SIC

Perfil

De segunda a sábado

Resumo: 17º Episódio - 19 de maio (sexta-feira)

Rita recebe nova chamada de Nuno que lhe faz uma revelação inédita; Luísa conta a Jaime que teve uma filha, Rita, que morreu

MartaSantos

*OS RESUMOS DOS EPISÓDIOS ESTÃO SUJEITOS A MUDANÇAS EM FUNÇÃO DA EDIÇÃO DA NOVELA

Luísa lembra-se da conversa com o seu psicólogo antes de iniciar a viagem para o continente e os seus olhos enchem-se de lágrimas ao tomar consciência de que a conversa com Jaime não vai ser fácil.

Kiko avisa Jaime de que a mãe está a caminho para lhe contar finalmente o que tanto do passado a atormenta. O padrasto confessa que o facto de ela ter escondido durante tantos anos o que a aflige os tem mantido distantes.

Sara conta a Fernando que Rita está a caminho da Islândia para falar com Jón sobre o paradeiro da mãe e decreta que têm de a fazer parar de remexer no passado, cortando o mal pela raiz.

Tiago, muito tenso, prepara-se para ir para o bloco operatório. António tenta transmitir-lhe força mas ele não esconde a revolta contra o irmão e só Sara consegue amenizar o ambiente.

André causa o caos na Mercearia quando se distrai e entorna um copo de vinho em cima de uma cliente. Carmo acorre para remediar o mal que ele fez e diz que mais tarde conversam. Cláudia aparece naquele momento e o namorado conta o que aconteceu. Afonso apoia André e Patrícia convoca-o para a ajudar na cozinha.

Renata vai a casa de Eunice pedir-lhe desculpa por se ter envolvido com o marido dela mas a chegada de Bruno com roupa para lavar provoca a fúria da mulher que expulsa a ele e Renata de casa. Uma vez a sós, Eunice agarra nas cartas de tarôt e começa a baralhá-las.

Sofia conta a Mário que a entrevista na Faina Norte correu muito bem e que conta ser contratada para a fábrica. O marido não se conforma mas ela insiste para que ele arranje uma cozinheira que a substitua no Meia Desfeita. Pedro ouve a conversa e propõe-lhes que contratem a sua avó. Mário recusa de imediato mas Sofia elogia os dotes culinários de Matilde e pede a Pedro que mande lá a avó. Mário fica furioso com ela.

Matilde surpreende Eunice quando a filha está a consultar o tarôt para ver o seu futuro amoroso e o estado da sua relação com Bruno. A mãe começa logo a dizer mal do genro e Eunice diz que quer ficar sozinha. Matilde dispara que ela tem medo que ela lhe diga as verdades.

Rita recebe mais uma chamada do homem misterioso que lhe garante que o pai foi morto por acaso e que não era o alvo, bem como lhe promete revelar-se quando for o momento. Entretanto, o homem sugere-lhe que pergunte a Sara se sempre foi fiel ao marido. Rita fica em choque.

Amaral e César fazem uma espera a Fernando e pressionam-no para a ser o seu correio para o tabaco de contrabando. Raia, escondido, assiste ao encontro do patrão com os criminosos.

Tiago fica furioso quando a médica revela que a cirurgia à vista foi mais complicada do que esperavam e rejeita o conforto que Sara tenta transmitir-lhe, perante as dúvidas que persistem sobre o seu futuro como piloto.

Luísa conta a Jaime em lágrimas que Kiko não foi o único filho que teve. O marido fica espantado com a revelação e em choque quando ela justifica que lhe custa muito falar sobre o passado porque Rita morreu.

Rita pergunta a André se pode ajudá-la a descobrir quem lhe deixou o telemóvel onde tem recebido as chamadas anónimas e ele diz que pode tentar. Horácio aparece entretanto e mostra-se preocupado com o facto de ela ir sozinha à Noruega à procura de pistas sobre o paradeiro da mãe. O pescador e André acompanham-na à porta.

Jaime fica em pânico quando Luísa desmaia depois de lhe revelar que após ter perdido o primeiro marido, perdeu também a filha que tanto amava. Jaime chama uma ambulância e abraça a mulher fazendo-a regressar a si.

Fernando pede a Vieira que aceite fazer o contrabando de tabaco que Amaral lhe exigiu mas fica irritado porque o capitão do barco lhe exige uma compensação justa para correr o risco.

Horácio e André regressam a casa e encontram-na virada do avesso. O pescador pensa que foram vítimas de um assalto mas o filho relaciona aquele reboliço com os homens que ameaçaram Rita e agarra no telefone para ligar para a polícia. Horácio culpa-se pelo sucedido.

Cláudia discute com Elsa, desesperada por não conseguir realizar o sonho de fazer o curso de violino em Berlim. A irmã atira-lhe à cara que os pais continuam a sacrificar-se por ela e que até o namorado foi trabalhar para lhe pagar a viagem. Cláudia contém-se para não chegar a vias de facto sai de casa. Elsa, cheia de raiva, rasga os prospectos que ela estava a ver.

Patrícia é procurada pelo inspector Romão na Mercearia e inquirida sobre o seu regresso a Portugal. Eunice fica desconfiada com a presença da Polícia Judiciária mas Patrícia nada revela, limitando-se a justificar que lhe foram dar as boas vindas.

Jarvis fala com Sal por videoconferência e a patroa ordena-lhe que se livre do micro-ondas. Ele manda os outros vendedores atirarem o aparelho fora e eles benzem-se quando ouvem falar no IC35.

Pedro desafia Matilde para trabalhar no Meia Desfeita como cozinheira e a avó, orgulhosa dos elogios que ele lhe faz, aceita pensar no assunto.

Bruno está na oficina a secar as roupas lavadas, aproveitando o calor do motor de um carro que está a arranjar. Micael chega com o seu automóvel para afinar o motor e pergunta por Vítor. Bruno, puxa dos galões e oferece-se para fazer o trabalho. Assim que o rapaz sai, volta a agarrar nas roupas e coloca-as em cima do capot do carro que acabou de chegar, satisfeito por conseguir secá-las.

Eunice, Afonso e Carmo comentam o esforço de André no trabalho na mercearia. Carmo diz que só não o despediu quando entornou o copo de vinho em cima da cliente por saber que ele precisa do dinheiro para ajudar a namorada a fazer a viagem para Berlim. Entretanto, diz a Afonso que aproveite para ir conhecer a cidade. Eunice conta a Carmo a visita que a PJ fez a Patrícia e que ela não pareceu surpreendida com o facto. Carmo percebe que Afonso se esqueceu do telemóvel e sai para a rua para lho entregar. Fernando assiste à cena de longe.

Tiago está ao lado de Clara quando ela começa a ter convulsões e assim que a médica e as enfermeiras entram de rompante no quarto, suplica que a salvem. Sara, conforta o filho e tenta acalmá-lo.

nas redes

pesquisar