SIC

Perfil

Todos os dias

Resumo: 36º Episódio - 10 de junho (sábado)

Tiago vai à polícia denunciar António afirmando que foi ele o culpado pelo acidente que tiveram

ana antonio bento

*OS RESUMOS DOS EPISÓDIOS ESTÃO SUJEITOS A MUDANÇAS EM FUNÇÃO DA EDIÇÃO DA NOVELA

Tiago vai à esquadra da PSP e altera o depoimento que fez no dia do acidente. Cego pelo desejo de se vingar de António, diz que não foi um cão que fez despistar o irmão, mas sim o facto de ele estar distraído a ver o telemóvel quando ia ao volante. O agente faz notar que a acusação que está a fazer é muito grave mas Tiago afirma que o irmão tem de pagar por ter matado a sua namorada.

Enquanto espera pelo regresso de Fernando a casa, Afonso trava conhecimento com António e numa breve troca de palavras com ele reconhece que está a viver uma situação estranha e desconfortável por ter descoberto quem é o seu verdadeiro pai. Entretanto, a conversa é interrompida pela chegada de um agente da PSP que informa António de que Tiago alterou o depoimento sobre o acidente que tirou a vida a Clara, revelando que o despiste se deu porque ele se distraiu a mexer no telemóvel. António encaminha o agente para o escritório para falarem mais à-vontade.

Horácio leva Pedro ao barco de Rita e ela convence-o a seguir o seu plano para desmascarar as operações ilegais que Sara e Fernando desenvolvem nos bacalhoeiros da Faina Norte. Pedro segue as instruções à risca e telefona a Raia dizendo que aceita continuar a colaborar com eles no contrabando se lhe pagarem. Raia estranha que ele tenha mudado de atitude repentinamente mas acaba por ficar agradado e depois de desligar o telefone, comenta com o capitão Vieira que é preferível ter Pedro com eles sem estar contrariado. Horácio e Rita confortam Pedro que está ainda muito nervoso e elogiam-no por se ter aguentado tão bem a falar com os bandidos.

Luísa fica surpreendida por ao chegar à praia ver Kiko a prestar declarações à Polícia Marítima. Inês explica que ele foi passear com turistas no mar e que não tinha licenças para o efeito. Luísa fica furiosa e apressa o filho para que regressem a casa.

Carmo discute com Isabel antes de partir para o continente com o pai, à procura de Afonso. A mãe insiste que ele tem de trazer o neto de volta aos Açores, afastando-o de Fernando. Carmo reage mal e afirma que tem é de começar a ser mãe de Afonso. Joaquim tenta acalmar os ânimos mas sem sucesso, pois Isabel diz à filha que o que ela quer é formar uma família feliz com Afonso e Fernando. Carmo responde que não deve explicações e sai disparada de casa e Isabel vira as costas ao marido sem querer ouvir os seus conselhos.

António conversa com o agente da PSP no escritório e reafirma a sua inocência pela morte de Clara ao manter que se despistou porque um cão se atravessou à frente do carro. Tiago aparece naquele momento e insiste em mentir para incriminar o irmão, dizendo que mentiu no primeiro depoimento para o proteger mas que agora que a noiva morreu ele não pode ficar impune.

Patrícia e Madalena observam Yaya, a menina que acolheram na instituição depois de ter sido resgatada de um campo de refugiados. A Irmã confessa que ao observar a criança ficou convencida de que tomou a atitude certa ao receber a criança.

Bruno está aflito para descobrir a avaria de um carro que tem para arranjar na oficina e recorre a Vítor, fingindo que já sabe qual é a avaria e que só quer fazer-lhe um teste para testar a sua competência. O empregado desconfia mas acaba por aceder. No entanto, avisa que só tratará do assunto depois de reparar o seu carro, deixando o patrão irritado.

Renata vai buscar comida ao Meia Desfeita para levar para casa e Matilde atende-a com maus modos, obrigada por Mário. A cozinheira desconfia de que a cabeleireira vai ter companhia masculina ao jantar e trata de enviar mensagens às mulheres do bairro alertando que pode ser o marido de qualquer uma delas. Sofia chega entretanto e troca breves palavras sobre a vida com Renata e também faz o seu pedido. De repente, Matilde é bombardeada por mensagens no telemóvel e tem de disfarçar perante a curiosidade de Sofia.

Horácio convida Rita para jantar em sua casa e Lucinda recebe-a muito bem, pensando que ela ainda é patroa, aproveitando para lhe pedir que arranje um lugar melhor para o marido na Faina Norte. Quando Rita revela que teve de abdicar da parte que tinha na empresa para pagar dívidas antigas do pai, Lucinda muda de atitude tratando-a com azedume. Horácio fica incomodado com a situação.

André entusiasma-se com a troca de carinhos com Cláudia. Ela mantém o namorado à distância e avisa que podem ser apanhados pelos pais ou pela irmã. Nem de propósito, Sofia entra em casa com o jantar e convida-o para jantar. Elsa aparece entretanto e diz à mãe que não tem apetite mas a mãe obriga-a a ir para a mesa na mesma. André não sossega e continua a provocar Cláudia às escondidas.

Vítor aparece em casa de Renata como tinham combinado mas ela já não se lembrava que ele ia visitá-la. O mecânico oferece-lhe flores e um livro, ao mesmo tempo que lhe recorda terem combinado tomar o chá que ele lhe tinha comprado. A cabeleireira vai preparar tudo na cozinha, enquanto Vítor lê excertos do livro em voz alta.

Carmo entra com Joaquim na Mercearia e pergunta logo a Patrícia e Eunice se sabem de Afonso. Perante a resposta negativa, desabafa que está farta de lhe ligar e que ele não atende. O pai acha que ele continua sem querer falar com eles e que deve ter ido procurar Fernando. Patrícia diz a Carmo que na sua ausência tiveram apenas de resolver um percalço e ela fica um pouco intrigada. Eunice respira de alívio por Carmo não aprofundar a conversa.

Fernando regressa a casa com Sara e Afonso ainda lá está à espera deles. Sara, diz que está exausta e que se vai deitar. Tiago cumprimenta Afonso que segue com Fernando para o escritório para conversarem um pouco. Entretanto, Tiago prepara uma bebida quando Raquel lhe bate à porta dizendo que depois do funeral da irmã só lhe ocorreu ir ter com ele por não se sentir bem em lado algum. Sufocados pelo desgosto decidem ir dar uma volta.

Fernando e Afonso procuram conhecer-se melhor e ambos se lamentam por terem sido enganados por lhes terem escondido que são pai e filho. Fernando culpa Carmo mas Afonso reage e avança que se ele não a tivesse abandonado no altar nada daquilo teria acontecido. Fernando convida Afonso para ficar lá em casa naquela noite mas o filho prefere ir embora.

Luísa agradece a Isabel por ter intercedido a favor de Kiko junto da Polícia Marítima. Depois de a patroa se ir embora, Luísa confronta o filho e pergunta-lhe como é que tem tempo para andar a passear turistas e ele decide contar que deixou de ir às aulas por odiar a faculdade e o curso. A mãe fica em choque com a revelação e desencadeia uma discussão. Descontrolada, acaba por dizer que foi por ele que abriu mão de tudo e que foram viver para os Açores. Kiko explode e riposta que está farto de viver à sombra das crises dela e vai embora para o quarto. Jaime questiona Luísa sobre o que ela disse e pergunta porque é que abriu mão de tudo, exigindo que finalmente conte o seu passado. A mulher fica ainda mais alterada e grita que já chega, deixando Jaime preso às suas dúvidas e desconfianças.

António procura conforto junto de Rita e vai ter com ela ao barco. Ela volta a insistir que ele não deve sentir-se responsável pelo acidente que matou Clara.

nas redes

pesquisar