SIC

Perfil

Semana de 5 a 11 de outubro

Clarissa é filha de António e Célia perde a universidade!

Célia e Branca se desentendem e os professores interferem. Clarissa pressiona Célia a aceitar a proposta de Branca. Ferraço e Renato chegam a Igarassu. Ferraço descobre que seu pai morreu. Célia cede. O conselho aplaude Branca. Célia entra na sala de Macieira e o vê com Branca. Macieira a expulsa da sala. Bernardinho consegue dinheiro para quitar a dívida com Juvenal, mas não com os outros cobradores. Heraldo e Dália culpam Carlão. Sílvia tenta tirar dinheiro do cartão que ganhou de Ferraço e se irrita quando não consegue. Professores e alunos aclamam Branca. Célia acusa Branca de ter acabado com o casamento de Juvenal e Alzira. Branca pede que Macieira não acredite em Célia e diz que vai procurar Alzira para desfazer o mal-entendido. Juvenal e Evilásio dão entrevista no posto médico e acabam discutindo na frente dos jornalistas. Os dois se reconciliam rapidamente quando Narciso conta que Evilásio tem 90% das intenções de voto na região. Juvenal manda Bernardinho acertar com os fornecedores em 10 dias. António tranquiliza Débora, quando ela se assusta por estar em um hospital. Branca vai ao ensaio de Alzira, que se surpreende ao vê-la. Sílvia exige que Célia lhe dê dinheiro. Ferraço encontra sua mãe Alice.

Ferraço diz que é Juvenaldo e chora emocionado. Alice também chora abraçada ao filho. Renato, com lágrimas nos olhos, pega a mão do pai. Célia se recusa a dar dinheiro a Sílvia. Branca diz a Alzira que gostaria de desfazer um mal-entendido e que a espera terminar o ensaio. António fala para Débora que não suporta mais viver sem ela. Débora diz que não deseja piedade, mas António implora que a jovem volte para ele. Débora pede um tempo para pensar. Evilásio sugere a Juvenal mudar o projeto da Brejolândia. Juvenal procura Ferraço. Maria Paula conta que ele viajou para Pernambuco, em busca de suas origens. Juvenal pensa em fazer o mesmo. Alice mostra o retrato do marido para Ferraço, conta que teve 19 filhos e que alguns morreram e outros foram vendidos. Ferraço pergunta pelos irmãos e Alice diz que ele é o único que voltou. Ferraço garante que a mãe não vai mais passar necessidade. Alice abraça Renato com carinho. Rudolf dá um beijo em Ramona quando chega à faculdade. Seus antigos companheiros o rejeitam. Célia diz a Clarissa que estranha Sílvia ter desistido tão rapidamente. Branca fala para Alzira que Juvenal apenas a consolou e que ela não deve jogar a felicidade fora. Sílvia diz para Célia que Clarissa não é sua irmã e que o exame de DNA foi forjado. Depois, sai da sala.

Célia vai atrás de Sílvia. Alzira marca um encontro com Juvenal. Célia grita com Sílvia no meio do campus. Clarissa interfere. Sílvia diz a Clarissa que elas não são irmãs. Dagmar pergunta a António o que ele fará se o filho não for dele. António diz que não interessa se o filho é dele ou não e que quer Débora de volta. Jojô aconselha Débora a se acertar com António. Branca e Macieira se aproximam da confusão. Célia enfrenta Sílvia, quando ela menospreza Clarissa. Sílvia diz a Branca que falsificou o exame somente para prejudicá-la. Célia pondera que Sílvia está mentindo. Clarissa diz que vai fazer o exame de DNA. Sílvia fala para Branca que mandou anular a procuração que havia dado a Célia. Branca pergunta a Célia se valeu a pena provocar tanto escândalo e confusão, em especial na vida da filha. Célia chora. Sílvia diz que vai fazer novo exame e assumir seus 50% na universidade. Branca deixa claro que ela vai precisar provar que está bem psicologicamente e a filha a ameaça. Clarissa diz a António que o exame foi falsificado e que ele é seu pai. António se emociona. Ferraço garante a Maria Paula que está se tornando um novo homem. Maria Paula não responde quando Ferraço pergunta se ela o ama. Condessa e Apolo se encontram. Juvenal, Evilásio e Humberto coordenam uma campanha de vacinação infantil na Portelinha. Juvenal abre a porta para Alzira.

Fonte: Globo

nas redes

pesquisar