SIC

Perfil

De segunda a sábado

Sara Vidigal

Luísa Cruz

ana antonio bento

Sara nasceu num bairro pobre de Aveiro, filha de uma família cheia de dificuldades, e cresceu entregue a si mesma. A vida encarregou-se de a formar. A necessidade de vencer num mundo hostil revelou Sara como uma vencedora. A sua inteligência privilegiada e o seu espírito ousado haviam de levá-la mais longe do que podia imaginar-se.

Fernando Montês é o homem por quem ela se apaixonou ainda adolescente e tornou-se o seu parceiro para a vida. Mesmo quando estavam separados, os dois viviam em função um do outro. A história deles parecia uma cópia feita a papel químico: famílias desestruturadas, pouco dinheiro, um futuro que não prometia nada para além de uma miséria igual à que tinham na casa dos pais.

Tudo indicava que os dois se casariam jovens e fariam a vida lado a lado, mas a vida deles era complicada demais para seguir um rumo tão certo assim. Tal como os juntou, a ambição havia de separá-los.

Quando Nuno Vidigal, um homem ainda novo mas que começava a fazer fortuna em Aveiro, se prendeu de amores por Sara a vida dela dá uma volta. Com o casamento, Sara conhece novas pessoas e novas realidades. Sara refina-se, aprende o funcionamento daquela empresa de que Nuno é um dos patrões e tem dois filhos – António e Tiago. Sara não se torna apenas rica, também aprende a comportar-se como os ricos.

Até que se oferece a oportunidade de, num só golpe, ver-se livre do marido e apoderar-se da totalidade da empresa e do dinheiro. Aí, Sara não hesita. Chegou a hora de ela e Fernando se juntarem.

A vida encarregou-se de a formar, a necessidade de vencer num mundo hostil revelou Sara como vencedora.

nas redes

pesquisar