SIC

Perfil

Todos os dias

Resumo: 92º Episódio - 11 de agosto (sexta-feira)

Hélder manipula os moradores do bairro e convence-os a exigirem casa noutro local; Rita desespera na prisão!

Christian Gnad

Renata pensa que Joaquim se arrependeu pela noite que passaram juntos e começa a convencer-se que ele a vai deixar por causa da mulher. Ao contrário, Joaquim toma-a nos braços e beija-a, pedindo-lhe que nunca mais diga que não é importante. A cabeleireira fica feliz e devolve o beijo com grande paixão.

Zé Paulo conta a Sofia que Matilde ajudou a manter o Meia Desfeita a funcionar na sua ausência e que Tiago lá esteve a confirmar que os solos do Bairro dos Pescadores estão contaminados. O irmão defende que ela e as filhas devem deixar a casa onde vivem, mas Sofia, Elsa e Cláudia recusam-se a mudar.

Hélder esforça-se por convencer Lucinda, Vítor e André de que Tiago e a Faina Norte vão solucionar o problema da contaminação dos solos do bairro porque não querem escândalos. Lucinda acaba por concordar que devem dar uma oportunidade a Tiago para resolver o problema. Vítor começa a coçar-se e teme ir parar ao hospital como aconteceu a Sofia.

Bruno censura Matilde por ter ido ajudar a manter o Meia Desfeita aberto, quando devia estar a trabalhar no outro restaurante. Eunice não gosta da implicância do marido com a mãe e diz que ele devia era preocupar-se com os lixos tóxicos que estão a afectar o bairro. Bruno reage com ironia e referindo-se a Matilde diz que é isso que está a fazer. Quando fica a sós com a mãe, Eunice pede-lhe que se explique por ter deixado o novo restaurante para ir socorrer o Meia Desfeita e perante a resposta evasiva que ela dá, fica desconfiada.

Madalena conta a António que Rita está muito revoltada e cada vez mais agressiva por estar presa e ele pergunta se o inspector Romão acredita na inocência dela. A Irmã acha que sim mas reconhece que todas as provas apontam Rita como a grande suspeita da morte de Nuno.

Agitada na sua cela, Rita recusa-se a comer o pequeno-almoço e atira furiosamente com o tabuleiro pelo ar. Romão assiste ao incidente e pede-lhe que se acalme.

Sara, interpela Fernando que se prepara para viajar e censura-o por estar a fugir e deixá-la sozinha a resolver os problemas que ele criou. O marido recorda-lhe com azedume que foi ela quem o afastou dos negócios e da família e que a sua prioridade agora é estar com Afonso. Sara fica muito irritada e estranha que só agora lhe tenha dado para ser pai. Fernando sai porta fora e Sara fecha a porta de casa com violência.

Raquel mostra a Tiago os acordos para que os moradores deixem o Bairro dos Pescadores mas ele interroga-se se não será melhor resolver primeiro o problema de Sofia. Raquel lembra que Hélder está a fazer o seu trabalho a manipular as pessoas mas Tiago não confia nele. Raquel concorda que Hélder é ganancioso mas assume que podem bem com gente como ele. Tiago recorda Clara e Raquel manipula-o dizendo que ambos têm o que resta da irmã.

Hélder dá continuidade ao seu plano e começa a convencer os moradores do bairro a exigirem à Faina Norte que os ajudem a deixar o bairro, arranjando-lhes casa noutro local. Horácio e Zé Paulo nem se apercebem de que estão a ser manipulados.

Renata conta a Sofia que teve uma noite maravilhosa com Joaquim e confessa que está apaixonada. A amiga não concorda com aquela relação e lembra-lhe que mais uma vez escolheu erradamente um homem casado. Renata sente-se desapoiada.

Quando chega à oficina e percebe que a sua moto de colecção está toda amolgada, o cliente ameaça Bruno de lhe fechar o negócio caso não a ponha como nova. Vítor ainda se junta ao patrão para justificar o injustificável mas o homem reitera a ameaça e vai-se embora furioso. Pedro censura Bruno e Vítor mas este diz que tem uma ideia para resolver o problema.

Carmo estranha que Joaquim ande a sair de noite até tarde mas ele justifica-se dizendo que precisa de arejar e que tem estado com amigos.

António pede a Patrícia para que convença Filipa a testemunhar na polícia a favor de Rita e assim provar que ela não matou Nuno.

Sofia obriga Zé Paulo a telefonar para Matilde e pedir-lhe que regresse à cozinha do Meia Desfeita. Só assim aceitará ir para casa. O irmão lá faz a chamada a custo e a cozinheira aceita ir fazer os almoços.

Vítor convence Bruno a comprar peças roubadas para concertar a moto que destruiu e assim acalmar a fúria do cliente lesado.

Quando regressa a casa, Sofia surpreende Cláudia a comentar com André a primeira vez que dormiram juntos. André vai-se embora muito atrapalhado e Cláudia não está menos constrangida. No entanto, Sofia tem com ela uma conversa pedagógica e só lhe pede que tenha cuidado e se proteja nas relações sexuais. Cláudia fica aliviada e abraça a mãe.

Zé Paulo resmunga com Matilde mas não tem outro remédio senão aceitá-la vaidosa como é dos seus cozinhados. Romão aparece no Meia Desfeita e mostra a fotografia onde Luísa aparece ao lado de Nuno antes de ele ser assassinado. Matilde confirma que ela esteve no restaurante mas acompanhada por outro homem.

Patrícia tenta convencer Filipa a ilibar Rita da morte de Nuno mas ela recusa-se a falar do assunto em nome da amizade que têm. Patrícia fica frustrada.

António visita Rita e tenta animá-la dizendo que está a fazer tudo para a tirar da cadeia. Rita está cada vez mais descrente.

Fernando vai visitar Afonso e é mal recebido por Isabel. Quando o rapaz sai para uma reunião, Isabel e Fernando trocam acusações. Isabel exige-lhe que se afaste da sua família mas ele assegura que vai recuperar o tempo perdido junto do filho.

nas redes

pesquisar