SIC

Perfil

Semana 31 de agosto a 6 de setembro

Silvia tenta atacar Renato!

Andreia vê Sílvia andando na chuva, tremendo de frio, e vai atrás dela. Sílvia é rude e segue sua caminhada sem rumo. Andreia avisa Branca. Ronildo finge dormir, quando Guigui sai. Carlão faz promessas a Bernardinho, que parece se sensibilizar. Bernardinho aperta a perna de Carlão, que grita. Branca sai atrás da filha. Sílvia diz para Branca que foi expulsa da casa de Ferraço e não tem onde ficar. Branca a leva para sua casa, onde a jovem dorme imediatamente. Ferraço tranquiliza Bárbara e diz que Sílvia não entra mais na casa dele. Ferraço fala para Maria Paula que Sílvia não é mais um impedimento e que eles podem se casar. Maria Paula responde que nunca vai se casar com ele. Célia reclama por Clarissa não ter avisado que ia dormir fora. As duas discutem. Clarissa diz que Célia desejaria ser Branca. Júlia, Narciso e Evilásio se indignam quando lêem no jornal que Juvenal sofreu um atentado político. Ronildo tira o dinheiro da gaveta e coloca em sua mochila. Barreto diz a Gioconda que Evilásio pode se tornar suspeito do atentado. Evilásio garante que vai procurar as pessoas da Portelinha para dizer que não tem nada a ver com o que aconteceu a Juvenal. Guigui constata o roubo e avisa Juvenal, que manda fechar a saída da Portelinha. Ronildo faz Solange de refém e consegue sair. Zangado avisa Juvenal que Solange saiu escoltada por Ronildo. Juvenal sabe que a filha está nas mãos de Ronildo. Petrus avisa à mãe o que aconteceu com ele. Guigui vai com Juvenal no encalço de Ronildo.

Lucimar avisa Juvenal que Ronildo e Solange pegaram um autocarro. Juvenal vai atrás. Gabriel tenta acalmar Eva. Ferraço demite João Batista. Bárbara diz a João Batista que Ferraço descobriu sobre ele e Sílvia. Branca faz carinho nos cabelos da filha adormecida. Guigui chora e pede para conversar com Ronildo, antes que Juvenal faça alguma coisa. Juvenal diz que já deu hipóteses demais a Ronildo. O autocarro é parado pela polícia. Quando a polícia ameaça entrar, Ronildo mostra que Solange é sua refém. A polícia pede reforços. Ronildo ameaça todos os passageiros. Juvenal vê Ronildo com Solange. Jojô se preocupa com o paradeiro de Socorro. Célia garante que fará companhia a Alzira no velório de Dorgival. Ronildo, fora de si, impede que o motorista saia. Juvenal pede que Ronildo liberte Solange, mas ele se recusa. Juvenal tenta entrar no autocarro, mas Solange pede que ele se afaste. Evilásio conversa com os moradores da Portelinha, acompanhado por Júlia e Misael. Todos dizem que ele não devia concorrer contra Juvenal, a quem traiu. Júlia incentiva Evilásio a continuar na disputa. Evilásio e Narciso encontram um cartaz de Evilásio pichado com a palavra assassino. Juvenal se oferece como refém. António recusa posar vestido de Nero. Clarissa regista quando Débora passa mal. Waterloo avisa Gabriel para não chamar a polícia. Juvenal entra no autocarro e Solange é libertada. Ronildo e Juvenal saem de carro. A polícia os persegue.

Solange teme pela vida do pai. Guigui sente-se culpada. As duas se amparam. Ronildo manda Juvenal acelerar para escapar da perseguição policial. Juvenal ataca Ronildo. Os policiais, protegidos atrás de carros, árvores e obstáculos, vigiam. Um helicóptero começa a sobrevoar a área. Guigui e Solange ficam abraçadas, atrás do carro da polícia. Ouve-se um barulho. Juvenal avisa que Ronildo se atingiu durante a briga. Ronildo tomba nos braços de Guigui. Solange se abraça ao pai. Humberto ampara Guigui. Bijouzinha estranha a demora de Petrus. Ramona empalidece ao saber sobre o irmão. António avisa à Débora que não vai posar. Alzira vê o noticiário sobre Juvenal e Ronildo. Manu e Dorginho reclamam quando a mãe sai para trabalhar. Júlia pressiona o pai para aceitar o caso de Bernardinho, Dália e Heraldo. Barreto marca encontro com os três no restaurante. Evilásio aguarda o resultado da pesquisa. Juvenal tem certeza que vai liderar a pesquisa. Eva reza pelo filho. Rudolf chama Célia de trapalhona. Ela exige respeito e é vaiada. Célia vai se queixar a Macieira, que não lhe dá atenção. Bijouzinha exige saber onde está Petrus. Maria Eva, Ramona e Gabriel contam. Branca adormece e quando acorda assusta-se por não encontrar Sílvia.

Ezequiel tem uma premonição. Maria Paula não atende ao telefonema de Ezequiel. Branca avisa Ferraço que Sílvia desapareceu. Heloísa entrega uma papelada para Célia e diz que são problemas a serem resolvidos com urgência. Sílvia vai buscar Renato no colégio, mas ele saiu mais cedo. Petrus tenta se salvar. Juvenal perdoa Socorro. Jojô a aceita de volta. Feliz pergunta se pode visitar Socorro e ela concorda. Ezequiel descobre no colégio que Sílvia esteve lá. Narciso avisa Evilásio que Juvenal ganhou na pesquisa e tem seis vezes mais votos do que ele. Juvenal comemora. Renato abre a porta de sua casa e encontra Sílvia, que diz que veio conversar com Maria Paula. Amora dorme e não vê Carlão em sua bola de cristal. Bernardinho diz a Heraldo e Dália que não vai esquecer Carlão. Heraldo e Dália decidem separar os dois pelo bem de todos. Sílvia se prepara para atacar Renato, mas a campainha toca e ela se assusta. Depois, Ezequiel a expulsa e Sílvia volta para a casa da mãe dizendo que foi à praia. Branca avisa Ferraço. Ezequiel conta o que aconteceu à Maria Paula e ela pergunta a Ferraço sobre o paradeiro de Sílvia. Amora adivinha que Lucimar teve três maridos, o que impressiona Bernardo. Maria Paula briga com Sílvia.

Fonte: Globo

nas redes

pesquisar