica muito tenso e Amaral diz com cara de poucos amigos que fez um acordo com ele. Sara dispara que ele fez mal e que devia ter feito o acordo com ela. Enfrentando o traficante, impõe as suas condições para que o contrabando de tabaco se faça a bordo do seu barco. A primeira é que ele perdoe a divida de jogo que Fernando contraiu e a segunda é receber uma percentagem dos lucros. O marginal percebe que está perante uma negociadora dura e fecha o negócio com ela.

No gabinete da Faina Norte, a sós, Sara solta toda a sua fúria em cima do marido, censurando-o por ter voltado ao jogo, roubando para apostar o dinheiro que também é dela. Fernando ainda se tenta defender mas Sara reafirma que não quer entrar no negócio do contrabando de tabaco por não confiar em Amaral e deixa claro que se ele não deixar o jogo também não confiará em si.

nas redes

pesquisar