SIC

Perfil

Todos os dias

VEM AÍ: Sara e Fernando decidem matar Rita!

Rita vai à Islândia procurar informações sobre a mãe e o casal concorda em cortar o mal pela raiz

Christian Gnad

Sara conta a Fernando que Rita está a caminho da Islândia para falar com Jón sobre o paradeiro da mãe e decreta que têm de a fazer parar de remexer no passado, cortando o mal pela raiz.

Horácio vai ao hospital e conta a António que a sua casa foi assaltada e o quarto de Rita virado do avesso. António reaje de imediato e começa a vestir-se a custo, dizendo que não fica internado nem mais um minuto e que vai ter com Rita à Islândia. Horácio fica preocupado e sublinha que a mãe dele não vai gostar nada da sua decisão.

Rita consegue chegar à fala com Jón e apresenta-se como filha de Luísa. O homem fica surpreendido e reitera que a mãe lhe contou há vinte anos que ela tinha morrido. Rita insiste em descobrir o paradeiro de Luísa mas Jón assegura-lhe que a tarefa não será fácil por que Luísa já não existe. Pelo menos com aquele nome.

Jón conta a Rita que ajudou Luísa e Kiko a obterem identidades novas e acredita que a mãe dela desapareceu no mundo para esquecer o passado e refazer a vida. Rita teme que a mãe possa ter morrido.

Enquanto Rita conversa com Jón, no exterior da empresa, um capanga enviado por Fernando para a eliminar recebe uma chamada do patrão a dizer-lhe que tem de aproveitar a oportunidade para fazer o serviço.

Jón confessa a Rita que quando acolheu Luísa e o filho, o que mais lhe custou foi lidar com o estado de perturbação dela e estranha que Luísa tenha mentido quando lhe disse que a filha tinha morrido. Rita conta que foi entregue a uma instituição e mostra um desejo incontrolável de encontrar a mãe. Jón dispõe-se a ajudá-la como puder e começa por lhe dar abrigo na sua casa, chamando o motorista para a levar. Quando o carro arranca, o capanga enviado por Fernando trata de a seguir acompanhado por outro homem.

A caminho da casa de Jón, Rita pára num miradouro e telefona à irmã Madalena e conta-lhe o que apurou sobre a mãe, convicta de que ela fugiu para tão longe porque estava a ser mesmo perseguida por alguém que a queria apanhar. Madalena recomenda-lhe que tenha cuidado e desliga. Depois conversa com Renata, pois a cabeleireira foi à instituição para adoptar uma criança.

Rita instala-se em casa de Jón e recebe uma chamada de António a dizer-lhe onde está. Rita fica muito feliz e dá-lhe as indicações de que ele precisa para ir ter com ela. Fora da casa, escondido, o capanga enviado por Fernando para acabar com ela verifica a sua arma e as munições.

Depois de saberem que António foi atrás de Rita, Sara e Fernando concluem que têm de abortar o plano que traçaram para a eliminar.

O capanga enviado por Fernando e Sara para eliminar Rita arromba a casa de Sven e ataca-a com violência, tentando amarrá-la. Rita luta com o criminoso mas é agredida na cabeça, tombando atordoada no chão. Quando o homem se prepara para a imobilizar,

António chega naquele momento e põe-no fora de combate com uma forte pancada na cabeça. António precipita-se para Rita e pergunta-lhe se ela está bem.

nas redes

pesquisar