SIC

Perfil

Todos os dias

Resumo: 39º Episódio - 14 de junho (quarta-feira)

Jaime pressiona Luísa e ela conta toda a verdade sobre o seu passado!

Christian Gnad

*OS RESUMOS DOS EPISÓDIOS ESTÃO SUJEITOS A MUDANÇAS EM FUNÇÃO DA EDIÇÃO DA NOVELA

Joaquim força Afonso a conversar com ele e tenta fazer com que ele perceba porque lhe esconderam que Fernando é o seu pai. O neto reaje com azedume e frisa que já tem idade para perceber se ele é boa ou má pessoa. Antes de se ir embora da casa de Lucinda, Joaquim faz questão de dizer a Afonso que se as coisas não correrem com Fernando como ele está à espera, o recebem de braços abertos. Afonso vê o avô afastar-se e fica a pensar em tudo o que ele lhe disse.

Rita e António ficam perplexos quando ficam a saber na secretaria do hospital que não existe qualquer registo das mortes de Luísa e Francisco. A funcionária aconselha Rita a investigar no cemitério sobre se a mãe e o irmão estão realmente mortos.

Jaime regressa a casa muito perturbado e quando Luísa lhe pergunta por onde andou, explode de raiva e estende-lhe os documentos que obteve através de Rodrigo, acusando-a de ter apagado todo o seu passado. Luísa fica em pânico, sem saber o que dizer ao marido e entre lágrimas, conta finalmente quem é e revela que há vinte anos o seu primeiro marido foi assassinado e que ela teve de fugir por recear que lhe acontecesse o mesmo. Jaime fica ansioso por saber mais detalhes.

Sara, insiste com Fernando para que acabem de vez com Rita, agora que ele está cada vez mais perto de descobrir o que aconteceu à sua família e cada vez mais íntima de António. O marido reafirma que não quer envolver-se em mais mortes.

Isabel fala com Joaquim ao telefone e ambos concordam que não vale a pena forçar Afonso a não se dar com o pai. Isabel fica desanimada quando o marido confirma que só regressará a casa no final da semana e esconde-lhe que está cada vez pior se saúde.

Depois de Joaquim desligar, Carmo que ouviu a conversa dele com a mãe mostra-se ansiosa e desanimada por não conseguir relacionar-se normalmente com o filho e por recear perdê-lo de vez para Fernando. O pai tenta confortá-la e diz que Afonso acabará por perceber que eles são a sua verdadeira família.

Luísa discute com Jaime, pois o marido não consegue compreender porque é que ela fugiu deixando uma filha para trás, sem sequer ter denunciado à polícia os crimes de Fernando. Luísa chora e justifica a sua opção de fuga e assegura que Fernando foi atrás dela para a matar.

Rita confessa a António que desconfia que alguém quer que ela pense que a mãe e o irmão estão mortos, porque já tentaram enganá-la uma vez. Apesar da ansiedade que sente por não saber ainda a verdade sobre o que aconteceu à sua família, Rita deixa-se envolver pelos beijos do namorado.

Pedro conta Horácio que os contrabandistas liderados por Raia querem que ele volte ao trabalho já na próxima viagem. Horácio fica preocupado, pois teme que lhe aconteça o mesmo que aconteceu a Simão, que foi encontrado morto no porto.

Lucinda invade a casa de Renata e proíbe-a de andar a desencaminhar Vítor. A cabeleireira defende-se e assegura que não quer nada com as criancinhas dos outros. Lucinda chama-lhe velha solitária que anda a roubar os maridos das outras e exige-lhe que deixe o filho em paz. Renata fecha-lhe a porta com violência, entristecida com aquela visita.

Vítor percebe que André está a ler as mensagens que Elsa lhe manda a partir de um perfil falso que criou e tenta arrebatar o computador ao irmão para ver as fotos. Lucinda entra em casa depois de discutir com Renata e depois de dizer a Vítor para se aproximar, torce-lhe a orelha, proibindo-o de voltar a chegar perto da cabeleireira. André chama à atenção da mãe e do irmão para fazerem menos barulho porque Afonso está no quarto.

Cláudia descobre a sua blusa preferida toda rasgada e acusa Elsa de a ter estragado. A irmã mente como é habitual e assegura que não mexeu na peça de roupa. Sofia tenta acabar com a discussão mas Cláudia insiste em confrontar a irmã, certa de que ela a persegue por ciúmes. Elsa nega e carregada de ódio afirma que quando ela for para Berlim os problemas acabarão.

Vítor aproveita que todos lá em casa já estão a descansar para, na calada da noite, entrar no computador de André para mandar uma mensagem a Elsa. Lucinda aparece de surpresa e desconfia de que o filho anda a ver pornografia e tenta bater-lhe com uma colher de pau. Horácio também aparece, alertado pelo barulho e deixa a mulher possessa por se mostrar interessado pelo site que o filho estava a ver. Lucinda persegue Vítor com a colher de pau em riste e ele fecha-se no quarto de Afonso, que fica impressionado com aquele reboliço.

O funcionário do cemitério confirma a Rita e António que não tem qualquer registo de que a mãe e o irmão dela estejam ali sepultados, apesar dos seus nomes aparecerem nas lápides. Estranhando o facto, o homem telefona ao chefe e recebe as indicações de que para tirarem todas as dúvidas têm de proceder à exumação dos cadáveres. Rita tem cada vez mais a convicção de que alguém a quer enganar de novo.

Kiko tenta que a mãe lhe conte porque é que está tão abalada ao pequeno-almoço mas ela limita-se a dizer que discutiu com Jaime e que as coisas entre eles podem não voltar a ser o que eram. Kiko resigna-se e aceita levar a mãe ao trabalho, mostrando-se certo de que Jaime é a melhor pessoa que ela pode ter ao seu lado.

Tiago começa a trabalhar na Faina Norte mas nem os esforços de Sara e Fernando para que se anime resultam. O padrasto sugere que ele se ocupe do marketing da empresa e a mãe acha boa ideia porque foi nessa área que começou a sua carreira na fábrica.

nas redes

pesquisar