SIC

Perfil

Todos os dias

Resumo: 48º Episódio - 24 de junho (sábado)

O Inspetor Romão ameaça Sara e Fernando; Filipa tenta reconquistar António

Christian Gnad

*OS RESUMOS DOS EPISÓDIOS ESTÃO SUJEITOS A MUDANÇAS EM FUNÇÃO DA EDIÇÃO DA NOVELA

Sara, insiste com Fernando em que têm de se livrarem definitivamente de Rita mas o marido recusa-se a matar a rapariga. Nesse momento, Sara avista Romão e diz a Fernando para se calar. O inspector fala com tacto e revela que o assunto que o levou ali é Rita e deixar Sara e Fernando estarrecidos quando lhes garante que se algo acontecer à rapariga, irá investigar o caso em que Nuno foi condenado por ter morto o sócio e que vai descobrir que o que acontecer a Rita estará relacionado com a morte do pai dela.

O comandante de Rita na marinha promete-lhe fazer o que estiver ao seu alcance para a ajudar a regressar.

Sara e Fernando contestam o tom ameaçador com que Romão alerta que está muito atento a Rita e a promessa de que se lhe acontecer alguma coisa, terá motivos para reabrir o processo da morte do pai dela. O casal esforça-se por transmitir a ideia de que sempre a ajudaram e que foi ela quem se afastou. Quando o inspector vai embora, Sara e Fernando deixam cair a máscara e mostram-se preocupados com o que ele possa descobrir.

Filipa tenta a reaproximação a António dizendo que já sabe que ele se separou de Rita, oferecendo-se para o ouvir se ele quiser desabafar. Tiago fica surpreendido com a visita de Filipa e depois de ela ir embora, saúda que António tenha voltado para ela em tempo recorde. O irmão esclarece que isso não aconteceu e fica irritado quando Tiago reforça que ele deve esquecer Rita porque ela o enganou. Quando Tiago começa a lamentar-se dos efeitos que o acidente provocou na sua vida, António lembra-lhe que só ia a conduzir o carro porque ele estava bêbado.

Sara e Fernando continuam preocupados com a visita que o inspector Romão lhes fez e tentam convencer-se de que será impossível à Polícia Judiciária descobrir que foram eles que planearam e consumaram o assassinato do pai de Rita.

Isabel fica irritada com Joaquim e Afonso por sentir que a estão a tratar como uma inválida, insistindo para que não vá trabalhar e para que fique em casa a descansar. Para acabar com a discussão, Afonso oferece-se para ir com ela para a plantação e dispõe-se a aprender tudo sobre o negócio do chá. Isabel fica mais animada mas Joaquim não esconde a sua apreensão pelo estado de saúde da mulher.

Luísa recebe com agrado a intenção de Afonso em começar a trabalhar na fábrica e sugere-lhe que faça um estágio em cada sector da empresa. Ele gosta da ideia inicia a visita à empresa acompanhado por Isabel.

Filipa está a conversar sobre António com Patrícia quando Rita entra na Mercearia. De imediato afasta-se e Rita comenta com Patrícia que não percebe como é que ela consegue dar-se com Filipa. Entretanto, combinam conversar mais tarde sobre o acolhimento das crianças que Patrícia pretende resgatar aos campos de refugiados.

Hélder desafia Fernando para irem jogar num casino clandestino mas ele faz tudo o que pode para se esquivar. No entanto, o irmão mostra-se muito insistente e deixa escapar que sempre soube muito bem guardar os seus segredos. Fernando sente-se chantageado e fica indeciso.

Bruno estranha a passividade de Vítor e ele acaba por confessar a sua desilusão com as mulheres. Pedro aparece na oficina e pede ao pai que o deixe trabalhar com ele. Vítor protesta e diz que nem pensem em substituí-lo. Bruno manda-o embora e pressiona Pedro para que lhe conte o que aconteceu na Faina Norte para ele querer sair. O filho fica muito enervado e vai embora da oficina, deixando Bruno pensativo pela sua reacção intempestiva.

Sofia elogia Elsa pela boa nota que tirou na escola e por vê-la a estudar quando entra em casa. A filha responde de forma seca e Sofia chama-lhe à atenção para as suas reacções dizendo que devido a elas lhe marcou consulta num psicólogo. Elsa reafirma que não quer ir e quando a mãe a deixa sozinha para que continue a estudar, toma mais dois comprimidos.

Lucinda lamenta que Afonso tenha ido embora, fazendo com que deixem de ter a renda que ele pagava pelo quarto. Horácio é de opinião que ela devia agradecer a Sofia por lhe ter devolvido o emprego na fábrica e Lucinda fica irritada disparando que ela não fez mais do que a obrigação.

André pede dinheiro emprestado a Vítor e justifica que quer levar Cláudia para um hotel. O irmão aceita ajudá-lo dizendo que o faz porque é para uma boa causa e sai de casa para ir tratar de um assunto que deixou inacabado.

Matilde, quer convencer Mário a participar num concurso para eleger o melhor prato de bacalhau do distrito de Aveiro mas Sofia avisa que o marido não deve aprovar a ideia.

Renata embriaga-se e chora sozinha os seus desgostos de amor. Vítor aparece-lhe em casa e convida-a para ir assistir a uma corrida em que vai participar. Ela recusa, dizendo que já não tem idade para aquelas coisas e o mecânico muda de estratégia e declara-lhe o seu amor. Renata dispara que ele é demasiado novo para ela e enfatiza que não quer ter mais problemas no bairro, pedindo-lhe que se vá embora. Vítor fica desiludido e humilhado.

Isabel conta a Joaquim que já tem consulta marcada para ir ao médico mas recusa que ele a acompanhe, dizendo que quer que a sua vida volte ao normal, agora que Afonso voltou para casa. Joaquim não está tão optimista e teme o efeito que Fernando possa ter sobre ele e a reacção de Carmo.

Afonso faz um escândalo em casa de Inês quando ela e Kiko lhe revelam que estão juntos, sentindo-se traído por ela e pelo melhor amigo. Inês fica muito perturbada e depois de Afonso se ir embora furioso, pede a Kiko que a deixe sozinha.

nas redes

pesquisar