SIC

Perfil

Todos os dias

Resumo: 50º Episódio - 28 de junho (quarta-feira)

Para ajudar Patrícia, Rita acolhe uma criança refugiada

ana antonio bento

*OS RESUMOS DOS EPISÓDIOS ESTÃO SUJEITOS A MUDANÇAS EM FUNÇÃO DA EDIÇÃO DA NOVELA

Bruno, não esconde a sua felicidade por estar de novo em casa mas Matilde não lhe dá tréguas e provoca mais uma discussão. Genro e sogra apostam quem será deles o primeiro a sair. Pedro chega exausto e o pai pergunta-lhe por onde andou. O rapaz reage com enfado e diz que esteva trabalhar. Bruno, tenta saber quando é que ele quer começar a trabalhar na oficina e Pedro responde que isso foi uma ideia parva e vai dormir. Bruno e Matilde trocam um olhar de preocupação, esquecendo por instantes a briga que estavam a ter.

Lucinda provoca Renata no Meia Desfeita e insinua que ela anda a desencaminhar os jovens rapazes do bairro. A cabeleireira devolve o insulto e recomenda-lhe que vigie o filho, revelando que Vítor a convidou para assistir a uma corrida. A discussão sobe de tom e Mário é obrigado a intervir.

André fica baralhado com os conselhos que Vítor lhe dá para o encontro íntimo com Cláudia mas acaba por não ligar muito ao que o irmão lhe diz.

Sofia e Cláudia preparam-se para saírem de casa e dão com Elsa a dormir na sala em cima dos livros. Ela desperta estremunhada e esclarece que ainda pode ir descansar porque o teste que vai ter na escola é só à tarde. Sofia comenta com Cláudia a mudança que se verifica no comportamento de Elsa, que está muito mais aplicada mas a filha mais velha é de opinião que ela não está bem e que devem levá-la na mesma ao psicólogo. Sofia, no entanto, está disposta a esperar mais algum tempo.

Bruno chega à oficina e conta a Vítor com grande entusiasmo que voltou para casa porque Eunice finalmente percebeu a falta que ele faz. O empregado aproveita a boa disposição dele para o convencer a deixar que ele arranque com o seu próprio negócio ali na oficina, comprometendo-se a pagar-lhe uma renda. Primeiro, Bruno mostra-se renitente, mas depois acaba por aceitar.

Jarvis vai ter disfarçado com Nelo ao Meia Desfeita e confessa que se vestiu assim porque receia que a polícia descubra que foi ele quem roubou as placas de sinalização da estrada. De tanto querer passar despercebido, o efeito que provoca é exactamente o contrário.

Rita confirma a Horácio que Pedro os traiu e convence-se finalmente de que não podem contar com ele para o combate contra Sara e Fernando. Horácio decide então ir falar com os pais do rapaz, uma vez que lhes prometeu olhar por ele na Faina Norte.

Sara, faz um ultimato a Hélder e ao mesmo tempo que lhe estende um envelope com dinheiro, exige-lhe que saia lá de casa, justificando que ele é uma má influência para o irmão, que arrastou para o casino. O cunhado ainda tenta convencê-la a mudar de opinião mas fica furioso com a sua intransigência e sai porta fora, deixando-a com o dinheiro na mão.

Patrícia pede a Carmo para tirar o resto do dia na Mercearia, justificando que tem um problema para resolver. Carmo não fica satisfeita mas acaba por ceder. Já Eunice, continua muito desconfiada com a rapariga e comenta que ela tem sempre muitos problemas.

António pede desculpa a Tiago por ter falado duramente com ele no dia anterior e tenta a reaproximação. Só que o irmão continua a culpá-lo pelo acidente que lhe mudou a vida para sempre.

Sofia apanha Lucinda sentada em vez de estar a trabalhar e vai pedir-lhe satisfações. Ardilosa, Lucinda finge que está cheia de dores e pede mais um tempo para descansar. Sofia acaba por ceder mas quando vira costas, Lucinda ri-se dela.

André e Cláudia encontram-se no quarto de hotel que ele alugou para se envolverem a primeira vez. Ambos confessam que estão nervosos mas quando começam a beijar-se, tombam em cima da cama, muito apaixonados.

Entretanto, Elsa sente-se mal em casa sem conseguir respirar. Muito aflita, liga para a irmã e conta o que se está a passar, dizendo que precisa de ajuda e estragando o encontro romântico da irmã com o namorado. Cláudia diz que tem de ir para casa e André compreende a situação mas fica desanimado.

Rita é chamada pelo seu antigo comandante na Marinha e fica desiludida porque é informada de que não pode regressar à vida militar, pois teria de começar tudo de novo. Rita agradece ao comandante por ter tentado ajudá-la e vai embora frustrada.

Hélder pede a Fernando que convença Sara a deixá-lo ficar lá em casa ou que pelo menos lhe arranje um emprego na fábrica. O irmão acaba por concordar em falar com a mulher.

Cláudia e André encontram Elsa caída em casa com dificuldades respiratórias e descobrem que ela anda a tomar comprimidos para estudar melhor. Apesar de Elsa não querer, levam-na para o hospital. A irmã suplica-lhes que não contem nada aos pais

Inês procura Afonso para lhe justificar o seu envolvimento com Kiko e pedir que continuem amigos mas ele continua a achar que eles o traíram e manda-a embora.

Fernando intercede por Hélder e tenta convencer Sara a deixá-lo continuar lá em casa ou a permitir que ele trabalhe na fábrica. Ela fica muito irritada e entrega o envelope com dinheiro que tentou dar ao cunhado e diz ao marido que o convença a aceitar e que desapareça de vez.

Tiago desabafa com Raquel por já não ter com o irmão a mesma relação que tinham antes do acidente. Ela tenta animá-lo e conta que já falou com uma pessoa influente que os vai ajudar no projecto que idealizou para os terrenos onde estão alojados os pescadores.

Elsa fica furiosa com Cláudia porque a irmã chama os pais ao hospital. Mário e Sofia ficam muito preocupados com o facto de lhe ter sido diagnosticado um problema no coração. Elsa teme que eles fiquem a saber que ela anda a tomar comprimidos.

Fernando entrega a Hélder o envelope com dinheiro que Sara lhe deu e diz-lhe que apesar de ter tentado convencê-la a deixá-lo ficar, Sara recusou. Hélder recebe mal a notícia e acusa Fernando de também não o querer por perto.

Bruno fica estarrecido quando Horácio lhe conta que Pedro anda metido no contrabando de tabaco que fazem na Faina Norte. Preocupado com o que possa suceder ao filho, Bruno agradece ao amigo por o ter avisado.

Rita ajuda Patrícia e acolhe no seu barco a menina refugiada, até que a família que a vai adoptar esteja pronta para a receber.

nas redes

pesquisar