SIC

Perfil

De segunda a sábado

Resumo: 179º Episódio - 13 de novembro (segunda-feira)

António é compatível com o filho e pode doar-lhe medula para o salvar!

Christian Gnad

*OS RESUMOS DOS EPISÓDIOS ESTÃO SUJEITOS A MUDANÇAS EM FUNÇÃO DA EDIÇÃO DA NOVELA

Joaquim tenta perceber se foi Eva quem falou da sua ideia à concorrência de utilizar especiarias nos chás. Ela nega que tenha conversado sobre o assunto e aponta outros possíveis culpados. Afonso aparece em seu socorro e leva o avô para falar com ele a sós, transmitindo a ideia de que enquanto ele está a culpar Eva pelo sucedido, o verdadeiro culpado pode ficar impune.

Vítor leva Patrícia ao barco e fica maravilhado por ele viver ali. Algo desajeitado diz que a acha gira e ela confessa que lhe ficará para sempre agradecida por a ter salvado. Ele promete arranjar uma boa desculpa para a visitar e ela mostra-se feliz por isso. Vítor vai embora igualmente radiante.

Renata fica de boca aberta quando regressa ao spa e o encontra cheio de clientes. Lucinda diz com orgulho que dado a sua ausência teve de fazer pela vida e diz-lhe que vá fazer massagens, enquanto ela se dedica aos penteados.

Raquel disfarça-se de psicóloga da escola de Elsa e convence a Irmã Madalena a afastá-la do Abrigo com o pretexto de que ele está a descurar os estudos para ajudar os miúdos da instituição.

Romão junta Rita e António na Mercearia para lhes perguntar de tentaram contactar o médico que fez o parto de Duarte. Como eles negam, o inspector revela que Vasques desapareceu com a família sem deixar rasto e assume que a investigação sobre o rapto do bebé fica mais difícil.

Zé Paulo conta a Renata que Raquel ameaçou fazer mal e Elsa e Cláudia se ele não testemunhar que Tiago matou Hélder em legítima defesa. A cabeleireira nem tem tempo para digerir a informação porque recebe uma chamada a avisar que Duarte piorou e sai disparada do salão para o hospital.

Kiko convida Cláudia para sair mas ela acha melhor não provocar o tio que ficou zangado por ela lhe ter desobedecido quando saiu na outra noite sem autorização. Kiko defende Zé Paulo e Cláudia concorda que o tio está a atentar fazer de pai para ela e para a irmã e chora com saudades do pai, confessando que sente a sua falta. Kiko limpa-lhe as lágrimas do rosto e Vítor aparece radiante a dizer que quer ir beber copos porque está de bem com a vida.

Bruno está de mau humor às voltas com um carro que não consegue arranjar e Vítor irrompe todo animado pela oficina e gaba-se de ter salvado a sua princesa das garras de um vilão. O patrão acha que ele está louco e manda-o voltar a estudar e vigiar Eunice.

Luísa está muito tensa e preocupada e confessa a Jaime o receio que tem de que Sara faça mal a Duarte. O marido tenta acalmá-la e dúvida que Sara tenha coragem de magoar o próprio neto.

Vasco discute com Rita na Mercearia, acusando-a de encontrar todos os pretextos para estar com António. Ela justifica que têm um filho em comum mas o jornalista verga-se ao ciúme e diz antes de sair que não está na disposição de implorar o seu amor. Carmo aproxima-se de Rita mas ela não pode ficar à conversa porque recebe uma mensagem de Renata a pedir-lhe que vá até ao hospital porque Duarte piorou.

Sal fica preocupada quando Jarvis conta que os carros não apareceram porque um dos ladrões foi apanhado e o outro fugiu e assegura que negará tudo se alguém a acusar dos roubos. Jarvis fica assustado porque a patroa deixa claro que o dará como culpado e cheio de ciúmes quando ela elogia Vítor, que a apoia na ideia de fingirem que não tiveram nada com aquele assunto.

Elsa fica muito magoada com a Irmã Madalena quando ela diz que não a quer mais a ajudar os meninos da instituição, porque uma psicóloga da sua escola lá foi e alegou que as notas podiam ser melhor se ela não se dispersasse. Elsa acha que a Irmã a está a afastar porque a quer longe de Flávio e confessa que o viu na rua.

Renata chora de forma descontrolada e quando Rita e António chegam ao hospital só lhes consegue contar que a médica a informou que Duarte está pior. Entretanto, Lígia vai ter com eles e revela que a infecção de Duarte é muito grave mas adianta igualmente a boa notícia de que António é compatível com o filho e pode doar-lhe medula para o salvar. No entanto, a médica adverte que a situação do bebé é muito delicada.

Vítor ensina André a manusear a mota que lhe arranjou mas o irmão não se entende com a “velha máquina”. Vítor tenta espicaçá-lo e conta que viu Kiko a dar a mão a Cláudia mas como nem assim ele se entusiasma e ainda por cima dispara que ela nem gosta de motas, decide ir ele dar uma volta.

Bruno desabafa com Matilde e confessa o medo que tem que Eunice o troque por outro homem. A sogra finge que está contra ele e diz que todos os homens são melhores do que ele e se quisesse já o tinha traído. Bruno fica ainda mais deprimido e Matilde afasta-se dele sustendo um sorriso.

Lucinda faz o jantar muito bem disposta e desafia André a provar, reconhecendo que não pode andar sempre a reclamar da vida. O filho fica surpreendido com tanta simpatia mas perde o sorriso quando ela assume já saber que foi Cláudia quem acabou o namoro com ele, aconselhando-o a ir dar-lhe apoio no concerto para não a perder. André detesta a intromissão da mãe.

Elsa acusa Zé Paulo de ter mandado a psicóloga da escola afastá-la da instituição mas o tio diz que não sabe do que é que ela está a falar e promete averiguar junto da Irmã Madalena e da escola o que é que se passou. Cláudia protesta com eles por estarem a perturbar o seu ensaio para o concerto.

nas redes

pesquisar